Bandeira de Sergipe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do estado de Sergipe
Bandeira do estado de Sergipe
Aplicação
FIAV 111000.svgFIAV normal.svg
Proporção 2:3[1]
Adoção 3 de dezembro de 1952
Descrição Retângulo partido em quatro faixas verde e amarelas alternadas, sendo a superior verde. No cantão (parte superior esquerda), um quadrado azul cujo lado é a metade da altura da bandeira, carregado de cinco estrelas brancas de cinco pontas, dispostas em quincunce, tendo a do centro o dobro das dimensões das demais.

A Bandeira do Estado de Sergipe é um dos símbolos oficias do estado brasileiro de Sergipe[2].

História[editar | editar código-fonte]

A bandeira data do século XIX e foi criada pelo comerciante sergipano Bastos Coelho para identificar suas embarcações. Porém, os estados vizinhos passaram a associar a bandeira ao Sergipe, sendo tão popularmente difundida como símbolo do estado que foi oficializada como tal pelo governador Pereira Lobo, através da lei nº 795 de 19 de outubro de 1920, ano do centenário da emancipação de Sergipe. Foi hasteada oficialmente pela primeira vez em 24 de outubro de 1920, na fachada do Palácio Olímpio Campos.[3][4][5]

Em 1951, a bandeira estadual foi alterada, mantendo o mesmo formato, porém com 42 estrelas, que representavam os municípios de Sergipe na época. Mas, no ano seguinte, foi trocada pela original através da lei nº 458 de 3 de dezembro de 1952.[3][4][5]

Descrição vexilológica[editar | editar código-fonte]

Sua composição, tal como explicitada em lei, é a seguinte:

Retângulo, com quatro listas, de cores verde e amarela, alternadamente, tendo o verde na parte superior e, sobre os dois lados do ângulo reto superior da esquerda, um retângulo em fundo azul claro de cobalto, em dimensão proporcional ao retângulo em total, com cinco estrelas brancas de cinco raios cada uma, tauxiadas em cada ângulo do retângulo azul, no lugar geométrico do cruzamento das duas linhas diagonais., representam a integração do estado ao Brasil. As estrelas representam as cinco barras (fozes de rios) existentes em Sergipe: São Francisco; rio Japaratuba; rio Sergipe; rio Vaza-Barris e rio Real.[3][4]

É diferenciada da bandeira de Goiás por ter a estrela central (que representa o Rio Sergipe[4]) maior que as outras quatro no quadrante azul, e por possuir apenas quatro faixas intercaladas em verde e amarelo.

Cores[editar | editar código-fonte]

As cores utilizadas na bandeira não possuem suas tonalidades especificadas em lei. No entanto, o manual de identidade visual do governo do estado do Sergipe especifica as seguintes cores para confecção da marca do governo (que apresenta um versão estilizada da bandeira):[6]

Cor Nome CMYK sRGB[nota 1] Hexadecimal Pantone
Azul 100/0/40/40 0/92/139 005C8B S 217-1
Verde 100/0/100/0 0/168/89 00A859 S 274-1
Amarelo 10/100/0/0 255/221/33 FFDD21 S 5-4
Branco 0/0/0/0 255/255/255 FFFFFF


Outras bandeiras[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. O manual de identidade visual não especifica cores na escala RGB. Os valores aqui apresentados são aproximados, e correspondem aqueles fornecidos na conversão do CMYK para RGB pelo Corel X5.

Referências

  1. «Flag of Sergipe (Brazil)». Consultado em 2 fev. 2011 
  2. ALVES. Derly Halfeld. Bandeiras: nacional, históricas e estaduais. Brasília. Edições do Senado Federal, 2011. ISBN 978-85-7018-358-3.
  3. a b c Agência Sergipe de Notícias. «Bandeira e hino sergipanos revelam curiosidades sobre estado». Consultado em 29 de agosto de 2017 
  4. a b c d Vexilologia. «Estado de Sergipe». Consultado em 29 de agosto de 2017 
  5. a b Conheça Sergipe. «Bandeira de Sergipe». Consultado em 29 de agosto de 2017 
  6. SERGIPE. Manual de Identidade Visual do Governo do Estado do Sergipe. Acessado em: 3 fev. 2011.
Portal A Wikipédia possui o portal:
Bandeiras das unidades federativas do Brasil
Acre Bahia Goiás Minas Gerais Pernambuco Rio Grande do Sul São Paulo
Alagoas Ceará Maranhão Pará Piauí Rondônia Sergipe
Amapá Distrito Federal Mato Grosso Paraíba Rio de Janeiro Roraima Tocantins
Amazonas Espírito Santo Mato Grosso do Sul Paraná Rio Grande do Norte Santa Catarina Brasil
Ícone de esboço Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.