Anthony Bourdain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Anthony Bourdain
Bourdain em maio de 2014
Tony
Nascimento 25 de junho de 1956
Nova York
Morte 8 de junho de 2018 (61 anos)
Kaysersberg, França
Residência Manhattan
Nacionalidade norte-americano
Cidadania Estados Unidos
Etnia franceses, judeus
Cônjuge Nancy Putkoski
Ottavia Busia (2007–2016)
Alma mater
  • Vassar College
  • The Culinary Institute of America at Hyde Park
  • Dwight-Englewood School
Ocupação Apresentador de televisão, chef, escritor
Empregador Brasserie Les Halles
Religião ateísmo
Página oficial
http://www.anthonybourdain.com/

Anthony Michael Bourdain (Nova York, 25 de junho de 1956Kaysersberg, 8 de junho de 2018) foi um chef, escritor, e apresentador de televisão norte-americano. Bourdain tornou-se conhecido por seu livro Kitchen Confidential: Adventures in the Culinary Underbelly, lançado em 2000, e apresentava o programa de aventuras culturais e culinárias Anthony Bourdain: No Reservations, no Travel Channel.

Formado no Culinary Institute of America (classe de 1978), Bourdain foi um veterano de 28 anos em cozinhas profissionais,[1] e ultimamente era um "Chef-at-Large" cujo quartel-general foi a Brasserie Les Halles,[2] onde ele foi chef executivo por muitos anos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bourdain nasceu no Columbia Presbyterian Hospital, em Nova York, porém cresceu em Leonia, Nova Jersey. Possuia ascendência francesa pelo lado de seu pai; seu avô paterno teria imigrado da França para Nova York depois da Primeira Guerra Mundial.[3] Bourdain frequentou o Vassar College, e se formou pelo Culinary Institute of America em 1978. Ultimamente ocupava o cargo honorário de Chef-at-Large da Brasserie Les Halles, onde deteve o título de chef executivo por quase uma década. Quando não estava viajando, residia em Manhattan.

Bourdain casou-se com sua namorada de escola, Nancy Putkoski, no início da década de 1980, e permaneceram juntos por duas décadas antes de se divorciar; Bourdain citava as mudanças irrevogáveis que vieram de suas longas viagens como a causa da separação.[4] Casou-se em 2007 com sua segunda esposa, Ottavia Busia, com quem teve uma filha.[5] Separaram-se em 2016.[6]

Morte[editar | editar código-fonte]

Em 8 de junho de 2018 Bourdain foi encontrado morto no banheiro do quarto de um hotel onde estava hospedado em Kaysersberg, um pequeno vilarejo na região francesa da Alsácia. Ele estava na região gravando a série da CNN Anthony Bourdain: Parts Unknown. Para a gravação do programa, estava também o seu amigo Éric Ripert, chef de um restaurante em Nova York. Bourdain não havia jantado na noite anterior à sua morte e como ele não chegou para o café da manhã com Ripert na manhã seguinte, uma recepcionista entrou no quarto e encontrou o corpo. A autópsia realizada pela perícia francesa concluiu que a causa foi suicídio por enforcamento, não tendo sido encontrados vestígios de uso substâncias tóxicas, exceto traços de um medicamento não narcótico, usado em dose terapêutica. O corpo foi cremado na França e seus restos mortais enviados para seu único irmão, Christopher.[7]

Formação e carreira culinária[editar | editar código-fonte]

Em Kitchen Confidential Bourdain descreveu como seu amor pela comida foi estimulado na França - quando provou sua primeira ostra, no barco de um pescador, ainda jovem, de férias com a família. Posteriormente, quando já estudava em Vassar, trabalhou num restaurante de frutos do mar em Provincetown, Massachusetts, o que o motivou a seguir cozinhando profissionalmente. Formou-se no Culinary Institute of America em 1978, e passou a administrar as cozinhas de diversos restaurantes em Nova York, como o Supper Club, One Fifth Avenue e o Sullivan's — culminando no cargo de chef executivo na Brasserie Les Halles, a partir de 1998, restaurante sediado em Manhattan, com filiais em Miami e, durante o período em que Bourdain ocupou o cargo, em Washington, D.C. e Tóquio.

Carreira na mídia[editar | editar código-fonte]

Como escritor[editar | editar código-fonte]

Bourdain conquistou popularidade imediata com Kitchen Confidential, seu livro de 2000 (best-seller da lista do New York Times; a obra mostra o lado oculto e obscuro do mundo da culinária, e é um livro de memórias de parte da vida pessoal e profissional de Bourdain.

Bourdain escreveu posteriormente dois outros livros de não-ficção (ambos também entraram para a lista do NY Times): A Cook's Tour (2001), um relato exótico de suas viagens gastronômicas ao redor do mundo, escrito em conjunto com sua primeira série de televisão, e The Nasty Bits (2006), outra reunião de ensaios e histórias exóticas e provocantes centradas principalmente em comida. Outros livros do autor incluem Anthony Bourdain's Les Halles Cookbook; as obras de mistério "culinário" Bone in the Throat e Gone Bamboo; uma investigação histórica hipotética, Typhoid Mary: An Urban Historical; e No Reservations: Around the World on an Empty Stomach.

Foi jurado no programa americano "The Taste" que no Brasil passou a ser exibido no GNT com o nome " O sabor da Vitória". Anthony Bourdain também podia ser assistido no TLC com o programa "Sem Reservas" e atualmente era visto no Canal de Notícias CNN com o "Parts Unknown"

Artigos e ensaios de Bourdain apareceram em diversos meios de comunicação escrita, incluindo a revista americana The New Yorker, os jornais The New York Times, The Times, The Los Angeles Times, The Observer, The Independent, Financial Times, as revistas Gourmet, Maxim, Esquire (UK), Scotland on Sunday, The Face, Food Arts, Limb by Limb, BlackBook, Best Life, e Town & Country. Na Internet seu blog, iniciado para a terceira temporada do programa Top Chef[8] foi indicado para um Webby Award de melhor blog – cultural/pessoal em 2008.[9]

Obras[editar | editar código-fonte]

Não ficção

Ficção

Referências

  1. Bourdain's biography on TravelChannel.com
  2. «Les Halles». Brasserie Les Halles. Consultado em 18 de junho de 2007 
  3. Anthony Bourdain: No Reservations, episódio 5.4: "Uruguay"; 28 de julho de 2008
  4. The Observer (30 de abril de 2006). «Regrets? He's had a few ...». Guardian. Consultado em 16 de junho de 2007 
  5. Lindsay Soll (11 de maio de 2007). «Monitor». Celebrity Baby Blog. Consultado em 14 de junho de 2007 
  6. Group, Global Media (21 de setembro de 2016). «Separação - Anthony Bourdain: casamento com lutadora de MMA chegou ao fim». DN 
  7. «Anthony Bourdain Toxicology Report: No Narcotics in His System» (em inglês). The New York Times. 22 de junho de 2018 
  8. Anthony's Blog: Read Anthony Bourdain's Online Blog - Top Chef TV Show Arquivado em 13 de maio de 2008, no Wayback Machine. - Bravo TV
  9. Webby Nominees - Webby Awards

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Anthony Bourdain
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Anthony Bourdain