21 Lições para o Século 21

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
21 lições para o século 21
Autor(es) Yuval Noah Harari
Lançamento 2018
Páginas 432
Edição brasileira
Editora Companhia das Letras
Cronologia
Homo Deus: Uma Breve História do Amanhã

21 Lições para o Século 21 é um livro do historiador Yuval Harari lançado em 30 de agosto de 2018. O autor afirmou que o livro tem como objetivo responder à questão: "o que está acontecendo no mundo hoje, qual é o sentido mais profundo desses eventos e como podemos individualmente nos guiar através deles?" As questões que ele propôs explorar incluem "o que a ascensão de Trump significa, se Deus está de volta ou não, e se o nacionalismo pode ajudar a resolver os problemas do aquecimento global."[1]

A obra reúne artigos já publicados e palestras do autor sobre trabalho, liberdade e vigilância, nacionalismo, religião, imigração, educação, guerras, política, fake news, clima, etc. “O livro procura usar as perspectivas e lições de longo prazo dos primeiros dois livros para dar clareza aos debates políticos atuais”.[2] As duas obras anteriores de Harari foram Sapiens: Uma Breve História da Humanidade e Homo Deus: Uma Breve História do Amanhã. Essas obras venderam mais de 12 milhões de exemplares em 45 idiomas.[3]

A compra dos direitos de publicação do livro no Brasil foi concretizada durante a Feira do Livro de Frankfurt, de acordo com a editora, Companhia das Letras.[4]

Críticas[editar | editar código-fonte]

John Thornhill, do Financial Times, disse que "embora [o livro] 21 lições seja iluminado por lampejos de aventura intelectual e inspiração literária, ele é provavelmente o menos esclarecedor dos três livros" escritos por Harari, e que muitas das observações contidas nele parecem ser recicladas dos dois anteriores.[5]

Gavin Jacobson, para a revista britânica New Statesman, vê o livro como "um estudo cheio de promessas, mas pobre de significado", com conselhos "ou demasiado vagos, ou vazios demais para providenciar qualquer orientação significativa".[6] O livro recebem também elogios, como o do Bill Gates, que chamou o livro "fascinante" e seu autor "um escritor tão estimulante que, mesmo quando eu discordei, eu queria continuar lendo e pensando."[7]

Controvérsia com a tradução russa[editar | editar código-fonte]

A tradução russa do livro foi publicada em junho de 2019. Porém, a imprensa russa percebeu que várias passagens do livro sobre o país e seu presidente, Vladimir Putin, foram excluídas da tradução. Mais especificamente, o capítulo sobre a pós-verdade começa, na edição russa, com os discursos de Donald Trump em vez das afirmações falsas de Putin durante a Anexação da Crimeia à Federação Russa.[8][9][10]

Sumário[editar | editar código-fonte]

PARTE I: O DESAFIO TECNOLÓGICO

  • 1. Desilusão
    • O fim da história foi adiado
  • 2. Trabalho
    • Quando você crescer, talvez não tenha um emprego
  • 3. Liberdade
    • Big Data está vigiando você
  • 4. Igualdade
    • Os donos dos dados são os donos do futuro

PARTE II: O DESAFIO POLÍTICO

  • 5. Comunidade
    • Os humanos têm corpos
  • 6. Civilização
    • Só existe uma civilização no mundo
  • 7. Nacionalismo
    • Problemas globais exigem respostas globais
  • 8. Religião
    • Deus agora serve à nação
  • 9. Imigração
    • Algumas culturas talvez sejam melhores que outras

PARTE III: DESESPERO E ESPERANÇA

  • 10. Terrorismo
    • Não entre em pânico
  • 11. Guerra
    • Nunca subestime a estupidez humana
  • 12. Humildade
    • Você não é o centro do mundo
  • 13. Deus
    • Não tomarás o nome de Deus em vão
  • 14. Secularismo
    • Tenha consciência de sua sombra

PARTE IV: VERDADE

  • 15. Ignorância
    • Você sabe menos do que pensa que sabe
  • 16. Justiça
    • Nosso senso de justiça pode estar desatualizado
  • 17. Pós-verdade
    • Algumas fake news duram para sempre
  • 18. Ficção científica
    • O futuro não é o que você vê nos filmes

PARTE V: RESILIÊNCIA

  • 19. Educação
    • A mudança é a única constante
  • 20. Sentido
    • a vida não é uma história
  • 21. Meditação
    • Apenas observe

[11]

Referências

  1. «Novo livro de Yuval Noah Harari será publicado pela Companhia das Letras». Blog da Companhia. 17 de outubro de 2017 
  2. Menezes, Lidiane. «Yuval Noah Harari, autor de 'Sapiens', investiga o presente em '21 Lições Para o Século 21' - Instituto Humanitas Unisinos - IHU». www.ihu.unisinos.br. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  3. «Em livro, Yuval Noah Harari retoma pontos de 'Homo Deus', mas sem especulações selvagens». Folha de S.Paulo. 16 de agosto de 2018 
  4. «Novo livro de Yuval Noah Harari chega ao Brasil em 2018 - Cultura - Estadão». Estadão 
  5. Thornhill, John (10 de agosto de 2018). «Are humans too flawed to survive the 21st century?». Financial Times. Consultado em 17 de outubro de 2018 
  6. Jacobson, Gavin (22 de agosto de 2018). «Yuval Noah Harari's 21 Lessons for the 21st Century is a banal and risible self-help book». The New Statesman. Consultado em 17 de outubro de 2018 
  7. Gates, Bill (4 de setembro de 2018). «What Are the Biggest Problems Facing Us in the 21st Century?». The New York Times. Consultado em 17 de outubro de 2018 
  8. Plotkin, Yuval (23 de julho de 2019). «Russia edition of book by famed Israeli author skips Putin criticism but slams Trump». Ynet. Consultado em 23 de julho de 2019 
  9. Цой, Ива (22 de julho de 2019). «В российском переводе книги о постправде поменяли Путина на Трампа, а оккупацию Крыма — на присоединение». The Insider (Russia). Consultado em 22 de julho de 2019 
  10. «Историк Харари объяснил изменение фрагмента про Крым в российском переводе его книги». Ведомости (Russia). 22 de julho de 2019. Consultado em 22 de julho de 2019 
  11. «books.google.com.br»