António Semedo (ator)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Disambig grey.svg Nota: Se procura o futebolista português, veja António Paulo Sanches Semedo.
António Semedo
Nascimento 06 de agosto de 1950
Nacionalidade português
Morte 2005
Ocupação Ator, dobrador, escritor, produtor teatral
IMDb: (inglês)

António Semedo, também conhecido como Tó Semedo (6 de agosto de 19502005), foi um ator, dobrador, escritor e produtor teatral português. É conhecido por ter sido a voz portuguesa de Topo Giggio.

Biografia[editar | editar código-fonte]

António Augusto Basto Semedo nasceu em 6 de agosto de 1950.[carece de fontes?] Filho da atriz Maria José e de Artur Semedo, tem como meia-irmã a atriz Rita Ribeiro, fruto do relacionamento da mãe com Curado Ribeiro, seu padrasto.[1][2] Pelo lado do pai é primo do político do Bloco de Esquerda, João Semedo.[3]

Desde criança que conviveu no mundo do espetáculo e destacou-se, tanto no ramo do teatro, como cinema, televisão e até na área da música. Tó Semedo tinha uma grande versatilidade vocal, o que fez com que os seus trabalhos na área das dobragens fosse muito requisitado.

Um dos trabalhos que teve maior notoriedade foi a de dobrador de Topo Giggio no início da década de 1980.[4][5][6] Destaque-se, também, o seu trabalho de dobragem em séries de desenhos animados como Dragon Ball, Sailor Moon, Os Cavaleiros do Zodíaco entre outras, seja como dobrador seja como diretor de dobragem[7][8][9][10]. Ainda no mundo da representação participou em peças de revista e comédia no Parque Mayer, onde trabalhou com Armando Cortez, Natália Correia, Francisco Nicholson, Mariana Rey Monteiro, Ivone Silva, Camilo de Oliveira, Canto e Castro, Laura Alves e Helena Isabel.

No cinema destaca-se a sua participação no filme Inês de Portugal (1997).[11][12]

Na universo discográfico, os trabalhos de António Semedo estão sobretudo ligados aos personagens que interpretou, como na peça O Processo de Jesus (1982), Os Patinhos ou a dobragem de Topo Gigio com uma canção própria de autoria de José Cid e Rui Guedes.[4][5][13]

Como actor, na televisão, protagonizou a série pedagógica na área da ciência Professor Turbo Lento (1988), no papel de Professor Pardelhas e onde também assinou o guião.[12][14] Participou ainda em telefilmes e séries para a RTP nas décadas de 1970 e 1980, maioritariamente. Em alguns destes trabalhos foi também encenador, produtor ou escritor. Foi ainda padrinho de algumas marchas populares de Lisboa.

António Semedo morreu em 2005.[15][16][17]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Notas Ref.
1965 O Testamento Diabólico [12]
1965 Os Três Natais da Avó Maria [12]
1974 Malteses, Burgueses e às Vezes [12]
1978 O Amigo de Peniche Teatro [12][18]
1978 A História do Natal [12]
1979 Rosa Enjeitada Teatro [12][19]
1981 A Mãe Martins [12]
1982 Sua Excelência o Pendura Teatro [12][20]
1988 O Professor Turbolento Prof. Pardelhas [12][14]
1988 Jáquitá [12]
1989 O Clube dos Antropófagos [12]
1992 Comédia das Verdades e das Mentiras Teatro [12][21]
1994 Sozinhos em Casa [12]
1994 Mas que Rita Noite [12]

Dobragem[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Ref.
1981 Topo Gigio Topo Gigio
1988 Romance da Raposa Texugo D. Salamurdo [12]
1990 Bia, a Pequena Feiticeira Paulo
1992 O Regresso de D'Artacão D'Artacão

Pom

1994 Pit, O Coelhinho Verde [12]
1994 A Aldeia dos Pequeninos Gaul
1994 Moto Ratos de Marte Modo

Gordo

1995 Arrepios
1995 Dr. Cobaia e Luvinha Dr. Cobaia [12]
1995 Sailor Moon (Navegante da Lua) Luna

Neflite

Doutor Tomoe

Helios / Pegasus

Outros

[8][10][17][22]
1995 Dragon Ball Yamcha

Tao Pai Pai

Corvo Genial

Outros

[7][9][15][22]
1996 Dragon Ball Z Yamcha

Kaíbe

Cell

Buu Buu Bom

Outros

1996 Gadget Boy Chefe Stromboli
1996 Loucuras na Transilvânia
1997 O Incrível Hulk General Ross
1997 Starla e as Jóias Encantadas Arquimedes
1998 Dragon Ball GT Gil

