Bom Jesus das Selvas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Bom Jesus das Selvas - MA
  Município do Brasil  
Vista de Bom Jesus das Selvas do alto da torre de transmissão
Vista de Bom Jesus das Selvas do alto da torre de transmissão
Símbolos
Bandeira de Bom Jesus das Selvas - MA
Bandeira
Brasão de armas de Bom Jesus das Selvas - MA
Brasão de armas
Hino
Lema Cidade que Deus abençoou
Gentílico bonjesuense
Localização
Localização de Bom Jesus das Selvas - MA no/em Maranhao
Localização de Bom Jesus das Selvas - MA no/em Maranhao
Bom Jesus das Selvas - MA está localizado em: Brasil
Bom Jesus das Selvas - MA
Localização de Bom Jesus das Selvas - MA no Brasil
Mapa de Bom Jesus das Selvas - MA
Coordenadas 4° 25' 12" S 46° 45' 54" O
País Brasil
Unidade federativa {{{1}}}
Municípios limítrofes Açailândia, Buriticupu, Amarante do Maranhão e Bom Jardim
Distância até a capital 465 km
História
Fundação 19 de junho de 1994 (28 anos)
Administração
Prefeito(a) Luís Fernando Lopes Coelho (PDT, 2021 – 2024)
Vereadores 13 vereadores
Características geográficas
Área total [1] 2 679,074 km²
População total (est. IBGE/2020[2]) 34 567 hab.
Densidade 12,9 hab./km²
Clima Tropical
Altitude 217 metros de altitude m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 65395-000
Indicadores
IDH (PNUD/2000[3]) 0,58 baixo
Gini (2010) 0,6659
PIB (IBGE/2018[4]) R$ 290 151,95 mil
PIB per capita (IBGE/2018[4]) R$ 8,666,68 R$
Sítio bomjesusdasselvas.ma.gov.br (Prefeitura)
http://cmbomjesusdasselvas.ma.gov.br/ (Câmara)

Bom Jesus das Selvas é um município brasileiro do estado do Maranhão. Localiza-se a 465 km de São Luis, capital do Estado. Sua população estimada em 2019 foi de 34.028 habitantes, segundo o IBGE. Dada sua localização privilegiada na planície, em terras altas da Amazônia Oriental, oferece a natureza aos seus moradores um espetáculo de indivisível beleza do dia “A aurora com sol nascente e o por do sol”.

O município tem 92 povoados, possuindo uma área de 2.679,074 km², situada à margem direita do Rio Pindaré. Ao norte, limita-se com o município de Bom Jardim, ao sul com município Amarante do Maranhão, ao leste com o município de Buriticupu e ao oeste com o município de Açailândia. O relevo é formado na planície, em terras altas da Amazônia Oriental. Seu clima é quente úmido e sua temperatura, cerca de 36 °C.

A vegetação é formada por floresta tropical úmida.

É cortado pela BR 222 e pela Estrada de Ferro Carajás [5] e tem o Pindaré como seu principal rio.

Bonjesuenses Famosos[editar | editar código-fonte]

 • Carlos Vinícius[6], futebolista brasileiro.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

Os bairros do municipio são: Centro, Imperial, Nova Bom Jesus, Residencial JK, Vila davi, Vila Roseana, Vila sabry, alem de contar com 92 povoados.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O primeiro nome ficou conhecido por km 100, nome originado devido à distância quilométrica até o município de Açailândia-MA, local onde se encontra a BR 010, conhecida como Belém Brasília e onde inicia-se a BR 222, a qual beneficia o município bonjesuense. O km 100 pertencia ao município de Santa Luzia do Tide.

Posteriormente, a cidade recebeu a imagem de Bom Jesus, que foi colocada na capela onde os padres Dário e Afonso de Santa Luzia-MA celebraram as primeiras missas. Com a emancipação do povoado km 100, escolheram o nome da cidade unindo BOM JESUS por ter sido o primeiro santo da comunidade e DAS SELVAS por ter existido muitas matas.

