Antrozoologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Antrozoologia é o estudo da interação entre pessoas e animais (não humanos), também descrita como ciência que incide sobre todos os aspetos do vínculo homem-animal,[1] e uma ponte entre as ciências naturais e sociais.[2]

Áreas de estudo[editar | editar código-fonte]

  • A interação e aprimoramento nas interações com animais em cativeiro.
  • Ligações afetivas (emocionais) ou relacionais entre humanos e animais[3]
  • Percepções e crenças humanas em relação a outros animais
  • Como alguns animais se encaixam nas sociedades humanas
  • Como estes variam entre culturas e mudam ao longo do tempo
  • O estudo da domesticação animal: como e por que animais domésticos evoluíram a partir de espécies silvestres (paleoantro zoologia)
  • Vínculos animais em zoológico em cativeiro com guardiões
  • A construção social dos animais e o que significa ser animal
  • O foco zoológico
  • O vínculo homem-animal
  • Paralelos entre interações homem-animal e interações homem-tecnologia
  • O simbolismo dos animais na literatura e na arte
  • A história da domesticação animal
  • As interseções entre especismo, racismo e sexismo
  • O lugar dos animais em espaços ocupados pelo homem
  • O significado religioso dos animais ao longo da história humana
  • Explorando o tratamento ético transcultural de animais
  • A avaliação crítica do abuso e exploração de animais
  • Mente, personalidade e personalidade em animais não humanos
  • Os potenciais benefícios para a saúde humana da propriedade de animais de companhia

Referências