Tuvalu nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tuvalu nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Comitê Olímpico Nacional
Código do COI TUV
Nome Associação de Desportos e Comité Olímpico Nacional de Tuvalu
Site www.oceaniasport.com/tuvalu
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Sede Rio de Janeiro, Brasil
Competidores 1 em 1 esporte
Porta-bandeira Etimoni Timuani[1][2]
Medalhas
Pos.
n/d
Medalha de ouro
0
Medalha de prata
0
Medalha de bronze
0
Total de medalhas
0
Participações nos Jogos Olímpicos
Verão

Tuvalu foi uma das nações participantes nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, realizados no Rio de Janeiro, Brasil, entre 5 e 21 de agosto. Esta foi a terceira participação consecutiva do país desde sua estreia nos Jogos Olímpicos de Verão em 2008. A delegação incluiu apenas o velocista de pista e estrada Etimoni Timuani, que também foi o portador da bandeira na Parada das Nações. Ele não avançou após a primeira rodada da prova dos 100 metros masculinos. Tuvalu teve a menor comitiva dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Tuvalu participou de três Jogos Olímpicos de Verão desde sua estreia nos Jogos de 2008 em Pequim, China. Apenas o velocista Etimoni Timuani foi enviado para os Jogos de 2016. Esta foi a menor delegação que o país enviou para uma Olimpíada, sendo a única a contar com apenas um atleta em 2016. Nas duas edições anteriores Tuvalu contou com três participantes.[3] Nenhum tuvaluano ganhou uma medalha em Olimpíadas. Como ele era o único concorrente, Etimoni carregou a bandeira durante a Parada das Nações.[4][5] Ele classificou-se através de uma vaga de universalidade da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF).[4][6]

Atletismo[editar | editar código-fonte]

Etimoni Timuani competiu na prova dos 100 metros masculinos como o único atleta de Tuvalu, cuja delegação foi a única a ser composta por apenas um competidor nos Jogos de 2016.

Tuvalu recebeu uma vaga de universalidade da IAAF para enviar um atleta masculino para os Jogos de 2016.[4][6] Etimoni Timuani, ex-jogador de futebol que se tornou velocista, fez sua estreia em Olimpíadas.[7] No entanto, ele também já tinha participado dos Jogos do Pacífico de 2015 em Papua Nova Guiné e do Campeonato Mundial de Atletismo de 2015 em Pequim.[8][9] Antes do evento, Tufoua Panapa, secretário-assistente do Ministério da Educação de Tuvalu, disse que "somos um dos países mais pequenos. Ele [Timuani] apenas nos torna maiores do que isso", e que "ele nos orgulha". Panapo também comentou que "isso é uma grande motivação para os mais jovens".[9] Timuani terminou em sétimo na prova dos 100 metros com um tempo de 11,81 segundos, não se qualificando para as semifinais.[10]

Legenda
  • Nota – As classificações das provas de pista são apenas dentro da manga em que o atleta competiu
  • Q = Qualificado para a ronda seguinte
  • q = Qualificado em repescagens ou, noas provas de pista, através da posição sem alcançar a marca para a qualificação
  • RN = Recorde nacional
  • N/A = Ronda não existente nessa prova
  • Ise = Atleta isento de competir nessa ronda
Pista e estrada
Atleta Prova Manga Quartas-de-final Semifinal Final
Tempo Classificação Tempo Classificação Tempo Classificação Tempo Classificação
Etimoni Timuani 100 m masculino 11,81[11] Não avançou

Referências

  1. Marques, Joe (6 de agosto de 2016). «Flag bearers of all nations at the opening ceremony for the Rio 2016 Olympic Games» (em inglês). Rio 2016. Consultado em 6 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 4 de Agosto de 2016 
  2. Stewart, Megan. «Conheça as menores delegações dos Jogos Rio 2016». Rio 2016. Consultado em 5 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 5 de Agosto de 2016 
  3. «Olympic History of Tuvalu». Olympics at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 24 de junho de 2016 
  4. a b c Stewart, Megan (28 de julho de 2016). «Table for one? Meet the 10 smallest delegations at Rio 2016» (em inglês). Rio 2016. Consultado em 11 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 21 de setembro de 2016 
  5. «The Underdogs: 15 Olympic Athletes That Could Shock the World». Rolling Stone (em inglês). 5 de agosto de 2016. Consultado em 5 de agosto de 2016 
  6. a b «IAAF Games of the XXX Olympiad – Rio 2016 Entry Standards» (PDF) (em inglês). Associação Internacional de Federações de Atletismo . Consultado em 18 de abril de 2015 
  7. «2015 Pacific Games - Port Moresby, Papua New Guinea». pg2015.gems.pro. Consultado em 12 de fevereiro de 2017 
  8. «100 Metres Men - Preliminary Round» (PDF) (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2017 
  9. a b Maese, Soong, Rick, Kelyn (13 de agosto de 2016). «Only one country sent a single athlete to Rio: 'Right now he's an ambassador'». Washington Post. Consultado em 24 de agosto de 2016 
  10. «Results - Mens 100m - Athletics - Rio 2016 - Olympics». BBC Sport (em inglês). Consultado em 14 de fevereiro de 2017 
  11. «Men's 100m - Standings» (em inglês). Rio 2016. Consultado em 27 de agosto de 2016. Arquivado do original em 26 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]