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Os símbolos do município de Bom Jesus das Selvas, reúnem através das cores e figuras, a sua história de formas simples e significativas. Tanto a Bandeira como o Brasão, exigiu a opinião publica, para que a história não fosse fragmentada e depois contestada.

A Bandeira[editar | editar código-fonte]

A Bandeira do município foi criada em 21 de junho de 2002, tendo como criador Francisco de Assis Carneiro, trazendo as cores: Verde, Vermelha, Azul e Branco.

Verde: representa a esperança do povo por dias melhores. Que hoje não é mais o mesmo, por causa da agressão humana ao meio ambiente.
Vermelha: Não representa a guerra, mas a luta e o amor deste povo pela sua terra.
Azul: representa a fé do povo e o céu, que proporcionam beleza e admiração a todos que aqui chegam.
Branco: Representa a paz, a pureza de um povo simples mais determinado pelo o que almeja.

Brasão[editar | editar código-fonte]

As cores representadas apresentam os mesmos significados das contidas na bandeira, então o que vai nos interessar, é o significado da onça, da árvore e do livro.

Onça: representa a fauna bonjesuense;

Livro: representa a sabedoria do povo ao escolher e decidir seu futuro;

Árvore: representa as matas o verde que embeleza nossa paisagem natural;

Estrela: representa o município unido e indivisível.

Hino[editar | editar código-fonte]

O Hino Municipal foi escolhido através de uma Gincana Cultural, realizada pela Prefeitura Municipal de Bom Jesus das Selvas, no mandato de Luís Sabry Azar em 2001, as equipes teriam que fazer um hino referente à cidade de Bom Jesus das Selvas, a equipe que fizesse o melhor hino venceria a prova e o hino tornar-se-ia oficial do município. O hino escolhido tem como autor e compositor Daniel dos Santos Pinto.

História[editar | editar código-fonte]

Município surgiu na década de 1970, período em que as terras do Maranhão eram exploradas principalmente por forasteiros emigrantes de outras localidades do Brasil.


Nos anos 70, esta região no estado do Maranhão havia muitas terras devolutas; por não existir estradas, a região era de difícil acesso, tornando difícil a sobrevivência nessa região, porém a ganância pela terra trazia famílias das mais diversas regiões do país, causando desentendimento e até brigas.

Tendo em vista que km 100 pertencia ao município de Santa Luzia-MA, o povo elegeu o primeiro vereador Geraldo Antonio de Sousa, o mesmo representava o povoado km 100, no município de Santa Luzia. Depois foram escolhidos dois vereadores para representante o povoado km 100, Luís Sabry Azar e Aldo Pereira da Silva, um era do Partido PFL e o outro do PMDB hoje conhecido com MDB, respectivamente.

Foto aérea de Bom Jesus Das Selvas-MA

O acesso ao município, era feito através de animais que se valia de uma pequena estrada no meio das matas, que simplesmente desenhava a paisagem do Vale do Pindaré. Os primeiros moradores chegaram em 1970, vindo da região de Imperatriz, sendo que a família já era emigrante de Caxias; aqui chegou o Senhor Neco e toda sua família.

Em 1973, chegaram à segunda família, para trabalhar nas terras do Senhor Neco, ambos da região de Imperatriz – MA. Alguns meses depois, chegou o Pastor Arnaldo, o farmacêutico Senhor Abdias, trazendo o primeiro sinal do comércio regional. Nesse período foi constituído o primeiro barraco do Senhor Edno, barraco que deu origem a Avenida 7 de Setembro e fazendeiros da região não queriam que os moradores construíssem a fim de evitar a povoação, então inicia-se o primeiro conflito da região.

