Caucus do Partido Republicano de Iowa em 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Caucus do Partido Republicano de IowaIowa em 2012
 

2008 ← Flag of the United States.svg → 2016


3 de janeiro de 2012
Rick Santorum by Gage Skidmore.jpg Mitt Romney by Gage Skidmore 3.jpg Ron Paul by Gage Skidmore 3 crop.jpg
Candidato Rick Santorum Mitt Romney Ron Paul
Partido Republicano Republicano Republicano
Vencedor em 64 condados 16 condados 16 condados
Votos 29 839 29 805 26 036
Porcentagem 24,56% 24,54% 21,43%
Newt Gingrich by Gage Skidmore 3.jpg Rick Perry by Gage Skidmore 8.jpg Michele Bachmann 2011 Shankbone.JPG
Candidato Newt Gingrich Rick Perry Michele Bachmann
Partido Republicano Republicano Republicano
Vencedor em nenhum condado 2 condados nenhum condado
Votos 16 163 12 557 6 046
Porcentagem 13,31% 10,33% 4,98%
Iowa Republican Presidential Caucuses Election Results by County, 2012.svg
Vencedores em cada um dos condados:


Seal of the President of the United States.svg
Presidente dos Estados Unidos

Titular
John McCain como candidato
Republicano

Eleito

O caucus do Partido Republicano de Iowa em 2012 foi realizada em 3 de janeiro de 2012. Nos caucuses a escolha dos delegados é feita em reuniões políticas realizadas em residências, escolas e outros prédios públicos, nas quais os eleitores debatem sobre seus candidatos e temas eleitorais. Os delegados eleitos no caucus participam de convenções nos condados, nas quais são eleitos os delegados que irão às convenções estaduais que, por fim, definem os delegados a serem enviados à convenção nacional.[1][2] Foi a disputa mais acirrada na história das primárias de Iowa, o vencedor Rick Santorum, teve apenas 34 votos a mais que o segundo colocado Mitt Romney.[3]

Na noite eleitoral, Mitt Romney tinha sido dado como vencedor com 30.015 votos (24,55 por cento), seguido pelo ex-senador Rick Santorum da Pensilvânia, que receberia 30.007 votos (24,54 por cento). O representante Ron Paul do Texas foi dado em terceiro, recebendo 26.219 votos (21,4 por cento). Newt Gingrich contava 16.251 votos, 13,3 por cento, o governador do Texas Rick Perry 12.604 votos, 10,3%, e a representante Michele Bachmann 6.073 votos, 5%. O ex-governador de Utah e embaixador na China Jon Huntsman, Jr., que saiu de Iowa para se concentrar na primária de New Hampshire,[4] recebeu 745 votos, cerca de 0,6%.[5][6]

Os resultados finais foram certificados em 19 de janeiro e alteraram as duas primeiras posições:[7][8]

A análise da Associated Press análise indicou inicialmente, com base no processo de Iowa, que Romney iria receber 13 delegados, Santorum receberia 12 delegados, e o restante dos candidatos nenhum delegado.[9] A CNN fez uma projeção diferente, em que Romney, Santorum, e Paul receberiam sete delegados cada um e Perry e Gingrich receberiam dois delegados cada.[10] Três votos são destinados à convenção, para um total de 28 delegados de Iowa.[11]

Os caucuses de Iowa marcam o início da formal tradicional do processo de seleção dos delegado para a eleição presidencial de 2012. Há 25 delegados de Iowa na Convenção Nacional Republicana.[12]

Durante a campanha, os candidatos pronunciaram principalmente a plataforma do governo Obama. A economia e a política externa surgiu como principais temas na campanha eleitoral após o início da crise econômica de 2008, bem como as políticas implementadas pelo governo Obama. Isto incluiu a o novo sistema de saúde do governo, bem como os gastos do governo como um todo.

Ainda em 2011, como tradição no estado, a pesquisa Ames Straw Poll foi realizada, que foi realizada em 13 de agosto de 2011 no campus da Universidade Estadual de Iowa no Coliseum Hilton. Os eleitores escolheram Michele Bachmann de Minnesota como vencedor por uma margem estreita. O congressista Ron Paul do Texas ficou em um segundo lugar, com 4.671 votos para Paul e 4.823 votos para Bachmann. O governador Tim Pawlenty ficou em terceiro lugar. Após a pesquisa, Pawlenty desistiu da candidatura.[13][14]

Foram feitos três debates em Iowa, ao longo da campanha: um em 11 de agosto em Ames, um em 10 de dezembro de 2011, em Des Moines, e um em 15 de dezembro, em Sioux City.[15]

A eleição de Iowa era originalmente programada para começar em 6 de fevereiro de 2012, mas devido a primária da Flórida, que decidiu mudar a sua primária para 31 de janeiro de 2012, Iowa alterou a eleição para início do ano, a fim de manter seu status como o primeiro caucus no país.

