Asa Branca (locutor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Asa Branca (rodeio))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Asa Branca
Nome completo Waldemar Ruy dos Santos
Conhecido(a) por Asa Branca
Nascimento 19 de abril de 1962
Turiúba, São Paulo
Morte 4 de fevereiro de 2020 (57 anos)
São Paulo, São Paulo
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Locutor de rodeio e peão
Principais trabalhos Som Brasil, Amigos, Mulheres de Areia, O Rei do Gado

Waldemar Ruy dos Santos (Turiúba, 19 de abril de 1962São Paulo, 4 de fevereiro de 2020), mais conhecido como Asa Branca, foi um locutor profissional de rodeios e cantor brasileiro.[1] Faleceu em 4 de fevereiro de 2020 em decorrência de um câncer na mandíbula .[2][3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Asa Branca começou a carreira nas arenas montando em touros bravos. A carreira de peão de boiadeiro foi interrompida após um acidente, quando o chifre de um boi chegou a perfurar seu pulmão, a partir disso se tornou locutor profissional.[4] Uma das suas principais características nesta profissão foi a sua habilidade com o microfone e a capacidade de inovar sempre, como levar o microfone para dentro das arenas, trazendo assim mais emoção ao público dos rodeios.[5] Inovou, também, nas aberturas de rodeios com atrações e apresentações especiais como a presença do cavalo e do helicóptero.[6]

Investiu muito no profissionalismo desse esporte, envolvendo-se com política para garantir os direitos dos atletas. Em Barretos, apresentou o então candidato à presidência do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, à uma plateia que aguardava sua apresentação na festa. Neste dia o rodeio ganhou mais força política e se tornou um dos esportes mais praticados em nosso país.[7][8]

Sua última apresentação foi na abertura de um rodeio em Fernandópolis-SP, em 2018.[9]

Aparições na TV[editar | editar código-fonte]

Asa Branca também fez sucesso na TV, onde apresentou o Som Brasil e o especial Amigos, na Rede Globo, e teve participações em novelas como Mulheres de Areia e Rei do Gado, também da Rede Globo. Marcou presença em diversos programas de TV e rádio, como Domingo Legal (SBT), Domingão do Faustão (Globo), Hebe (SBT), Domingo Show (Record), Silvia Poppovic (Band), dentre outros.[10]

Doença[editar | editar código-fonte]

Em 2013, foi hospitalizado por 83 dias devido a uma neurocriptococose, popularmente chamada "doença do pombo", que atinge o sistema nervoso. Chegou a ser submetido a seis cirurgias no cérebro, mas venceu a doença e retornou aos rodeios em 2014. Por causa da neurocriptococose, Asa Branca adquiriu a meningite bacteriana e hidrocefalia. Para controlar as doenças, necessita tomar remédios todos os dias e ir frequentemente ao médico para realização de exames.[11][12]

Enfrentou, desde 2017, um câncer na garganta, passando por várias sessões de radioterapia. A doença progrediu atingindo estado terminal.[13][14] O documentário A Última Lenda dos Rodeios, uma produção da Veja e Kurundu Filmes, lançado em 26 de agosto de 2018, no encerramento da Festa do Peão de Barretos, retrata a vida do locutor.[15] A produtora Sentimental Filmes, em parceria com a Querosene Filmes e a Universal Pictures, lançou, em 2018, o filme Asa Branca – A Voz da Arena. Sob a direção de Guga Sander, o longa conta a história de Asa Branca.[16]

Morte[editar | editar código-fonte]

Além de ser portador do HIV desde 2007, Asa Branca foi diagnosticado, em 2017, com câncer na garganta. Numa entrevista concedida à Veja, afirmou que seus problemas de saúde "eram resultado da prática e do incentivo à violência contra bois e cavalos". O locutor foi internado em 2 de fevereiro de 2019 em estado crítico, segundo uma nota divulgada pela família.[17] No entanto, em 4 de fevereiro de 2020, o quadro se agravou e o locutor veio a falecer no Instituto do Câncer, em São Paulo.[3]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1996 - Cowboy Country (Paradoxx Music)
  • 1997 - Cowboy Country - Volume 2 (Paradoxx Music)
  • 1998 - Asa Branca Romântico Especial (Paradoxx Music)
com a dupla "Asa Branca e Rancharia"
  • ? - Rodeio (EP)
  • 2018 - Na Pegada do Cowboy[18]
Participações em outros projetos
  • Participação especial na música "Segura Peão", presente no álbum "Ventos Uivantes" de Sérgio Reis