O povoado km 100 tinha como rua principal a Avenida 7 de Setembro, onde situava a estrutura comercial, os ônibus percorriam toda Avenida e tinha como ponto de apoio o Hotel Central, no início da Avenida, os comércios de destaques eram a Casa Simões, Mercadinho Bom Preço e Casa Dois Irmãos que era do ex-vereador Aldo, eleito posteriormente. Nessa época o único meio de comunicação era o transporte, que trazia as cartas e encomendas, as mesmas ficavam na casa do vereador Geraldo Antonio de Sousa; entre outras, a água era a maior dificuldade enfrentava na época.

A primeira comunicação de Bom Jesus das Selvas, era feita por altos falantes, no qual o locutor era João Mendes Sobrinho, que se localizava no Clube de João Sulino em 1978, em seguida veio Apolônio que tinha um sistema de filme, depois veio Rocha com o Cine-Santo.

Em 1983, período que km 100 pertencia ao município de Santa Luzia, o prefeito da mesma Antônio Braide, construiu a primeira escola, chamada Unidade Integrada de 1º grau Profº Humberto de Campos, situada na Rua das Macieiras.

Em 1985 veio o primeiro sistema de televisão que se localizava na Rodominas, no qual os dirigentes eram: Doutor Rubens, Doutor Hélio e Édio, com ajuda da população. No mesmo ano, a cidade passa a ser cortada por uma ferrovia, a Estrada de Ferro Carajás, pertencente a então Companhia Vale do Rio Doce (atual Vale) para o transporte de minérios da Serra dos Carajás rumo ao Porto do Itaqui, na capital São Luís.

Em 1986, foi inaugurado o primeiro Posto Telefônico em Bom Jesus das Selvas, chamada TELMA, a mesma localizava-se na Rua dos Jambeiros esquina com a Rua Barra do Corda. No ano 2000 foi instalado a rede telefônica residencial, que beneficiou vários comerciantes e usuários da mesma.

Em junho de 1987, a cidade de Bom Jesus das Selvas foi beneficiada com energia elétrica, pela CEMAR – Companhia Energética do Maranhão, hoje conhecida como Equatorial Maranhão.

Em 1987, surgiu o segundo sistema de televisão que se localizava na sede, antigo km 100, município de Santa Luzia, que era administrado pelo o Prefeito Antonio Braide, que sintonizava 2 canais de TV, Rede Globo e Bandeirantes. Surgiu Rádios Piratas, como a de Irineu. O primeiro técnico da assistência era o Raimundo Fia nos anos 87 e 90, e depois assumiu o João Batista Araújo de Sousa (Joãozinho Batista) de 1990 a 1994.

Em maio de 1993, após o início do transporte de passageiros na Estrada de Ferro Carajás sete anos antes em 1986, a cidade ganha sua primeira estação ferroviária, a Estação Nova Vida. Embora um pouco distante de seu centro urbano, a estação passa a fazer a ligação da cidade com a capital maranhense e com as cidades de Parauapebas e Marabá, no estado do Pará. Desde sua inauguração, a estação recebe um fluxo intenso de passageiros, por se tratar de um transporte mais seguro e mais barato que a opção rodoviária. [7][8]

O município de Bom Jesus das Selvas foi emancipado em 19 de junho de 1994, no entanto foi elevada a categoria de cidade pela Lei Estadual nº 6.166, somente em 10 de novembro de 1994, ficando subordinada a Comarca de Santa Luzia. Desde então, o município teve um crescimento lento, mas rumo ao progresso, foi marcado pelo descaso e violento compromisso a coisa pública, mesmo assim seu povo é valente, guerreiro sabe lutar e escolher seu destino, a história tem a marca do povo e seus filhos, fortes, trabalhadores conscientes.

Nesse mesmo ano, nas eleições para governador estadual, o Padre José de Ribamar Silva Morais Filho, apoiou à candidata para governadora Roseana Sarney, com intuito de conseguir que a mesma o ajudasse com recursos, os quais beneficiariam os moradores com água encanada.

