Domingo Show

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o game show apresentado por Gilberto Barros entre 2000 e 2002, veja Domingo Show (game show).
Domingo Show
Informação geral
Formato programa de auditório
Gênero Entretenimento
Duração 180 minutos
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Fepa Soares
Apresentador(es) Geraldo Luís
Sabrina Sato
Elenco Ceará
Lucas Veloso
Kika Sato
Tema de abertura "Weird Science", Oingo Boingo
Localização São Paulo, SP
Exibição
Emissora original RecordTV
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 23 de março de 2014 – 29 de março de 2020
Temporadas 7

Domingo Show foi um programa de auditório brasileiro produzido e exibido pela RecordTV. Originalmente foi apresentado por Geraldo Luís entre 23 de março de 2014 a 27 de outubro de 2019 em uma fase mais focada em matérias jornalística com pautas assistencialistas.[1][2] Entre 15 e 29 de março de 2020 o programa foi apresentado por Sabrina Sato, mudando seu formato para o entretenimento, com game shows e musicais. Pela baixa audiência, o programa foi cancelado.[3]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Desde o fim do Tudo É Possível em 30 de dezembro de 2012, a RecordTV procurava desenvolver um novo programa dominical para ocupar a primeira parte da tarde, que estava enfraquecida pelo crescimento do Domingo Legal, do SBT, sem concorrência direta.[4] No final de 2013 a emissora utilizou o nome do antigo Domingo da Gente, apresentado por Netinho de Paula entre 2001 e 2006, para produzir uma série de dezesseis programas especiais de verão, servindo de piloto para a nova atração dominical, no qual cada um seria apresentado por uma personalidade diferente.[5] Além da apresentação de cantores convidados, cinco apresentadores foram selecionados para serem testados no palco para comandar futuramente a nova atração: Geraldo Luís, Ticiane Pinheiro, Adriane Galisteu, Daniela Cicarelli e Scheila Carvalho – apresentadora da afiliada RecordTV da Bahia – sendo que o primeiro foi avaliado como o que mais agradou o público e escolhido.[5]

Domingo Show já havia sido título de um game show completamente diferente exibido pela RecordTV entre 5 de março de 2000 e 12 de maio de 2002 e apresentado por Gilberto Barros.[6] Além disso, em 2000 a TV Gazeta chegou a cogitar colocar o mesmo título no programa que seria comandado por Eri Johnson, porém desistiu para nomeá-lo como Fui: Ao Vivo.[7][8]

Formato[editar | editar código-fonte]

Apresentado por Sabrina Sato, o programa é focado no entretenimento e em game shows, trazendo competição musical, quadro de namoro, entrevistas com famosos, um quadro para realizar casamentos, além do reality show Made In Japão, inspirado nos games absurdos japoneses.

História[editar | editar código-fonte]

2014–19: Geraldo Luís[editar | editar código-fonte]

Em 23 de março de 2014 o Domingo Show estreou ao vivo sob o comando de Geraldo Luís.[9] O programa mesclava entrevistas no palco com pautas jornalísticas, sendo a maior parte da exibição ocupada por reportagens no qual o apresentador contava histórias de pessoas humildes com vidas difíceis ou de ex-famosos passando dificuldades.[10][9][11] Entre as entrevistas mais importantes, Geraldo revelou o Mal de Parkinson do jornalista Gil Gomes, a doença terminal do locutor Asa Branca e o ator Mário Gomes vendendo sanduíches na praia.[12] Em 17 de abril de 2016 Geraldo se irritou quando teve uma reportagem cortada para dar lugar à cobertura da votação do Impeachment da presidente Dilma Rousseff, reclamando ao vivo e gerando uma briga nos bastidores com a direção do canal, o que lhe fez ser afastado do programa.[13][14] Luiz Bacci substituiu-o até 22 de maio, quando Geraldo reassumiu.[15]

Nesta fase o programa era taxado como "sensacionalista" pelos jornalistas especializados, que alegavam que o apresentador explorava histórias de desgraças de pessoas humildes para garantir audiência.[16][17] O sucesso do gênero na época fez com que programas de outras emissoras, como Domingo Legal, Eliana, Caldeirão do Huck e Tamanho Família passassem a apostar no mesmo.[17] Em janeiro de 2018 a emissora decidiu que o programa não seria mais ao vivo, além de reduzir a exibição de 4h30 para 2h30 e extinguir a plateia para focar apenas em reportagens.[18] Na época o Domingo Show era vice-líder isolado e algumas vezes atingia o primeiro lugar, porém não atraia muitos anunciantes e a emissora quis abater os custos, acreditando que as mudanças não afetariam a audiência.[19][20] As alterações, no entanto, se mostraram equivocadas e o programa não só não atingiu mais o primeiro lugar, como passou a ficar em terceiro lugar atrás do Domingo Legal, que havia abandonado as pautas mais tristes para apostar em jogos e diversão.[21]

