Cabo Verde nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cabo Verde nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Comité Olímpico Nacional
Código do COI CPV
Nome Comité Olímpico Cabo-verdiano
Sítio oficial (em português)
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Organizador Rio de Janeiro, Brasil
Competidores 5 em 4 modalidades
Porta-bandeira Maria Andrade (abertura)[1]
Medalhas
Pos.
n/d
Medalha de ouro
0
Medalha de prata
0
Medalha de bronze
0
Total de medalhas
0
Participações nos Jogos Olímpicos
Verão 199620002004200820122016

Cabo Verde é uma das nações participantes nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro (Brasil), entre 5 e 21 de Agosto.[2][3] Vai ser a maior comitiva de sempre do país.[4]

Atletismo[editar | editar código-fonte]

Dois atletas de Cabo Verde (um masculino e uma feminina) conseguiram os mínimos de qualificação e vão participar nos Jogos.[5][6][7]

Legenda
  • Nota – As classificações das provas de pista são apenas dentro da manga em que o atleta competiu
  • Q = Qualificado para a ronda seguinte
  • q = Qualificado em repescagens ou, noas provas de pista, através da posição sem alcançar a marca para a qualificação
  • RN = Recorde nacional
  • N/A = Ronda não existente nessa prova
  • Ise = Atleta isento de competir nessa ronda

Masculino
Pista e estrada
Atleta Prova Heat Semifinal Final
Resultado Classificação Resultado Classificação Resultado Classificação
Jordin Andrade 400 m barreiras
Feminino
Pista e estrada
Atleta Prova Heat Quarterfinal Semifinal Final
Resultado Classificação Resultado Classificação Resultado Classificação Resultado Classificação
Lidiane Lopes 100 m

Boxe[editar | editar código-fonte]

Pela segunda vez na sua história, Cabe Verde conseguiu enviar um lutador de boxe por mérito próprio aos Jogos Olímpicos. É Davilson Morais graças ao Bronze no Campeonato Africano de 2016 e também à vaga rejeitada pela Tunísia para Aymen Trabelsi.[8][9]

Masculino
Atleta Prova 16avos-de-final 8avos-de-final Quartos-de-final Meias-finais Final
Oposição

Resultado

Adversário

Resultado

Adversário

Resultado

Adversário

Resultado

Adversário

Resultado

Classificação
Davilson Morais Peso superpesado Ise Grã-BretanhaGBR Joyce

Ginástica[editar | editar código-fonte]

Rítmica[editar | editar código-fonte]

Um convite no âmbito da Solidariedade Olímpica (Comissão Tripartida) permite a Cabo Verde ter uma participante na ginástica pela terceira vez na história, depois de 2004 e 2008).[10][11]

Atleta Prova Qualificação Final
Arco Bola Maças Fita Total Classificação Arco Bola Maças Fita Total Classificação
Elyane Boal Individual

Taekwondo[editar | editar código-fonte]

Maria "Zezinha" Andrade foi a única atleta cabo-verdiana a qualificar-se para as Olimpíadas no taekwondo, depois de ser medalha de prata na categoria 49 kg no Torneio de Qualificação em Agadir, Marrocos.[12]

Atleta Prova 8avos-de-final Quartos-de-final Semi-finais Repescagem Bronze Medal Final
Adversário

Resultado

Adversário

Resultado

Adversário

Resultado

Adversário

Resultado

Adversário

Resultado

Adversário

Resultado

Classificação
Maria Andrade −49 kg feminino

Referências

  1. Marques, Joe (6 de Agosto de 2016). «Flag bearers of all nations at the opening ceremony for the Rio 2016 Olympic Games» (em inglês). Rio 2016. Consultado em 6 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 4 de Agosto de 2016 
  2. «Países Olímpicos». Rio 2016. Consultado em 5 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 8 de Julho de 2016 
  3. «Moçambique leva seis atletas ao Rio'2016». SAPO. 21 de Julho de 2016. Consultado em 5 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 5 de Agosto de 2016 
  4. «COI atribui wild card à ginasta Elyane Boal e Cabo Verde assegura a maior comitiva de sempre para uns Jogos Olímpicos». Comitê Olímpico Cabo-verdiano. 25 de Abril de 2016. Consultado em 5 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 5 de Agosto de 2016 
  5. «Delegação olímpica de Cabo Verde segue para o Brasil». SAPO. 26 de Julho de 2016. Consultado em 5 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 5 de Agosto de 2016 
  6. «iaaf.org – Top Lists» (em inglês). IAAF. Consultado em 4 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 4 de Agosto de 2016 
  7. «IAAF Games of the XXX Olympiad – Rio 2016 Entry Standards» (PDF) (em inglês). IAAF. Consultado em 4 de Agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 7 de Julho de 2016 
  8. «Cabo-verdiano Davilson Morais qualifica-se para Jogos Olímpicos 2016». SAPO. 18 de Março de 2016. Consultado em 5 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2016 
  9. «AIBA African Olympic Qualification Event» (PDF) (em inglês). AIBA. Fevereiro de 2016. p. 2. Consultado em 5 de Agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 5 de Agosto de 2016 
  10. «Elyane Boal recebe "Wild Card" para Jogos Olímpicos». SAPO. 25 de Abril de 2016. Consultado em 5 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 5 de Agosto de 2016 
  11. «Lists of Rio 2016 qualifiers updated (with Tripartite invitations!) in Artistic, Rhythmic and Trampoline Gymnastics» (em inglês). FIG. 26 de Abril de 2016. Consultado em 5 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 26 de Abril de 2016 
  12. «Taekwondo: Medalha de prata em Marrocos coloca Zézinha Andrade nos Jogos Olímpicos de 2016». SAPO. 7 de Fevereiro de 2016. Consultado em 5 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 5 de Agosto de 2016