Em 1996, foi realizada a primeira eleição para a escolha do prefeito municipal de Bom Jesus das Selvas, onde os candidatos: Pe. José de Ribamar Silva Moraes Filho e Luís Sabry Azar, concorreram ao cargo político. Vencendo as eleições o Pe. José de Ribamar Silva Moraes Filho e vice o Pastor Pedro Fernandes Silva.

Em 1998, o prefeito Pe. José de Ribamar, colocou calçamento (lajotas) em parte da Rua dos Jambeiros, empregando pessoas para que fizessem os lajotas para o calçamento.

Em abril de 1998, tendo em vista que, o Pe. José de Ribamar teve seu mandato cassado, o vice-prefeito Pastor Pedro Fernandes Silva assumiu a prefeitura, no entanto o mesmo também foi cassado, ficando a prefeitura a mercê do presidente da Câmara de Vereadores Marcos David Gomes de Oliveira, até o final do mandato.

Em 1998, com a fundação da Rádio Liberdade FM, com os frutos de uma associação de amigos tendo frente de Cláudio Joel da Silva Côites, que via a rádio como uma forma de integração social em um município que vivia uma difícil fase política administrativa, a Rádio Liberdade FM, chegava às diversas comunidades do município de Bom Jesus das Selvas e também nos interiores dos seguintes municípios: Açailândia, Buriticupu, Bom Jardim e Itinga.

Em 1999, o prefeito Marcos David Gomes de Oliveira asfaltou parte de algumas ruas, como: Rua dos Jambeiros, Rua Icatu, Travessa das Pereiras, Rua Porto Franco, Avenida 7 de Setembro, Avenida JK, Rua das Mangueiras, Rua das Macieiras, Travessa Rio Azul e Travessa São João. Nesse mesmo ano, concorreram ao cargo de prefeito Luís Sabry Azar, Ieda Figueiredo e Ananias Barbosa.

Venceu as eleições Luís Sabry Azar e o seu vice Escineu Carvalhedo Bizerra.

Em 2004, Maria de Sousa Lira, professora, disputou a eleição para prefeita, com o Luís Sabry Azar, candidato a reeleição de Bom Jesus das Selvas. Vencendo as eleições a Maria de Sousa Lira, vice Cláudio Joel da Silva Côites.

Na eleição posterior Luís Sabry Azar venceu, assumindo assim a prefeitura municipal.

Em 2012, Cristiane Damião venceu as eleições municipais, tendo como vice Abdala Filho, assumindo assim em janeiro de 2013 a Prefeitura Municipal de Bom Jesus das Selvas - MA.

Em 2016, Fernando Coelho vence a eleição e assume o poder em 2017.

Em 2020, Fernando Coelho se reelegeu e continua no poder em 2021.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia de Bom Jesus das Selvas é movimentada principalmente pela agricultura. Outras bases econômicas locais são o comércio e o serviço público, caracterizando-se como um município promissor e com enorme potencial de desenvolvimento.[9][1]

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Estimativa Populacional de 2019». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 20 de dezembro de 2019 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Nova Vida -- Estações Ferroviárias do Estado do Maranhão». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 31 de julho de 2020 
  6. «Carlos Vinícius: Da estreia no profissional pela Caldense à sensação na Europa». Porta da Cidade 
  7. «Locais de venda de passagens para o trem São Luís - Parauapebas | Estrada de Ferro Carajás». vfco.brazilia.jor.br. Consultado em 31 de julho de 2020 
  8. «Nova Vida -- Estações Ferroviárias do Estado do Maranhão». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 31 de julho de 2020 
  9. Filho, José Rodrigues de Oliveira; Câmara, Rosélis de Jesus Barbosa. «Trilha Pau na Fumaça: a influência econômica em Bom Jesus das Selvas - MA». Trilha Pau na Fumaça: a influência econômica em Bom Jesus das Selvas - MA: 1–388–416. doi:10.22533/at.ed.17019080521. Consultado em 29 de janeiro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.