Arena Carioca 1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arena Carioca 1
Arenas Cariocas 3, 2 e 1, na sequência
Nome Arena Carioca 1
Características
Local Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg Rio de Janeiro
 Rio de Janeiro
Capacidade 16 000 (basquete) (Temporário)
5 000
Construção
Data 2009-2015
Custo R$ 1,678 bilhão
Custo do Complexo
Inauguração
Data 15 de janeiro de 2016 (2 anos)
Outras informações
Mandante Torneio de Basquetebol de 2016
Torneio de Basquetebol em Cadeira de Rodas
Torneio de Rugby em Cadeira de Rodas de 2016

A Arena Carioca 1 é uma estrutura permanente no Parque Olímpico da Barra que sediou os eventos do basquetebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, do basquetebol em cadeira de rodas e Rugby em cadeira de rodas nos Jogos Paralímpicos de Verão de 2016 realizados na cidade do Rio de Janeiro.[1]

Faz parte do Centro de Treinamento Olímpico que é considerado o maior legado para o país após a realização dos jogos, sendo o local onde são treinados atletas em 12 modalidades diferentes.[2] Sua capacidade é de 16 mil espectadores, destes apenas 5000 serão permanentes. O complexo de três arenas (Carioca 1, Carioca 2 e Carioca 3), IBC, MPC, Hotel e a estrutura do Parque Olímpico tiveram custo final estimado em R$ 1,678 bilhão incluída parte da iniciativa pública e privada, sendo executada Prefeitura e ente privado.[3]

Foram agendados como "eventos-teste" o Aquece Rio Torneio Internacional de Basquetebol Feminino entre 15 a 17 de janeiro de 2016 e o Aquece Rio Campeonato Internacional de Rugby em cadeira de rodas entre 29 e 31 de janeiro de 2016.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Arena Carioca 1 rio2016.com (visualizada em 10/08/2015)
  2. Arena Carioca 1 brasil2016.gov.br
  3. Infográfico do globoesporte acerca da evolução das obras globoesporte.globo.com
  4. Evento Teste brasil2016.gov.br

Ligações externas[editar | editar código-fonte]