Agustín Aranzábal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Agustín Aranzábal
Informações pessoais
Nome completo Agustín Aranzábal Alkorta
Data de nasc. 15 de março de 1973 (49 anos)
Local de nasc. Bergara, Flag of Spain.svg Espanha
Altura 1,86 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Lateral-esquerdo
Clubes de juventude
1984–1987
1871–1991
1991–1993
Espanha Bergara
Espanha Easo
Espanha Real Sociedad
Clubes profissionais
Anos Clubes
1992–1994
1993–2004
2004–2007
2007–2008
2010
Espanha Real Sociedad B
Espanha Real Sociedad
Espanha Zaragoza
Espanha Vera
Hong Kong Kitchee
Seleção nacional
1994–1996
1996
1995–2003
1995–2003
Flag of Spain.svg Espanha Sub-21
Flag of Spain.svg Espanha Olímpica
Flag of Spain.svg Espanha
País Basco (Espanha) País Basco

Agustín Aranzábal Alkorta (Bergara, 15 de março de 1973) é um ex-futebolista espanhol que jogava como lateral-esquerdo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Real Sociedad[editar | editar código-fonte]

Conhecido por sua velocidade, jogou a maior parte de sua carreira na Real Sociedad, clube onde também jogou seu pai, José "Gaztelu" Agustín, entre 1966 e 1981.

Inicialmente atuando pelo time B entre 1992 e 1994, foi promovido à equipe principal em 1993. Seu auge foi na temporada 2002-03, quando o time basco foi vice-campeão espanhol, perdendo para o Real Madrid por apenas dois pontos.[1] Em 11 anos pelos Txuri-Urdin, Aranzábal jogou 331 partidas e fez 5 gols.

Zaragoza e a experiência no futebol semi-profissional[editar | editar código-fonte]

Passou também pelo Zaragoza, mas foram apenas 31 jogos disputados entre 2004 e 2007, não marcando nenhum gol. Encerrou a carreira profissional logo após seu contrato com o Zaragoza ter se encerrado, mas ele voltou aos gramados no ano seguinte, para jogar no Vera, clube da Liga Preferente das Canárias, que estava se reforçando com jogadores veteranos, e onde reencontrou o atacante Javier de Pedro, seu ex-companheiro de Real Sociedad e que também vestiu a camisa dos Txuri-Urdin durante 11 anos. Ele não entrou em campo durante sua curta passagem pela equipe e encerraria novamente a carreira.

Hong Kong[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2010, juntamente com o compatriota Albert Celades[2], assinou com o Kitchee de Hong Kong para disputar um torneio amistoso. Aranzábal deixou definitivamente os gramados logo após a competição.

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Espanhola, Aranzábal disputou 28 jogos pela Fúria, tendo participado da Copa de 1998 e da Eurocopa de 2000, além das Olimpíadas de 1996.[3] Ele também chegou a disputar jogos das eliminatórias para a Copa de 2002 e a Eurocopa de 2004, porém não foi convocado para nenhuma das 2 competições.

Além da Seleção Espanhola, o lateral-esquerdo disputou 8 partidas pela Seleção Basca, pelo mesmo período em que defendeu a Fúria, entre 1995 e 2003.

Referências

  1. «Perfil na BDF». Consultado em 4 de março de 2016 
  2. Celades jugará con el Kitchee de Hong Kong Arquivado em 4 de março de 2016, no Wayback Machine.; Sport, 6 de fevereiro de 2010 (em castelhano)
  3. «Elenco ESP'96 na Sports Reference». Consultado em 13 de fevereiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]