Brandon Moreno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Brandon Moreno
Brandon Moreno February 2021.jpg
Informações
Nascimento 7 de dezembro de 1993 (29 anos)
Tijuana, Baja California, México
Nacionalidade mexicano
Outros nomes The Assassin Baby
Altura 1,70 m
Peso 57 kg
Divisão Peso-mosca
Envergadura 178 cm
Luta por Tijuana, Baja California, México
Organização(ões) UFC
Equipe Entram Gym
Graduação      Faixa preta em jiu-jítsu brasileiro
Período em
atividade
2011–presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 26
Vitórias 19
Por nocaute 3
Por finalização 11
Por decisão 5
Derrotas 5
Por decisão 5
Empates 2
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
editar

Brandon Moreno (Tijuana, 7 de dezembro de 1993) é um lutador de artes marciais mistas (MMA) do México, que compete como peso-mosca no Ultimate Fighting Championship. Foi campeão peso-mosca do WFF e ex campeão do peso-mosca do UFC.

Começo[editar | editar código-fonte]

Moreno nasceu e cresceu em Tijuana, Baja California, e começou a treinar MMA aos 12 anos. Sempre manteve-se na mesma academia, a Entram Gym. Antes de começar sua carreira no MMA, ele trabalhava fazendo pinhatas.[1]

MMA[editar | editar código-fonte]

Moreno começou a lutar em 2011, e venceu sua estreia no MMA profissional por finalização no primeiro round. Moreno então compilou um cartel de 2-1 na promoção mexicana Ultimate Warrior Challenge Mexico, com as duas vitórias por finalização. Moreno fez uma luta no Pandemonium, em Riverside, e perdeu por decisão unânime. Após fazer outras três lutas em duas outras organizações americanas, ele foi recontratado pelo Pandemonium.[2]

Recontratação no Pandemonium[editar | editar código-fonte]

A primeira luta na segunda passagem pelo Pandemonium foi contra Jason Carbajal, em 23 de março de 2013, no Pandemonium 8, em Pomona, Califórnia. Moreno mostrou um bom kickboxing durante toda a luta e nocauteou Carbajal no terceiro round.[3]

Moreno venceu Paul Amaro com uma finalização no segundo round, em 26 de julho de 2013, no Pandemonium 9. Moreno mostrou agressividade no chão e finalizou Amaro com um mata-leão.[4]

World Fighting Federation[editar | editar código-fonte]

Em 28 de junho de 2014, Moreno estreou no World Fighting Federation. O mexicano enfrentou o americano Alex Contreras, no WFF 14. Ele utilizou as quedas e o jiu-jitsu, controlando Contreras durante o combate, e venceu por finalização no terceiro round.[5]

Cinturão dos pesos-moscas do WFF[editar | editar código-fonte]

Moreno enfrentou CJ Soliven, em 20 de Setembro de 2014, no WFF 16, valendo o cinturão peso-mosca vago do WFF. Ele não deu chances ao adversário e venceu por finalização em menos de um minuto de combate.[6]

Em sua primeira defesa de cinturão, enfrentou Matt Betzold, em 7 de fevereiro de 2015, no WFF 18. Azarão no combate, Moreno surpreendeu o desafiante e venceu por decisão unânime.[7]

Moreno defendeu seu cinturão contra o ex-lutador do Bellator, Tyler Bialecki, em 25 de Julho de 2015, no WFF 22. Moreno confirmou seu favoritismo e finalizou Bialecki ainda no primeiro round.[8]

Moreno defendeu seu cinturão contra o americano Isaac Camarillo, em 16 de Abril de 2016, no WFF 27. Ele venceu a luta com um mata-leão na primeira metade do primeiro round, e vagou o título para participar do The Ultimate Fighter: Tournament of Champions.[9]

The Ultimate Fighter 24[editar | editar código-fonte]

Em 11 de maio de 2016, o UFC anunciou que os 16 concorrentes para a temporada deste TUF seria composta de lutadores campeões peso-mosca de diversas organizações em todo o mundo, com o vencedor sendo esperado para ter uma chance de lutar pelo Cinturão Peso Mosca do UFC. O elenco foi anunciado em 20 de julho. Os treinadores para a temporada foram os ex-desafiantes ao cinturão peso-mosca, Joseph Benavidez e Henry Cejudo, e Moreno era do Team Benavidez.[10][11]

