Bryan Caplan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bryan Caplan
Nascimento 8 de abril de 1971 (47 anos)
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade de Princeton, Universidade da Califórnia em Berkeley
Ocupação economista, professor universitário
Empregador Universidade George Mason
Religião ateísmo
Página oficial
http://bcaplan.com/

Bryan Caplan (1971) é um professor de economia na George Mason University. Seu trabalho profissional tem sido dedicado à filosofia do libertarianismo, do livre mercado e do anarcocapitalismo. Ele é um blogueiro do EconLog junto com Arnold Kling e ocasionalmente é blogueiro convidado no Marginal Revolution, blog de seus colegas da George Mason, Tyler Cowen e Alex Tabarrok. Ele é um professor adjunto no Cato Institute.

Atualmente, seu principal interesse de pesquisa é sobre economia pública. Ele tem criticado os pressupostos dos eleitores racionais, que tem sido a base para a teoria da escolha pública, mas em geral concorda com suas conclusões baseadas em seu modelo de "irracionalidade racional". Caplan, há algum tempo, tem criticado a eficácia dos modelos de eleitor popular numa série de intercâmbios com Donald Wittman, publicadas pelo Econ Journal Watch. Caplan delineia várias objeções contra a ciência política popular e a economia da escola pública[1][2][3][4]. Ele compilou suas ideias sobre o tema no livro The Myth of Rational Voter: Why Democracies Choose Bad Policies[5].

Ele mantém um site no qual inclui uma seção de conteúdo anticomunista, denominada "Museu do Comunismo" e dedicada ao que ele denomina a "grande tragédia do comunismo"[6] .

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Bryan Caplan
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.