Julen Guerrero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Julen Guerrero
Julen Guerrero
Informações pessoais
Nome completo Julen Guerrero López
Data de nasc. 7 de janeiro de 1974 (48 anos)
Local de nasc. Portugalete, Espanha
Altura 1,79 m
Apelido La Perla de Lezama, El Rey León
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meia-atacante
Clubes de juventude
1982–1992 Athletic Bilbao
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1992
1992–2006
Bilbao Athletic
Athletic Bilbao
12 (6)
430 (116)
Seleção nacional
1989–1990
1990–1991
1990–1991
1992–1994
1993–2000
1993–2006
Espanha Sub-16
Espanha Sub-17
Espanha Sub-18
Espanha Sub-21
Espanha
País Basco
9 (7)
8 (3)
14 (2)
12 (8)
41 (13)
12 (6)

Julen Guerrero López (Portugalete, 7 de janeiro de 1974) é um ex-futebolista basco, tendo atuado como meio-campista ofensivo. Considerado por muitos um dos "últimos românticos" do futebol e um dos maiores ídolos do Athletic Bilbao, por ter recusado diversas propostas multi-milionárias de clubes como Barcelona, Milan, Manchester United e, principalmente, do Real Madrid, que chegou a oferecer-lhe um cheque em branco.

Apesar disso, não conseguiu títulos profissionais por seu clube, nem pela seleção espanhola.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Athletic Bilbao[editar | editar código-fonte]

Tendo jogado toda a sua carreira apenas no Athletic Bilbao, entre 1992 e 2006, tornou-se cultuado no clube, onde tornou-se capitão, dedicando-se exclusivamente ao Athletic, apesar das ofertas de Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Juventus, Lazio e Manchester United. Ajudou a equipe a chegar à segunda colocação na temporada 1997/98 da Liga Espanhola, a melhor colocação do clube desde seu último título, no início dos anos 80. Marcou 116 gols em 430 jogos na equipe basca.

Em julho de 2006, aos 32 anos, Guerrero anunciou sua aposentadoria em emocionada coletiva de imprensa.[2][3]

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção da Espanha, debutou em 1993 e jogou seu último jogo em 2000, tendo participado das Copas do Mundo de 1994 (onde marcou um gol) e 1998 e da Eurocopa de 1996. Marcou pela Fúria 13 gols em 41 jogos. Jogou também pela Seleção Basca, não-reconhecida pela FIFA, entre 1993 e 2006.

Fora dos gramados[editar | editar código-fonte]

Atualmente, é colunista do Eurosport, técnico do time juvenil do Athletic e dono de um restaurante em Bilbao que leva seu nome.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1]
  2. «Perfil na BDF». Consultado em 4 de março de 2016 
  3. «Meia-atacante espanhol Julen Guerrero deixa futebol». Consultado em 11 de julho de 2006 
Bandeira de EspanhaSoccer icon Este artigo sobre um futebolista espanhol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.