Os caucus de Iowa foi altamente disputado; as pesquisas da Gallup mostraram sete candidatos diferentes na primeira colocação entre maio de 2011 até a eleição.[16] O caucus de 2012 estabeleceu um novo recorde de gastos na campanha, com 12 milhões de dólares sendo gastos.[17]

Um dia depois de seu "triste" desempenho na primária, ficando em sexto lugar, Bachmann anunciou que estava desistindo da candidatura.[18][19] Perry que ficou como quinto colocado, inicialmente anunciou que ele estava "reavaliando" a sua campanha "para determinar se existe um caminho para frente", mas posteriormente afirmou que ele continuaria a campanha até a primária em Nova Hampshire e Carolina do Sul.[20][21][22]

Campanha[editar | editar código-fonte]

Início da campanha[editar | editar código-fonte]

O primeiro candidato a iniciar a campanha no estado foi o ex-governador do Arkansas Mike Huckabee, que foi o vencedor do caucus republicano em 2008, e líder em todas as pesquisas realizadas em todo o estado em 2010 e no início de 2011.[23] Huckabee resolveu desistir de sua candidatura, no entanto, anunciou a decisão em uma entrevista da Fox News exibida em 14 de maio de 2011, onde ele disse: "todos os fatores dizem ir, mas meu coração diz que não, e essa é a decisão que eu fiz".[24] Após sua decisão, o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney se tornou o favorito nas pesquisas realizadas no interior do estado nas semanas seguintes,[25] apesar de aparecer em Iowa poucas vezes, e de ter se recusado a participar da Ames Straw Poll (pesquisa de opinião) em agosto de 2011.[26] Esta tendência durou apenas alguns meses, no entanto, quando a representante Michele Bachmann começou a subir nas pesquisas,[27] em grande parte devido ao apoio dado a ela pelo Movimento Tea Party, do qual ela é uma membra fundadora do Tea Party Caucus na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos.[28] Bachmann foi fortemente associada ao fato de ela ter nascido em Waterloo, Iowa, onde também iniciou oficialmente sua candidatura, antes de eventualmente mudar-se para Minnesota durante sua adolescência.[29]

O ex-governador do Arkansas Mike Huckabee em uma reunião de arrecadação de fundos em Beaverdale, em Iowa em novembro de 2010.

Além de Huckabee, vários outros candidatos potenciais visitaram Iowa, entre eles a ex-governadora do Alasca, Sarah Palin,[30] o governador da Indiana Mitch Daniels,[31] o ex-governador de Nova Iorque George Pataki,[32] o senador John Thune por Dakota do Sul,[33] o governador do Mississippi Haley Barbour,[34] o senador Jim DeMint pela Carolina do Sul,[35] e o governador de Nova Jersey Chris Christie que decidiu não concorrer para presidente,[36] apesar de ter recebido várias especulações. O empresário Donald Trump, que também tinha uma possibilidade de se candidatar a presidente, tinha enviado vários assessores a Iowa, mas finalmente decidiu que não iria concorrer.[37]

Ao contrário da eleição presidencial de 2008, quando muitos dos candidatos potenciais haviam desistido da candidatura até fevereiro de 2007, o único candidato principal que desistiu da candidatura foi Herman Cain em 12 de janeiro de 2011,[38] depois de ter desistido, começou falando com vários grupos e líderes do Partido Republicano,[39] bem como líderes do Movimento Tea Party.[40] A primeira visita oficial a Iowa por Cain, como candidato presidencial, foi em 7 de março de 2011, durante uma conferência organizada por um grupo de religiosos, junto com o ex-presidente da Câmara Newt Gingrich e do ex-governador da Luisiana Buddy Roemer, que também anunciou a criação de comitês exploratórios para verificar as chances à presidência quatro dias antes.[41][42] O ex-governador Tim Pawlenty, e o ex-senador Rick Santorum também participaram do evento, apesar de ainda não terem anunciado suas candidaturas.[43] Após a conferência, Pawlenty anunciou oficialmente sua candidatura em 21 de março 2011, e fez sua primeira visita a Iowa como um candidato presidencial em 1 de abril de 2011, falando com os líderes do Partido Republicano em Newton, Iowa.[44] Santorum anunciou a criação de um comitê exploratório em 13 de abril de 2011,[45] e fez sua primeira visita como um candidato em 25 de abril de 2011.[46] No dia seguinte, o congressista Ron Paul anunciou a criação de um comitê exploratório para concorrer à presidência em Des Moines, Iowa.[47] Ele havia visitado o estado antes, inclusive esteve em reunião com o governador de Iowa Terry Branstad no mês anterior.[48] O ex-governador Mitt Romney, que anunciou a criação de seu comitê exploratório quando postou um vídeo no You Tube em 11 de abril de 2011, visitou o estado em 27 maio de 2011, quando esteve em Ankeny, Des Moines e Cedar Rapids.[49] Um mês depois, a congressista Michele Bachmann fez sua primeira visita a Iowa como uma candidata em 26 de junho de 2011, quando ela anunciou oficialmente sua campanha em Waterloo, Iowa.[50] O ex-governador Jon Huntsman, que anunciou sua campanha em frente à Estátua da Liberdade em 21 de junho de 2011,[51] foi o último a anunciar a candidatura, e sua primeira visita ao estado foi em Des Moines.[52]