Ele foi classificado em #16 no Team Benavidez, e fez sua primeira luta contra o #1 do Team Cejudo, Alexandre Pantoja. Os dois chegaram a interagir dentro da casa, mesmo com Moreno falando espanhol e Pantoja português, a semelhança entre as línguas facilitava a comunicação. Moreno é amigo de Cejudo, e não gostava do fato dele ser o treinador de seu adversário. Na luta, Alexandre Pantoja derrotou Brandon Moreno por finalização (mata-leão) no segundo round. Com essa derrota já nas eliminatórias, Moreno foi excluído do reality show.[12][13]

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Mesmo tendo uma performance aquém das expectativas no TUF 24, o UFC deu-lhe uma chance. Brandon Moreno aceitou enfrentar Louis Smolka poucos dias antes do evento, substituindo Sergio Pettis, no UFC Fight Night: Lineker vs. Dodson, em 1 de outubro de 2016, pelo peso-mosca (até 57kg). Com apenas 22 anos, teve a missão de encarar um rival que vinha de quatro vitórias seguidas. Mas, em apenas 2m23s de confronto, ele finalizou com uma guilhotina e mostrou o motivo de seu apelido ser "Bebê Assassino". A vitória também lhe rendeu um prêmio de Performance da Noite.[14][15]

Em sua segunda luta no UFC, Moreno enfrentou Ryan Benoit em 3 de dezembro de 2016 no The Ultimate Fighter 24 Finale. Ele venceu por decisão dividida.

Moreno enfrentou Dustin Ortiz em 22 de abril de 2017 no UFC Fight Night: Swanson vs. Lobov. Ele venceu por finalização com um mata-leão aos 4m06s do segundo round e ganhou o prêmio de Performance da Noite.

Apos perder a ultima luta da trilogia contra Deiveson “Deus da guerra” Figueiredo entreou em disputa pelo cinturão interino no UFC Peña vs Nunes II.

Brandon “Bebê assassino” Moreno conquistou uma linda vitória ao nocautear Kai Kara France com uma bicuda na barriga que embaçou o adversário.

Campeonatos e realizações[editar | editar código-fonte]

Artes Marciais Misturadas[editar | editar código-fonte]

