Amapá do Maranhão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Amapá do Maranhão
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Amapá do Maranhão
Bandeira
Hino
Gentílico amapaense
Localização
Localização de Amapá do Maranhão no Maranhão
Localização de Amapá do Maranhão no Maranhão
Amapá do Maranhão está localizado em: Brasil
Amapá do Maranhão
Localização de Amapá do Maranhão no Brasil
Mapa de Amapá do Maranhão
Coordenadas 1° 40' 30" S 46° 0' 07" O
País Brasil
Unidade federativa Maranhão
Municípios limítrofes Godofredo Viana -MA, Maracaçumé - MA e Junco do Maranhão - MA
Distância até a capital 209 km
História
Fundação 10 de outubro de 1995 (26 anos)
Administração
Prefeito(a) Nelene Gomes (PDT, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 442,319 km²
População total (IBGE/2010[2]) 7 005 hab.
Densidade 15,8 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000[3]) 0,572 baixo
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 26 820,595 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 4 216,41
Sítio amapa.ma.gov.br (Prefeitura)

Amapá do Maranhão é um município do estado do Maranhão, Brasil. Localiza-se na microrregião de Gurupi, mesorregião do Oeste Maranhense. O município tem 7.005 habitantes (Censo 2020) e 952 km² de área.

História[editar | editar código-fonte]

Na década de 50, mais precisamente no ano de 1955, a família do sr. Antônio Pereira da Silva, conhecido pela alcunha de Antônio Boia, fixou residência à margem direita do Rio Urubuquara, de regime temporário, iniciando assim a colonização do atual município.

Na época, um surto de malária dizimou parte da família dos Bóias, fazendo com que o sr. Antônio se afastasse do rio e à nova residência, desse o nome de Colônia São Francisco, em homenagem ao santo padroeiro desta hoje cidade.

A família Bóia, apesar de lavradores em sua total essência, não negligenciavam a fé em Deus e no santo padroeiro local, reunindo-se sempre que podiam para celebrar os cultos religiosos. A colônia São Francisco era distrito de Godofredo Viana-Ma, cujo prefeito era o sr. João Jorge e o pároco da Igreja Católica o pe. Antônio, que através de incalculáveis diligências junto à família colonizadora, conseguiu mudar o nome da colônia para Amapá, segundo relato do sr. Antônio Pereira Farias, filho do fundador desta cidade.

O nome AMAPÁ, deve-se ao igarapé de mesmo nome e à grande incidência de uma árvore também assim denominada.

Por volta do ano de mil novecentos e oitenta e dois (1982), com a chegada de várias famílias originárias do movimento migratório ruralista dos trabalhadores na agricultura convencional, realizado em busca de novas terras a serem exploradas, iniciou-se o povoamento do lugar, dando origem ao cultivo dos gêneros de primeira necessidades, a exploração de madeira de lei, o comércio e pequenas indústrias de beneficiamento de arroz e farinha de mandioca, bem como a criação de gado vacum, cavalar, muar e outras todas sob o regime extensivo e de subsistência. Em razão do constante crescimento, surgiram as primeiras escolas e com elas o manifesto do povo, evidenciando o desejo de emancipar-se, o que veio a acontecer através de plebiscito.

Gentílico: amapaense

Formação administrativa

Elevado à categoria de município com a denominação de Amapá do Maranhão, pela lei estadual nº 6433, de 10/10/1995, alterada pela lei estadual nº 7099, de 08/04/1998, desmembrado de Carutapera, Luis Domingues e Godofredo Viana. Sede no atual distrito do Amapá do Maranhão, ex-povoado de Amapá do município de Godofredo Viana. Constituído do distrito sede. Instalado em 01/01/1997.

Em divisão territorial datada de 15/07/1997, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte:IBGE.[5]

Política[editar | editar código-fonte]

O poder político em Amapá do Maranhão é representado pelo prefeito, vice-prefeito e secretários municipais. Para o prefeito criar alguma lei, é necessário que tenha a aprovação do Poder Legislativo, sendo este composto pela Câmara dos Vereadores de Amapá do Maranhão.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  5. «IBGE - cidades@ - Histórico - AMAPA DO MARANHAO (ma)». ibge.gov.br. 2012. Consultado em 8 de junho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.