Canato de Kokand

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
خانات خوقند
Qo'qon Xonligi

Canato de Kokand
Bukhara1600.png
1709 – 1876 Romanov Flag.svg

Bandeira de Kokand

Bandeira

Localização de Kokand
O Canato de Kokand (verde), c. 1850.
Continente Ásia
Região Ásia Central
Capital Kokand
Língua oficial persa[1]
Outros idiomas uzbeque, tajique, cazaque e quirguiz
Religião Allah-green.svg Islão sunita
Governo Monarquia
Rei
 • 1709-1721 Shahrukh Biy
 • 1875-1876 Nasr ad-Din Abdul Karin Khan
História
 • 1709 Fundação
 • 1876 Dissolução
Atualmente parte de  Quirguistão
 Uzbequistão
 Tadjiquistão
 Cazaquistão

O Canato de Kokand ou Koqand (em persa: خانات خوقند; em uzbeque: Qo'qon Xonligi) (17091876) foi um dos três canatos uzbeques criados quando o emir uzbeque Shahrukh de Minglar declarou a independência do Canato de Bucara, estabelecendo um principado na parte ocidental do vale de Fergana. Esse emir construiu uma cidadela para ser capital na pequena localidade de Kokand, aí se iniciando o canato do mesmo nome.

Abrangia os territórios do actual Uzbequistão (leste), Tadjiquistão e Quirguistão. O grande número de povos nómadas quirguizes e cazaques, muito activos sob a soberania do Cazaquistão oriental, converteram-se rapidamente em seus vassalos.

No início do século XIX, Kokand anexou a cidade de Tashkent. Sentindo-se ameaçado por um ataque do Canato de Bukhara, que se preparava para anexar Tashkent, o general russo Mikhail Chernyayev aproveitou a ocasião para dirigir uma ofensiva contra o Canato de Kokand. Depois dos encarniçados combates de 1876 o Império Russo anexou Kokand propiciando desta forma que se abrisse a rota para o resto da Ásia Central.

Referências

  1. Chahryar Adle, Irfan Habib (2003), History of Civilizations of Central Asia: Development in contrast , p.81


Ícone de esboço Este artigo sobre Estado extinto, integrado ao Projeto Estados Extintos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre o Uzbequistão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.