Em setembro de 2018 o programa voltou ao formato anterior, porém a audiência nunca mais foi recuperada, notando que o gênero assistencialista estava desgastado e havia chegado ao estopim.[22] Em setembro de 2019 foi anunciado que Geraldo voltaria ao Balanço Geral e que o programa chegaria ao fim em 27 de outubro, passando a grade a ser ocupada por reprises do mesmo até que uma nova atração fosse desenvolvida.[23]

2020: Sabrina Sato[editar | editar código-fonte]

Adriane Galisteu e Gilberto Barros foram cogitados para assumir um novo dominical, porém a emissora preferiu dar o espaço para Sabrina Sato, que estava fora do ar há um ano.[24] Originalmente a ideia era que a atração tivesse outro nome, para desvincular a imagem do assistencialismo, porém uma pesquisa encomendada revelou que o público assimilava a marca Domingo Show como algo tradicional já.[25] Com estreia marcada para 8 de março, o canal iniciou uma campanha de divulgação para enfatizar que o programa seria completamente reformulado e nenhuma pauta triste seria realizada, sendo focado em entretenimento e divertimento com game shows, entrevistas bem humoradas e apresentações musicais, citando como referência o extinto O Melhor do Brasil e os programas japoneses AKBingo! e AKB48 Show!.[26] Dentro do programa foi incluído o reality show Made in Japão, onde 10 celebridades disputam jogos tradicionais da televisão japonesa.[27] Os humoristas Ceará e Lucas Veloso foram contratados para terem quadros próprios.[28]

Em 22 de março o Domingo Show teve seu horário reduzido devido a pandemia de COVID-19 no Brasil, uma vez que que as gravações de todos os programas da emissora foram interrompidos, passando a ser composto apenas dos quadros já gravados. Em 1 de abril foi anunciado o cancelamento do programa, tanto pelo fato do estoque de quadros já gravados chegarem ao fim, quanto pela audiência e repercussão estarem abaixo da expectativa, gerando prejuízo comercial, sendo que a faixa passou a ser ocupada pelo seriado Todo Mundo Odeia o Chris e a sessão de filmes Cine Maior.[29] Apenas o reality show Made in Japan continuaria como um programa próprio, exibido a partir de 23 de maio aos sábados às 22h30.[3]

Equipe[editar | editar código-fonte]

Apresentação
Repórteres
  • Ceará (quadro: Cantada) (2020)
  • Lucas Veloso (quadro: Veloso e Curioso) (2020)
  • Kika Sato (quadro: Papo de Mãe) (2020)

Audiência[editar | editar código-fonte]

Em sua primeira fase com Geraldo Luís, o Domingo Show estreou com 11 pontos na liderança até 10 da Rede Globo e 5 do SBT.[30] Entre 2014 e o início de 2018 o programa permaneceu na vice-liderança isolada com dois dígitos, além de atingir a liderança em determinadas ocasiões.[31] Em 18 de setembro de 2017 atingiu sua maior audiência, 19.9 pontos.[32] Após os cortes de 2018 o programa passou a figurar na terceira colocação, chegando a atingir apenas 4.6 pontos em 23 de julho de 2019.[33]

A estreia da segunda fase com Sabrina Sato em 08 de março de 2020 garantiu o terceiro lugar com 3.8 pontos de média, muito abaixo do atingido na fase anterior.[34] Seu pior desempenho foi apresentado com o segundo programa da nova fase com 3.3 pontos.[35] Nas semanas seguintes o programa apresentou uma melhora, ficando entre 4 e 4.6 pontos, porém ainda muito abaixo do esperado para o horário.[36][37]