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 21-6-2 Brasil Deiveson Figueiredo Nocaute Técnico (interrupção médica) UFC 283: Teixeira vs. Hill 21/01/2023 3 5:00 Brasil Rio de Janeiro Ganhou e unificou o Cinturão Peso Mosca do UFC.
Vitória 20-6-2 Nova Zelândia Kai Kara-France Nocaute Técnico (chute no corpo e socos) UFC 277: Peña vs. Nunes 2 30/07/2022 3 4:34 Estados Unidos Dallas, Texas Ganhou o Cinturão Peso Mosca Interino do UFC; Luta da Noite.
Derrota 19-6-2 Brasil Deiveson Figueiredo Decisão (unânime) UFC 270: Ngannou vs. Gane 22/01/2022 5 5:00 Estados Unidos Anaheim, California Perdeu o Cinturão Peso Mosca do UFC; Luta da Noite.
Vitória 19-5-2 Brasil Deiveson Figueiredo Finalização (mata leão) UFC 263: Adesanya vs. Vettori 2 12/06/2021 3 2:26 Estados Unidos Glendale, Arizona Ganhou o Cinturão Peso Mosca do UFC.
Empate 18-5-2 Brasil Deiveson Figueiredo Empate (majoritário) UFC 256: Figueiredo vs. Moreno 12/12/2020 5 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Pelo Cinturão Peso Mosca do UFC; Luta da Noite.
Vitória 18-5-1 Estados Unidos Brandon Royval Nocaute Técnico (socos) UFC 255: Figueiredo vs. Perez 21/11/2020 1 4:59 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 17-5-1 Brasil Jussier Formiga Decisão (unânime) UFC Fight Night: Lee vs. Oliveira 14/03/2020 3 5:00 Brasil Brasília
Vitória 16-5-1 Nova Zelândia Kai Kara-France Decisão (unânime) UFC 245: Usman vs. Covington 14/12/2019 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Empate 15-5-1 Rússia Askar Askarov Empate (dividido) UFC Fight Night: Rodríguez vs. Stephens 21/09/2019 3 5:00 México Cidade do México Retorno ao UFC.
Vitória 15-5 Cuba Maikel Pérez Nocaute Técnico (socos) LFA 69 07/06/2019 4 1:54 Estados Unidos Califórnia Ganhou o Cinturão Peso Mosca do LFA.
Derrota 14-5 Brasil Alexandre Pantoja Decisão (unânime) UFC Fight Night: Maia vs. Usman 27/05/2018 3 5:00 Chile Santiago
Derrota 14-4 Estados Unidos Sergio Pettis Decisão (unânime) UFC Fight Night: Pettis vs. Moreno 05/08/2017 5 5:00 México Cidade do México
Vitória 14-3 Estados Unidos Dustin Ortiz Finalização (mata leão) UFC Fight Night: Swanson vs. Lobov 22/04/2017 2 4:06 Estados Unidos Nashville, Tennessee Performance da Noite.
Vitória 13-3 Estados Unidos Ryan Benoit Decisão (dividida) The Ultimate Fighter 24 Finale 03/12/2016 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 12-3 Estados Unidos Louis Smolka Finalização (guilhotina) UFC Fight Night: Lineker vs. Dodson 01/10/2016 1 2:23 Estados Unidos Portland, Oregon Estreia no UFC; Performance da Noite.
Vitória 11-3 Estados Unidos Isaac Camarillo Finalização (mata leão) WFF - World Fighting Federation 27 16/04/2016 1 1:53 Estados Unidos Tucson, Arizona Defendeu o Cinturão Peso Mosca do WFF; Depois vagou o cinturão.
Vitória 10-3 Estados Unidos Tyler Bialecki Finalização (mata leão) WFF - World Fighting Federation 22 25/07/2015 1 3:09 Estados Unidos Tucson, Arizona Defendeu o Cinturão Peso Mosca do WFF.
Vitória 9-3 Estados Unidos Matt Betzold Decisão (unânime) WFF - World Fighting Federation 18 07/02/2015 3 5:00 Estados Unidos Chandler, Arizona Defendeu o Cinturão Peso Mosca do WFF.
Vitória 8-3 Filipinas C.J. Soliven Finalização (mata leão) WFF - World Fighting Federation 16 20/09/2014 1 0:58 Estados Unidos Chandler, Arizona Ganhou o Cinturão Peso Mosca Vago do WFF.
Vitória 7-3 Estados Unidos Alex Contreras Finalização (triângulo) WFF - World Fighting Federation 14 28/06/2014 3 1:04 Estados Unidos Chandler, Arizona Luta no Peso Galo.
Vitória 6-3 Estados Unidos Paul Amaro Finalização (mata leão) MEZ Sports - Pandemonium 9 26/07/2013 2 3:01 Estados Unidos Mission Viejo, Califórnia
Vitória 5-3 Estados Unidos Jason Carbajal Nocaute Técnico (socos) MEZ Sports - Pandemonium 8 23/03/2013 3 1:52 Estados Unidos Pomona, Califórnia
Vitória 4-3 Estados Unidos Jesse Cruz Decisão (dividida) Xplode Fight Series - Anarchy 22/09/2012 3 5:00 Estados Unidos Valley Center, Califórnia
Derrota 3-3 Estados Unidos Brenson Hansen Decisão (unânime) CITC 11 - Xtreme Couture vs. Southern California 28/07/2012 3 3:00 Estados Unidos Lancaster, Califórnia
Vitória 3-2 Estados Unidos Jonathan Carter Finalização (chave de braço) Xplode Fight Series - Hunted 19/05/2012 1 1:15 Estados Unidos Valley Center, Califórnia
Derrota 2-2 Estados Unidos Ron Scolesdang Decisão (unânime) MEZ Sports - Pandemonium 6 03/03/2012 3 3:00 Estados Unidos Riverside, Califórnia
Vitória 2-1 Estados Unidos Luis Garcia Finalização (chave de braço) UWC Mexico - New Blood 1 29/01/2012 1 2:21 México Tijuana
Derrota 1-1 México Marco Beristain Decisão (unânime) UWC Mexico 10 - To The Edge 25/06/2011 3 5:00 México Tijuana
Vitória 1-0 Estados Unidos Atiq Jihad Finalização (mata leão) UWC Mexico 9.5 - Iguana 30/04/2011 1 2:30 México Tijuana

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]