Bocaina (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Bocaina
Bandeira de Bocaina
Brasão de Bocaina
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 23 de maio
Fundação 28 de fevereiro de 1891
Gentílico bocainense
Prefeito(a) José Carlos Soave (PSB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Bocaina
Localização de Bocaina em São Paulo
Bocaina está localizado em: Brasil
Bocaina
Localização de Bocaina no Brasil
22° 08' 09" S 48° 31' 04" O22° 08' 09" S 48° 31' 04" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Bauru IBGE/2008[1]
Microrregião Jaú IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Bariri, Boa Esperança do Sul, Dourado e Jaú
Distância até a capital 300 km
Características geográficas
Área 364,044 km² [2]
População 11 961 hab. Censo IBGE/2014[3]
Densidade 32,86 hab./km²
Altitude 514 m
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,807 muito alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 171 154,612 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 15 718,12 IBGE/2008[5]
Página oficial

Bocaina é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 22º08'10" sul e a uma longitude 48º31'05" oeste, estando a uma altitude de 580 metros. Sua população estimada em 2014 era de 11.961 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui uma área de 364,044 km².

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2000

População Total: 10.000

  • Urbana: 8.546
  • Rural: 896
  • Homens: 4.711
  • Mulheres: 4.731

Densidade demográfica (hab./km²): 25,94

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 7,87

Expectativa de vida (anos): 76,21

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,09

Taxa de Alfabetização: 88,33%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,807

  • IDH-M Renda: 0,731
  • IDH-M Longevidade: 0,853
  • IDH-M Educação: 0,837

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O rio Jacaré-Pepira nasce no município de São Pedro.Passa por Brotas (local de esportes radicais em suas águas), segue por Jaú, Dourado, Boa Esperança do Sul, Bocaina, Bariri e desemboca no rio Tietê próximo da barragem de Ibitinga. É considerado um dos poucos rios ainda não poluídos no Estado de São Paulo, com grande flora de matas nativas às suas margens e, ainda, muitas espécies de peixes. O rio Jacaré fica a aproximadamente 6 kms do centro de Bocaina.[carece de fontes?]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia de Bocaina está assentada na lavoura predominantemente canavieira, com uma usina de açúcar e álcool no município; e na produção de equipamentos de proteção individual (EPI), como luvas, aventais e outros, feitos em raspa de couro. Possui um grande número de curtumes e fábricas de luvas. Daí ser considerada a Capital da Luva de Raspa.

Igreja Católica[editar | editar código-fonte]

A igreja Matriz de São João Batista, em Bocaina, é depositária de 13 telas sacras do pintor Benedito Calixto de Jesus. Natural de Itanhaém (1853-1927), Calixto pintou as telas de Bocaina em 1924 e 1925, consta que foram seus últimos trabalhos. As telas foram recentemente restauradas e estão tombadas pelo Patrimônio Histórico do Estado de São Paulo.

O município pertence à Diocese de São Carlos.

Padroeiro[editar | editar código-fonte]

Em junho Bocaina festeja o seu padroeiro, São João Batista. Na noite de 23 para o dia 24 de junho, à meia noite , devotos passam descalços sobre o braseiro de uma grande fogueira, atualmente acesa em frente da Igreja Matriz. A grande maioria não queima os pés, por conta da fé no santo, dizem os devotos. A Festa de São João começa em meados de junho e termina em meados de julho. É uma das mais tradicionais festas juninas do interior paulista, contando com diversas atrações: bar e restaurante da festa, com apresentações musicais de artistas da região, diversas barracas com comidas e bebidas típicas (vale a pena provar o quentão e o vinho quente), jogo de argola, tiro ao alvo, parque com brinquedos para a criançada, barraca de artesanato, para venda artigos doados pela população e utilizados para enfeitar a rua para a Procissão de Corpus Christi, tradicional Leilão de Gado, na manhã do último domingo da festa, com distribuição gratuita de caipirinha, quando também é leiloada a tradicional leitoa recheada, que rende uma bom dinheiro para a festa, graças à disputa ferrenha entre os participantes, cada qual oferecendo um "lance" mais alto que o outro. Algumas vezes, a pessoa que arrematou a leitoa disponibiliza a "prenda" novamente para o leilão, com o intuito de aumentar a renda da festa.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Na variante do português usado ainda hoje em Bocaina, porém com mais frequência até a década de 70 do século XX, a tampinha metálica de garrafas de bebidas era chamada de bilim. Trata-se de um neologismo oriundo da própria cidade, é vocábulo onomatopeico, ou seja, criado a partir de uma onomatopeia, referente ao som da tampinha ao cair no chão.
  • Por cerca de 20 anos, até o início da década de 1990, a caipirinha do Leilão de Gado da Tradicional Festa de São João Batista era preparada pelo seleiro Alcyr Vinício de Freitas, popularmente conhecido como "Darcy Seleiro", que morava defronte a praça. Sua esposa, Luzia de Campos Freitas, que ainda vive e reside no mesmo local, era responsável pelo preparo do delicioso "quentão" vendido na barraca da Igreja. Seu Alcyr era um conhecedor e apreciador de cachaça, embora consumisse a bebida moderadamente, gostava de colecionar exemplares que considerava de boa qualidade, acondicionando em demejanas, misturando a ingredientes os mais variados, como sucupira, e deixando envelhecer, para oferecer ao frequeses e amigos que o visitavam na Selaria Freitas, para uma boa conversa, embalada por cálices da bebida, apreciada por muitos.
  • Todo dia 1º de maio, dia do trabalho, acontece a "Alvorada", tradição de mais de 100 anos, trazida pelos colonos italianos. Vários músicos de reúnem e a Banda Carlos Gomes sai pelas ruas da cidade, de manhã bem cedo, acordando os munícipes, ao som de tradicionais cantigas, como o Hino do Trabalhador, de origem italiana, marchinhas, dobrados. Algumas famílias oferecem café da manhã à banda e seus seguidores, no decorrer do trajeto, que hoje é feito de ônibus, porque a cidade cresceu.
Serra da Bocaina - Pousada da Terra

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2014 Censo Populacional 2014 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Visitado em 22 de janeiro de 2015.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]