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Programa/Novela Tipo Emissora Papel
1993 Mulheres de Areia Novela Rede Globo Ele Mesmo
1996 O Rei do Gado Novela Rede Globo Ele Mesmo
1996 Amigos Especial Rede Globo Apresentador
1997 Som Brasil Programa Musical Rede Globo Apresentador
Cinema
Ano Filme Info Ref.
2015 A Última Lenda dos Rodeios Documentário Biográfico [19]
TBD Asa Branca – A Voz da Arena Cinebiografia [20]

Livros[editar | editar código-fonte]

Biografias[editar | editar código-fonte]

Ano Livro Autoria Editora
2019 Asa Branca - A Biografia Raul Marques Letramento Editora e Livraria

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Locutor Asa Branca - A Lenda Viva do Rodeio Brasileiro». Asa Branca. Site Oficial. Consultado em 12 de fevereiro de 2018 
  2. Lopes, Patrícia Souza (25 de agosto de 2013). «Recuperado de doença, Asa Branca, maior locutor de rodeios do Brasil, curte Barretos». br.omg.yahoo.com. Yahoo. Consultado em 3 de janeiro de 2014 
  3. a b «Asa Branca, locutor de rodeios, morre em SP». G1. 4 de fevereiro de 2020. Consultado em 4 de Fevereiro de 2020 
  4. «Asa Branca morre aos 57 anos, um dos principais locutores de rodeio do Brasil». Rolling Stone Country. 4 de fevereiro de 2020. Consultado em 4 de Fevereiro de 2020 
  5. Batista Jr., João (31 de outubro de 2015). «Após perder fama e dinheiro, Asa Branca tenta retomar carreira». Veja São Paulo. Consultado em 12 de fevereiro de 2018 
  6. «Asa Branca entra na luta contra rodeios». Veja. 4 de outubro de 2019. Consultado em 4 de Fevereiro de 2020 
  7. «FHC faz campanha na festa do peão em Barretos». Folha de S. Paulo. 29 de agosto de 1994. Consultado em 4 de Fevereiro de 2020 
  8. «Asa Branca: 20 anos de berreiro». Folha da Região. 10 de janeiro de 2002. Consultado em 12 de fevereiro de 2018 
  9. rollingstonecountry.uol.com.br/ Asa Branca morre aos 57 anos, um dos maiores locutores de rodeio do Brasil
  10. «Locutor Asa Branca morre aos 57 anos». Quem. 4 de fevereiro de 2020. Consultado em 4 de Fevereiro de 2020 
  11. «Asa Branca morre aos 57 anos após luta contra o câncer». UOL. 4 de fevereiro de 2020. Consultado em 4 de Fevereiro de 2020 
  12. «Asa Branca se recupera de doença grave e viaja a Goiás para agradecer». G1. 27 de agosto de 2016. Consultado em 4 de Fevereiro de 2020 
  13. «Asa Branca: 'No rodeio, o público se diverte às custas da dor de animais'». VEJA.com. Consultado em 6 de outubro de 2019 
  14. «Em fase terminal, Asa Branca diz: 'Pagando a dor que causei'». pleno.news. Consultado em 6 de outubro de 2019 
  15. «Documentário sobre Asa Branca abordará luta do locutor pela vida». R7. 21 de agosto de 2018. Consultado em 4 de Fevereiro de 2020 
  16. «Emílio Dantas será Asa Branca, em filme sobre o locutor de rodeio». UOL. 10 de março de 2019. Consultado em 4 de Fevereiro de 2020 
  17. «Internado, locutor Asa Branca está sedado e em estado crítico». Veja. 2 de fevereiro de 2020. Consultado em 4 de Fevereiro de 2020 
  18. braziliantimes.com/ “Na pegada do Cowboy” conquista a comunidade
  19. n1cavalos.com.br/ Veja o trailer do documentário Asa Branca - A Última Lenda dos Rodeios
  20. entretenimento.uol.com.br/ Filme sobre Asa Branca lembrará polêmicas e discutirá indústria do rodeio
Ícone de esboço Este artigo sobre narrador e/ou locutor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.