Santiago Cañizares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Santiago Cañizares
Santiago Cañizares 24sept2006.jpg
Informações pessoais
Nome completo José Santiago Cañizares Ruiz
Data de nasc. 18 de dezembro de 1969 (48 anos)
Local de nasc. Puertollano, Espanha
Altura 1,80 m
Destro
Apelido Cañete, Dragón
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
1985–1988 Espanha Real Madrid
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1988–1998
1988–1990
1990–1991
1991–1992
1992–1994
1998–2008
Total
Espanha Real Madrid
Espanha Real Madrid Castilla
Espanha Elche (emp.)
Espanha Mérida (emp.)
Espanha Celta de Vigo (emp.)
Espanha Valencia
041 0000(0)
035 0000(0)
007 0000(0)
038 0000(0)
074 0000(0)
391 0000(0)
495 0000(0)
Seleção nacional
1993–2006 Flag of Spain.svg Espanha 046 0000(0)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Barcelona 1992 Futebol

José Santiago Cañizares Ruiz (Puertollano, 18 de dezembro de 1969) é um ex-futebolista espanhol que atuou como goleiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou nas categorias de base do Real Madrid, e passou pelas equipes do Elche, Mérida e Celta de Vigo. Voltou para o Real na temporada 1994-95, onde ganhou duas ligas e uma Liga dos Campeões da Europa.

Foi para o Valencia, em 1998, onde ganhou mais duas ligas, uma Copa do Rei, uma Supercopa da Espanha, uma Copa da UEFA e uma Supercopa da Europa. Recebeu três troféus Zamora, concedido ao goleiro menos vazado da liga.

No dia 16 de maio de 2008 rescindiu contrato com o Valencia, por onde jogou por 10 anos, para dar espaço ao goleiro Timo Hildebrand. Sem ter propostas que o atraíssem, Cañizares se aposentou do futebol.

Pela seleção espanhola foi medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992. Na Copa do Mundo de 2002, era o goleiro titular da seleção. Porém, um acidente, onde um frasco de perfume lhe cortou o pé ao cair no chão, o impossibilitou de jogar. Foi convocado, ao todo, para três Copas do Mundo (1994, 1998 e 2006).

No dia 23 de maio de 2001, pela final da Liga dos Campeões da UEFA de 2000-01, na partida entre Bayern de Munique e Valencia CF, depois do final do jogo, o jogador foi até o final do campo e chorou pela derrota. O goleiro do Bayern de Munique, Oliver Kahn, foi até o jogador chorando e o consolou. O Bayern de Munique foi campeão naquela final. Tal cena, anos mais tarde, foi mundialmente - e erroneamente - divulgada como um pesar devido à notícia que Cañizares haveria recebido que sua mãe havia morrido, notícia esta recebida antes mesmo da cobrança de pênaltis.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Real Madrid
Valencia

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Troféu Zamora: 1992-93, 200001, 200102 e 200304

Ligações externas[editar | editar código-fonte]