Yamcha

Kaíbe

Buu Buu Bom

Outros

1998 A Família dos Porquês? Matik
1998 A Família Thornberry
1999 Os Cavaleiros do Zodíaco Hyoga

Ikki

Mu

Siegfried

Julian Solo / Poseidon

Outros

[7][22]
2000 Topo Gigio (anime) Topo Gigio

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Companhia/ Grupo Ref.
1970 Pobre Milionária Empresa Vasco Morgado [23]
1970 A Casa das Cabras Empresa Vasco Morgado [23]
1970 O Natal do Capuchinho Empresa Vasco Morgado [23]
1971 Quarenta Quilates Empresa Vasco Morgado [23]
1971 Férias na Lua [23]
1971 Chançada d'a Vida do Grande D. Quixote de La Mancha e do Gordo Sancho Pança Casa da Comédia [23]
1974 Ó Pá, Pega na Vassoura! Tequipa - Teatro de Equipa, Lda. [23]
1975 A Mão no Ar e o Pé Atrás CTP - Companhia de Teatro Popular de Lisboa/
Companhia Popular de Teatro
[23]
1978 A Aldeia da Roupa Suja Empresa Vasco Morgado [23]
1979 Filomena Marturano [23]
1981 A Tragédia da Rua das Flores Repertório - Cooperativa Portuguesa de Teatro [23]
1982 O Processo de Jesus Empresa Vasco Morgado [23]
1991 A Grande Festa [23]

Referências

  1. «Maria José no Teatro do Azeite». Correio do Ribatejo (Edição n.º 6176). 30 de Outubro de 2009: 3. Consultado em 13 de outubro de 2017. 
  2. Inês Nadais (1 de Fevereiro de 2014). «Entrevista : Muito mais do que 15 minutos de fama para Gisberta». Público. Consultado em 12 de outubro de 2017.. Cópia arquivada em 12 de outubro de 2017 
  3. Miguel Santos Carrapatoso (9 de abril de 2017). «João Semedo: "Nunca desejei morrer, mas sempre achei que a morte me apanharia feliz"». O Observador. Consultado em 12 de outubro de 2017. 
  4. a b Tiago Tavares (20 de junho de 2015). «Quando a televisão mandava as crianças fazer oó». Observador. Consultado em 13 de outubro de 2017. 
  5. a b «Discografia de António Semedo». Discogs. Consultado em 12 de outubro de 2017. 
  6. «Entrevista a um Locutor / Actriz» 
  7. a b c «Homenagem a António Semedo» 
  8. a b «CRYSTAL: FERNANDA FIGUEIREDO DE VOLTA!» 
  9. a b «Dragon Ball está de volta com novos episódios» 
  10. a b «Sailor Moon in Portugal» 
  11. a b «Inês de Portugal». CinePT (Universidade da Beira Interior). Consultado em 13 de outubro de 2017. 
  12. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t António Semedo (em inglês) no Internet Movie Database. Consultado em 13 de outubro de 2017
  13. «Catálogo - Detalhes do registo de "Os patinhos"». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 13 de outubro de 2017. 
  14. a b Tiago Tavares (27 de agosto de 2017). «10 tesourinhos da produção infantil da RTP». Observador. Consultado em 12 de outubro de 2017. 
  15. a b «Dragon Ball de Portugal : Curiosidades». Dragon Ball de Portugal. 2016. Consultado em 12 de outubro de 2017. 
  16. Daniel Oliveira (6 de maio de 2013). «Rita Ribeiro em Alta Definição». Ao minuto 13. "Sete anos" coloca a morte entre maio de 2005 e maio de 2006. SIC 
  17. a b @Star_Uranus (27 de Agosto de 2015). «Sala cheia para assistir ao painel de Sailor Moon Crystal!». "10 anos" coloca a morte entre agosto de 2004 e agosto de 2005. Sailor Moon Portugal. Consultado em 12 de outubro de 2017. 
  18. «Ficha de Texto: O amigo de Peniche». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 9 de Maio de 2012. Consultado em 13 de outubro de 2017. 
  19. «Ficha de Texto: Rosa enjeitada». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 7 de Abril de 2010. Consultado em 13 de outubro de 2017. 
  20. «Ficha de Texto: Sua Excelência O Pendura». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 6 de Dezembro de 2012. Consultado em 13 de outubro de 2017. 
  21. «Ficha de Texto: A comédia das verdades e das mentiras». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 24 de Outubro de 2005. Consultado em 13 de outubro de 2017. 
  22. a b c «Encyclopedia : People : António Semedo» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 12 de outubro de 2017. 
  23. a b c d e f g h i j k l m «Ficha de Pessoa : António Semedo». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 13 de Março de 2001. Consultado em 13 de outubro de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.