Boteco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Boteco

Boteco (buteco) ou botequim são termos oriundos do português de Portugal botica, e do espanhol da Espanha bodega, que por sua vez derivam do grego apothéke, que significa depósito, casa de bebidas ou loja em que se vendiam gêneros a retalho.1 .

Em Portugal a botica era um depósito, ou loja onde se vendiam mantimentos e miudezas, mesmo significado se atribui à bodega espanhola.

Cultura[editar | editar código-fonte]

[[:Imagem:|Conversa de botequim]]

[[Imagem:|150px|noicon]]

A cultura do botequim é parte integrante da cultura do samba e do choro no Rio de Janeiro; Samba "Conversa de botequim", Gravação de 1935 por Noel Rosa.

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.

No Brasil, o boteco (buteco), ou botequim, ficou tradicionalmente conhecido como um lugar onde se comercializa bebidas alcoólicas, servindo de encontro entre "boêmios", onde se procura uma boa bebida, petiscos baratos e uma conversa sem compromisso.

Em Belo Horizonte, nacionalmente conhecida como a "capital nacional do boteco", existem cerca de 12 000 estabelecimentos, mais bares per capita do que qualquer outra cidade do mundo.2

O Mercado Central de Belo Horizonte aglomera vários exemplos dos tradicionais botecos da capital mineira, com famosos "tira-gostos" (assim denominadas as iguarias do gênero alimentício oriundas do estabelecimento) que fazem deste um dos pontos de parada obrigatória para aqueles que pretendem conhecer o boteco tradicional.3

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Ilustração do Chouriço.

Em várias cidades Brasileiras, os botecos mais simples - e que frequentemente parecem pecar por condições sanitárias duvidosas, são chamados de "copo-sujo" ou "pé-sujo", além dos diminutivos botequim (ou butiquim).

Ilustração do Jiló .

Dentre as iguarias mais peculiares dos botecos, podemos citar o tradicional fígado acebolado, o chouriço apimentado ou o jiló frito, acompanhados pela cerveja, o chope, a caipirinha ou a famosa cachaça.

Existe inclusive uma famosa e concorrida disputa entre os botecos de Belo Horizonte para eleger quem possui a melhor e mais tradicional comida de boteco. Este festival chama-se Comida di Buteco e foi criado em 1999 pelo gastrônomo Eduardo Maya.4 Da capital mineira, espalhou-se por outras capitais e cidades do interior.

Bebidas Típicas[editar | editar código-fonte]

Expressões Usuais[editar | editar código-fonte]

Saideira: Expressão comumente utilizada em referência à última bebida que se pretende tomar, como em um ritual de despedida do estabelecimento;

Desce mais uma!: Expressão comumente utilizada para solicitar ao atendente uma nova dose de bebida;

Mais uma rodada!: Expressão comumente utilizada para solicitar ao atendente uma nova dose de bebida, para um cliente e seus respectivos acompanhantes;

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre entretenimento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.