Biologia educacional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Biologia Educacional ou Biologia da Aprendizagem é uma disciplina que trata sobre os fatores biológicos que podem interferir na Educação, como a hereditariedade e a genética, e tem como objetivo servir de base para o professor entender como se dá o desenvolvimento físico, motor e mental da criança, para fazer das diversas fases do desenvolvimento, aliadas para sua atuação. Esta disciplina complementa e é complementada pela Neurobiologia e Psicologia educacional. Os casos de déficit de aprendizagem são normalmente causados por fatores ambientais, que vão desde o nascimento prematuro, até a desnutrição. [1][2] Um exemplo de fatores biológicos que interfere na educação são os alunos com necessidades especiais causadas por motivos hereditários ou por patologias genéticas.[3]

A Biologia educacional busca entender os fundamentos biológicos da educação, as bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano, a interação da biologia no processo educativo. a dimensão neurobiológica na compreensão do processo ensino aprendizagem e desenvolvimento da inteligência.[4]

A Biologia Educacional tem também como objetivo, servir de base para o professor entender como se dá o desenvolvimento físico, motor e mental da criança, para fazer das diversas fases do desenvolvimento, aliadas para sua atuação. Esta disciplina prepara professores para tratar tanto de assuntos como higiene do aluno e do ambiente escolar, e da identificação e prevenção de doenças típicas dos primeiros anos da criança, como o sarampo, a caxumba, a catapora, pediculose e as doenças causadas pelos vermes, quanto a assuntos da adolescência, um período de transformações, como a sexualidade, a AIDS e as DSTs e as drogas, inclusive na prevenção. Alguns cursos de graduação ainda vão além, fazendo também uma exposição a respeito da fase adulta e da 3ª idade, visto que é crescente o número de pessoas nessas fases que tem o primeiro contato com a escola, ou mesmo que retomam os estudos. [5][6]


Nuvola apps kdmconfig.pngCampos de estudo da Educação
Administração escolar | Arte-educação | Biologia educacional | Distúrbios da aprendizagem | Educação de adultos | Educação inclusiva | Educação popular | Filosofia da educação | Medidas educacionais | Metodologias de ensino | Necessidades educativas especiais | Orientação educacional | Pedagogia | Politicas educacionais | Psicologia da aprendizagem | Psicopedagogia | Sociologia da educação | Supervisão do ensino | Tecnologias educacionais | Psicologia do desenvolvimento | Teorias da aprendizagem
Ensino por tema: Alfabetização | Educação sexual | Educação matemática | Ensino da língua materna
Níveis de ensino: Educação infantil | Ensino fundamental | Educação especial | Ensino médio | Ensino superior
Rankings internacionais: Índice de alfabetização | Programa Internacional de Avaliação de Alunos | Índice de educação

Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «The Biology of Learning». Consultado em 20 de fevereiro de 2018. 
  2. P., Marler (1983). The Biology of Learning. [S.l.: s.n.] 
  3. «Biology of Learning and Memory». Consultado em 20 de fevereiro de 2018. 
  4. «The Biology of Learning And Implications for Teaching». 20 de fevereiro de 2018. Consultado em 20 de fevereiro de 2018. 
  5. «The Biology of Memory and Learning». Consultado em 20 de fevereiro de 2018. 
  6. «Biological Bases of Learning and Memory». Consultado em 20 de fevereiro de 2018.