Sagittarius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Sagitário

Sagittarius constellation map.svg
Nome latino
Genitivo

Sagittarius
Sagittarii

Abreviatura Sgr
 • Coordenadas
Ascensão reta
Declinação
19 h
-25°
Área total 867° quadrados
 • Dados observacionais
Visibilidade
- Latitude mínima
- Latitude máxima
- Meridiano
 
-90°
+55°
20 de Agosto, pelas 21:00
Estrela principal
- Magn. apar.
Kaus Australis (ε Sgr)
1.9
Outras estrelas
- Magn. apar. < 3
- Magn. apar. < 6
 
5
-
 • Chuva de meteoros

sagitarídeos

 • Constelações limítrofes
Em sentido horário:

Sagittarius, o Arqueiro, é uma constelação do zodíaco. O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Sagittarii.

As constelações vizinhas, segundo a padronização atual, são a Águia, o Escudo, a Cauda da Serpente, o Serpentário, a Coroa do Sul, o Telescópio, o Microscópio e o Capricórnio.

No mito grego, o Sagitário está relacionado com Quíron, um centauro diferente dos demais de sua raça por ser extremamente educado, tutor de vários heróis gregos e douto em diversas ciências e ofícios.

Meteoros[editar | editar código-fonte]

Nessa constelação localiza-se o radiante da chuva de meteoros conhecida como sagitarídeos, que pode ser observada todo ano por volta do dia 27 de maio.[1]

Visualização[editar | editar código-fonte]

As estrelas mais brilhantes da constelação de Sagitário formam um asterismo facilmente reconhecível conhecido como "chaleira"[2] [3] . As estrelas Delta Sagittarii (Kaus Media), Epsilon Sagittarii (Kaus Australis), Zeta Sagittarii (Ascella) e Phi Sagittarii (Nanto) formam o corpo da chaleira; Lambda Sagittarii (Kaus Borealis) é o pegador da tampa; Gamma1 Sagittarii e Gamma2 Sagittarii (Al Nasl) é a ponta do bico; e Sigma Sagittarii (Nunki) junto com Tau Sagittarii formam o pegador [4]

As estrelas Zeta Sagittarii (Ascella) com magnitude 2,59 e Tau Sagittarii marcam a parte debaixo do pegador.

Para completar a metáfora da chaleira, sob boas condições de observação, é possível ver uma área densa da Via Láctea em forma de arco subindo na direção noroeste sobre o bico, como o vapor saindo de uma chaleira com água fervendo[5] .

Digno de nota também é que o centro da Via Láctea se encontra na direção desta constelação.

Referências

  1. Chuvas de meteoros em maio. Visitado em 27 de maio de 2011.
  2. Naelton Mendes de Araujo. Reconhecimento do Céu. Visitado em 12 de outubro de 2015.
  3. Eventos Celestes Visíveis em Novembro 2014 Tellescopio Ascessórios (6 de novembro de 2014). Visitado em 12 de outubro de 2015.
  4. "Sagittarius". deepsky.astroinfo.org. Consult. 12 de outubro de 2015. 
  5. P.K. Chen (Sky Publishing 2007) A Constellation Album: Stars and Mythology of the Night Sky (ISBN 978-1931559386).
Planetas extra-solares da constelação de Sagittarius
Sistema solar.png
OGLE-TR-10 b · OGLE-TR-56 b · OGLE-2003-BLG-235L b · OGLE-2005-BLG-169L b · HD 169830 b · HD 179949 b · HD 187085 b
lista de sistemas planetários · sistema solar
Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.