Referências

  1. Maria Beatriz Sant'Ana (22 de março de 2014). «"A gente quer aproximar a família da TV no domingo", fala Geraldo Luís sobre o Domingo Show». R7. Consultado em 23 de março de 2014 
  2. TV, Notícias da (19 de junho de 2019). «Derrotado pelo SBT, programa de Geraldo Luis volta a ser ao vivo com auditório». Notícias da TV. Consultado em 25 de junho de 2019 
  3. a b «Record muda data de exibição do reality 'Made In Japão' a partir de maio». UOL. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  4. «Record alfineta Domingo Legal». Audiência da TV. Consultado em 23 de março de 2014. Arquivado do original em 26 de março de 2014 
  5. a b «Com apresentadoras, Record apresenta o "Domingo da Gente"». BOL. 4 de novembro de 2013. Consultado em 12 de junho de 2016 
  6. «Eri Johnson deve pilotar atração na CNT/ Gazeta». NaTelinha. UOL. 23 de janeiro de 2000. Consultado em 23 de março de 2014 
  7. «Eri Johnson passa a 'conduzir' os domingos da CNT/Gazeta». Folha de S.Paulo. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  8. «Gilberto Barros fará tudo pelo social aos domingos». Folha de S.Paulo. 5 de março de 2000. Consultado em 8 de janeiro de 2020 
  9. a b Gabriel Vaquer (17 de março de 2014). «Produtor do "Domingo Legal" se revolta com depoimento de Raul Gil à Record». NaTelinha. UOL 
  10. «Geraldo Luís falou sobre a expectativa para a estreia do Domingo Show». Fala Brasil. R7. 21 de março de 2014. Consultado em 23 de março de 2014 
  11. «Com Gil Gomes e Sabrina, "Domingo Show" bate Globo em sua estreia na Record». UOL. 23 de março de 2014. Consultado em 24 de março de 2014 
  12. «Estreia de Domingo Show tem Gil Gomes, Sabrina e Lepo Lepo.». Rede Record. R7. 20 de março de 2014. Consultado em 23 de março de 2014 
  13. «Após reclamar ao vivo da Record, Geraldo Luís é suspenso pela emissora». Correio 24 Horas. Consultado em 9 de maio de 2016 
  14. «Após irritar Edir Macedo, Geraldo Luís é suspenso definitivamente». UOL. Consultado em 9 de maio de 2016 
  15. «Record decide tirar Geraldo Luis da "geladeira" após afastamento». MSN. Consultado em 9 de maio de 2016. Arquivado do original em 5 de junho de 2016 
  16. Maurício Stycer (4 de maio de 2014). «No limite da responsabilidade». Folha de S. Paulo. UOL. Consultado em 24 de junho de 2014 
  17. a b Daniel Castro (23 de junho de 2014). «Record paga R$ 10 mil por entrevista e usa Russo para atacar a Globo». Notícias da TV. UOL. Consultado em 24 de junho de 2014 
  18. Feltrin, Ricardo (12 de janeiro de 2018). «Record cogita acabar com "Domingo Show" e trocá-lo por humorístico». UOL. Consultado em 9 de fevereiro de 2018 
  19. Castro, Daniel (7 de fevereiro de 2018). «Record demite 25 funcionários e reduz programa de Geraldo Luís pela metade». Notícias da TV. Consultado em 8 de fevereiro de 2018 
  20. Castro, Daniel (7 de fevereiro de 2018). «Record já prepara programa para o lugar de Geraldo Luis aos domingos». Notícias da TV. Consultado em 8 de fevereiro de 2018 
  21. «Record TV reduz duração do "Domingo Show" e inicia onda de cortes». Na Telinha. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  22. «Ceará e Lucas Veloso reforçam time de Sabrina na Record». Folha de S.Paulo. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  23. «Record decreta o fim do programa de Geraldo Luís e busca novo apresentador». UOL. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  24. «Record confirma Sabrina Sato no lugar de Geraldo Luís no Domingo Show». Notícias da TV - UOL. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  25. «Pesquisa não deixa Record mudar o nome do programa da Sabrina». UOL. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  26. «Record contrata mãe de Sabrina Sato para reforçar Domingo Show; saiba os detalhes». Notícias da TV - UOL. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  27. «Made in Japão – Domingo Show – Record TV» 
  28. «Ceará e Lucas Veloso reforçam time de Sabrina na Record». Folha de S.Paulo. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  29. «Record suspende exibição do 'Domingo Show' da Sabrina». UOL. Consultado em 1 de abril de 2020 
  30. Flávio Ricco; José Carlos Nery (19 de abril de 2014). «Band quer o Gugu para alavancar sua grade». UOL. Consultado em 24 de junho de 2014 
  31. «Em 2018, Domingo Show garantiu vice-liderança isolada em mais de 70% dos confrontos com o SBT». Observatório da Televisão. 3 de janeiro de 2019. Consultado em 25 de junho de 2019 
  32. «RecordTV tem grande audiência com cobertura da morte de Marcelo Rezende; veja os destaques». NaTelinha. Consultado em 25 de junho de 2019 
  33. «Novo Domingo Show tem pior ibope com dramas do Cowboy do BBB e de Zé do Caixão». Observatório da Televisão. 22 de julho de 2019. Consultado em 23 de julho de 2019 
  34. «Estreia de Sabrina Sato no Domingo Show coloca Record em terceiro lugar». Observatório da Televisão. 8 de março de 2020. Consultado em 16 de março de 2020 
  35. Celso Portiolli deixa Sabrina comendo poeira e vence toda a grade da Record
  36. Com clima de Copa do Mundo, BBB20 tem formação de paredão mais vista no ano
  37. Sabrina Sato sofre rejeição de telespectadores, e Record já é ameaçada pela Band

Ligações externas[editar | editar código-fonte]