Antlia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Máquina Pneumática

Antlia constellation map.svg
Nome latino
Genitivo

Antlia
Antliae

Abreviatura Ant
 • Coordenadas
Ascensão reta
Declinação
10 h
-90°
Área total 239° quadrados
 • Dados observacionais
Visibilidade
- Latitude mínima
- Latitude máxima
- Meridiano
 
-90°
+45°
5 de abril, às 21h
Estrela principal
- Magn. apar.
α Ant
4,25
Outras estrelas
- Magn. apar. < 3
- Magn. apar. < 6
 
0
22
 • Constelações limítrofes
Em sentido horário:

Antlia (Ant), a Máquina Pneumática, é uma constelação do hemisfério celestial sul. O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Antliae.

A Máquina Pneumática é uma das muitas constelações introduzidas por Nicolas Louis de Lacaille para preencher o céu do hemisfério sul, batizada em celebração à bomba de ar recém-inventada por Robert Boyle. Está localizada em uma parte bastante deserta do céu austral.

As constelações vizinhas são a Hidra, a Bússola, o Velame e o Centauro.

História[editar | editar código-fonte]

Representação da constelar Máquina Pneumática por Johann Bode.

A Máquina Pneumática foi criada em 1756 pelo astrônomo francês Nicolas Louis de Lacaille, junto com outras treze constelações para preencher regiões pouco brilhantes do hemisfério sul celestial.[1] [2] Apesar de visível para os astrônomos da Grécia antiga, suas estrelas eram muito fracas para serem incluídas em alguma constelação.[1] Por isso, as principais não têm padrão específico, fazendo a constelação carecer de objetos brilhantes de céu profundo. [3] [4] Originalmente, chamava-se Antlia pneumatica ("Máquina Pneumática" em francês)[4] em celebração à bomba de ar inventada pelo físico francês Denis Papin.[1] [2] Lacaille e Johann Bode retrataram a Máquina Pneumática de maneira diferente, tanto como uma bomba de ar com um cilindro usada nos experimentos iniciais de Papin, quanto a versão mais avançada, de dois cilindros.[1] Mais tarde a União Astronômica Internacional adotou a Máquina como uma das oitenta e oito constelações oficiais da Astronomia atual. Não possui uma mitologia associada, uma vez que Lacaille quebrou com a tradição de dar mitônimos a constelações, preferindo invés disso nomes de instrumentos científicos.[1]

Objetos notáveis[editar | editar código-fonte]

Estrelas[editar | editar código-fonte]

Objetos de céu profundo[editar | editar código-fonte]

A Máquina Pneumática possui poucos objetos de céu profundo. Não contém nenhum aglomerado globular, nebulosa planetária ou aglomerado aberto. Contudo, contém várias galáxias.

NGC 2997 é uma galáxia espiral do tipo Sc.[2] É a galáxia mais brilhante da constelação, com uma magnitude de 10,6.[3]

A Anã de Antlia é uma galáxia anã esferoidal de magnitude 14,8 que pertence ao Grupo Local. Foi descoberta apenas em 1997.[5]

Na astronomia oriental[editar | editar código-fonte]

Astrônomos chineses conseguiam visualizá-la de suas latitudes, e incorporaram as estrelas da constelação em duas outras diferentes. Várias estrelas da parte sul da Máquina Pneumática representavam "Dong'ou", uma constelação chinesa que representava uma área da China meridional.[1] Além disso, Epsilon Antliae, Eta Antliae, e Theta Antliae foram incorporadas no Templo do Céu, que também continha estrelas da constelação da Bússola.[1]

Referências

  1. a b c d e f g Ridpath, Ian. Antlia Star Tales. Visitado em 3 de dezembro de 2007.
  2. a b c d e f Ridpath 2001, pp. 74-76
  3. a b c Moore & Tirion 1997
  4. a b Pasachoff 2000
  5. Nemiroff, Robert (23 de abril de 1997). Antlia: A New Galactic Neighbor Astronomy Picture of the Day. Visitado em 9 de abril de 2012.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bakich, Michael E. (1995), The Cambridge Guide to the Constellations, Cambridge University Press, ISBN 978-0-521-44921-2 
  • Moore, Patrick; Tirion, Wil (1997), Cambridge Guide to Stars and Planets (2ª ed.), Cambridge University Press, ISBN 0-521-58582-1 
  • Pasachoff, Jay M. (2000), A Field Guide to the Stars and Planets (4ª ed.), Houghton Mifflin, ISBN 978-0-395-93431-9 
  • Ridpath, Ian (2001), Stars and Planets Guide, Princeton University Press, ISBN 0-691-08913-2 
  • Ridpath, Ian (2007), Stars and Planets Guide, Wil Tirion (4ª ed.), Princeton University Press, ISBN 978-0-691-13556-4 
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Antlia