Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Belize nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Belize nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Comitê Olímpico Nacional
Código do COI BIZ
Nome Associação Olímpica e dos Jogos da Commonwealth de Belize
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Sede Rio de Janeiro, Brasil
Competidores 3 em 2 esportes
Porta-bandeira Brandon Jones (abertura)
Medalhas
Pos.
n/d
Medalha de ouro
0
Medalha de prata
0
Medalha de bronze
0
Total de medalhas
0
Participações nos Jogos Olímpicos
Verão 19761980198419881992199620002004200820122016
Outras participações relacionadas
Honduras BritânicasHBR Honduras Britânicas (1968–1972)

O Belize participou dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, que foram realizados na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil, entre os dias 5 e 21 de agosto de 2016. Foi a décima segunda participação do país nos Jogos Olímpicos, apesar de já ter aparecido em duas edições anteriores sob o nome "Honduras Britânicas", em 1968 na Cidade do México, e em 1972 em Munique. Belize aderiu ao boicote liderado pelos Estados Unidos aos Jogos Olímpicos de Verão de 1980, realizados em Moscou, na Rússia. A delegação para 2016 incluiu dois atletas no atletismo, Brandon Jones e Katy Sealy, além do judoca Renick James. Todos os três atletas fizeram sua estreia olímpica. A Associação Olímpica e dos Jogos da Commonwealth de Belize nomeou o velocista Brandon Jones para carregar a bandeira do país na cerimônia de abertura e na cerimônia de encerramento. Belize, no entanto, ainda não conquistou a sua primeira medalha olímpica.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Belize participou de doze edições dos Jogos Olímpicos de Verão entre a sua estreia nos Jogos Olímpicos de Verão de 1968 na Cidade do México, México, e os Jogos Olímpicos de Verão de 2016 no Rio de Janeiro, Brasil.[1] O maior número de belizenses participantes de qualquer um dos Jogos de Verão foi de 11 nos Jogos Olímpicos de Verão de 1984 em Los Angeles, Estados Unidos.[2] Nenhum belizense havia conquistado uma medalha nas Olimpíadas. Todos os participantes de Belize competiram nos Jogos por meio de convites universais da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) e da Federação Internacional de Judô (IJF).[3] Brandon Jones foi escolhido para ser o portador da bandeira de Belize durante o desfile das nações da cerimônia de abertura e da cerimônia de encerramento.[4][5]

Atletismo[editar | editar código-fonte]

Belize recebeu um convite de universalidade da IAAF para enviar dois atletas (um homem e uma mulher) para as Olimpíadas.[6][3] Isso marcou as estreias olímpicas de Brandon Jones e de Katy Sealy. Jones participou dos 200 m masculino e Sealy dos 100 m com barreiras feminino. Brandon Jones terminou em 8º na bateria com um tempo de 21.49 segundos, alcançando o seu melhor resultado na temporada, mas não sendo o suficiente para ele se classificar para as semifinais.[7] Katy Sealy encerrou em 7ª na sua bateria com um tempo de 15.79 segundos e não conseguiu se classificar para as semifinais. A corredora que encerrou atrás dela, Mulern Jean, foi desqualificada devido à violação da regra 168.7b, que afirma que um competidor não deve "deliberadamente derrubar a qualquer obstáculo".[8][9]

Legenda
  • Nota — As classificações das provas de pista são apenas dentro da bateria na qual o atleta competiu
  • Q = Qualificado/a para a rodada seguinte
  • q = Qualificado/a em repescagens ou, nas provas de pista, através da posição sem alcançar a marca para a qualificação
  • RN = Recorde nacional
  • N/A = Rodada não existente nessa prova
  • Ise = Atleta isento/a de competir nessa ronda
Eventos de pista
Atleta Evento Bateria Semifinal Final
Resultado Pos. Resultado Pos. Resultado Pos.
Brandon Jones 200 m masculino 21.49 8 Não avançou
Katy Sealy 100 m com barreiras feminino 15.79 7 Não avançou

Judô[editar | editar código-fonte]

Belize recebeu um convite de universalidade da Comissão Tripartite para enviar um judoca para competir na categoria de peso médio masculino (até 90 kg) nas Olimpíadas.[6][3] Esta foi a estreia olímpica de Renick James. James não precisou disputar a primeira fase, a rodada de 64, após ter sido dispensado no sorteio. Na sua luta de estreia, na rodada de 32, sofreu um ippon e perdeu por 100-000 diante do atleta Ovini Uera, de Nauru.[10]

Atleta Evento Rodada de 64 Rodada de 32 Rodada de 16 Quartas-de-finais Semifinais Repescagem Final / BM
Oponente
Resultado
Oponente
Resultado
Oponente
Resultado
Oponente
Resultado
Oponente
Resultado
Oponente
Resultado
Oponente
Resultado
Pos.
Renick James Masculino até 90 kg Bye NauruNRU Ovini Uera
D 000–100
Não avançou

Referências

  1. Mallon, Bill; Heijmans, Jeroen (11 de agosto de 2011). Historical Dictionary of the Olympic Movement (em inglês) 4th ed. [S.l.]: Scarecrow Press. 52 páginas. ISBN 9780810875227 
  2. «Olympic History of Belize». Olympics at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de maio de 2017 
  3. a b c «Belizean athletes representing at Rio Olympics 2016». The San Pedro Sun. 12 de agosto de 2016. Consultado em 7 de agosto de 2017 
  4. «The Flagbearers for the Rio 2016 Closing Ceremony» (PDF). International Olympic Committee (em inglês). 21 de agosto de 2016. Consultado em 13 de maio de 2017 
  5. «The Flagbearers for the Rio 2016 Opening Ceremony» (PDF). International Olympic Committee (em inglês). 5 de agosto de 2016. Consultado em 13 de maio de 2017 
  6. a b «Off to The Olympics». 7newsbelize.com. 7 News. 28 de julho de 2016. Consultado em 13 de maio de 2017 
  7. «IAAF: 200 Metres Result». iaaf.org. Consultado em 19 de maio de 2017 
  8. «IAAF: 100 Metres Hurdles Result». iaaf.org. Consultado em 19 de maio de 2017 
  9. «IAAF: Rules & Regulations». iaaf.org. Consultado em 19 de maio de 2017 
  10. «Rio 2016 Judo - Men -90 kg». International Olympic Committee (em inglês). 21 de agosto de 2016. Consultado em 19 de maio de 2017. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]