Julen Guerrero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Julen Guerrero
Julen Guerrero
Informações pessoais
Nome completo Julen Guerrero López
Data de nasc. 7 de janeiro de 1974 (47 anos)
Local de nasc. Portugalete, Espanha
Altura 1,79 m
Apelido La Perla de Lezama, El Rey León
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meia-atacante
Clubes de juventude
1982–1992 Athletic Bilbao
Clubes profissionais
Anos Clubes
1992
1992–2006
Bilbao Athletic
Athletic Bilbao
Seleção nacional
1989–1990
1990–1991
1990–1991
1992–1994
1993–2000
1993–2006
Espanha Sub-16
Espanha Sub-17
Espanha Sub-18
Espanha Sub-21
Espanha
País Basco

Julen Guerrero López (Portugalete, 7 de janeiro de 1974) é um ex-futebolista basco, tendo atuado como meio-campista ofensivo. Considerado por muitos um dos "últimos românticos" do futebol e um dos maiores ídolos do Athletic Bilbao, por ter recusado diversas propostas multi-milionárias de clubes como Barcelona, Milan, Manchester United e, principalmente, do Real Madrid, que chegou a oferecer-lhe um cheque em branco.

Apesar disso, não conseguiu títulos profissionais por seu clube, nem pela seleção espanhola.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Athletic Bilbao[editar | editar código-fonte]

Tendo jogado toda a sua carreira apenas no Athletic Bilbao, entre 1992 e 2006, tornou-se cultuado no clube, onde tornou-se capitão, dedicando-se exclusivamente ao Athletic, apesar das ofertas de Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Juventus, Lazio e Manchester United. Ajudou a equipe a chegar à segunda colocação na temporada 1997/98 da Liga Espanhola, a melhor colocação do clube desde seu último título, no início dos anos 80. Marcou 116 gols em 430 jogos na equipe, que fez dele o nono jogador que mais atuou pelo time basco.

Em julho de 2006, aos 32 anos, Guerrero anunciou sua aposentadoria em emocionada coletiva de imprensa.[2][3]

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção da Espanha, debutou em 1993 e jogou seu último jogo em 2000, tendo participado das Copas do Mundo de 1994 (onde marcou um gol) e 1998 e da Eurocopa de 1996. Marcou pela Fúria 13 gols em 41 jogos. Jogou também pela Seleção Basca, não-reconhecida pela FIFA, entre 1993 e 2006.

Fora dos gramados[editar | editar código-fonte]

Atualmente, é colunista do Eurosport, técnico do time juvenil do Athletic e dono de um restaurante em Bilbao que leva seu nome.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1]
  2. «Perfil na BDF». Consultado em 4 de março de 2016 
  3. «Meia-atacante espanhol Julen Guerrero deixa futebol». Consultado em 11 de julho de 2006 
Bandeira de EspanhaSoccer icon Este artigo sobre um futebolista espanhol é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.