Ames Straw Poll[editar | editar código-fonte]

Michele Bachmann discursando em 13 de agosto de 2011.

A Ames Straw Poll (pesquisa de opinião) foi realizada em agosto de 2011, as visitas e os gastos dos candidatos aumentaram drasticamente. Vários candidatos, incluindo Bachmann, Ron Paul, Rick Santorum, o congressista Thaddeus McCotter, Tim Pawlenty, e o empresário Herman Cain fizeram várias propostas para o eleitorado a fim de concorrer nas pesquisas.[53] Newt Gingrich também estava presente na disputa, mas devido à sua campanha estar enfrentando dificuldades financeiras, ele decidiu não concorrer na pesquisa.[53] O restante dos candidatos que quiseram disputar a pesquisa, gastaram milhões tentando vence-lá, sendo Bachmann, Paul e Pawlenty os candidatos que mais gastaram, realizando vários comícios, e visitando várias cidades nas semanas que antecederam a pesquisa.[54]

Dois dias antes da pesquisa, o terceiro debate republicano foi realizado na Iowa State University, em Ames, patrocinado pelo Partido Republicano de Iowa, pela Fox News e pela The Examiner Washington.[55] Os candidatos participantes do debate foram Michele Bachmann, Herman Cain, Newt Gingrich, Ron Paul, Tim Pawlenty, Mitt Romney, Jon Huntsman e Rick Santorum. O debate foi tido como vencido por Bachmann e Pawlenty, Pawlenty criticou Bachmann, enquanto Bachmann criticou o mandato de Pawlenty como governador de Minnesota.[56]Gingrich criticou Wallace (o mediador do debate), dizendo que ele estava fazendo "perguntas de pegadinhas" em vez de questões legítimas.[56] Romney respondeu às críticas da reforma na saúde que fez como governador de Massachusetts, e sua semelhança com a reforma feita pelo governo Obama.[56] Santorum declarou sua opinião de que o casamento homossexual não é uma questão do estado, porque segundo ele a Emenda 10 "não dá aos Estados o direito de pisotear a lei moral."[57] Huntsman e Paul reiteraram seu apoio às uniões civis.[57]

No sábado, 13 agosto de 2011, a pesquisa foi realizada no campus da Iowa State University em Ames com Bachmann na primeira colocação seguida por Paul, e Tim Pawlenty em terceiro lugar.[54] A pesquisa teve a segunda maior participação da história, perdendo apenas para a enquete de 1999, quando o então governador George W. Bush venceu a pesquisa.[58] Outros candidatos que não participaram da pesquisa, como Mitt Romney, Newt Gingrich, e Jon Huntsman, tiveram um fraco desempenho na pesquisa.[59]

Post-straw poll[editar | editar código-fonte]

Após a pesquisa, o apoio dos eleitores a Michele Bachmann continuou a crescer e os meios de comunicação começaram a focar nos três principais candidatos: Michelle Bachmann, Rick Perry e Mitt Romney.[60] Os outros candidatos começaram a criticar a imprensa, entre eles o congressista Ron Paul chamou a atenção de seus partidários, bem como o comediante Jon Stewart no seu programa The Daily Show, que apontou empate entre Paul e Bachmann na pesquisa, e pela falta de cobertura dada ao candidato pela mídia.[61][62] O apoio dado a Bachmann nas pesquisas seguintes começaram a cair, no entanto, a candidatura de Rick Perry começou a crescer no estado após a sua entrada na disputa. Sua primeira visita ao estado como um candidato presidencial foi em um evento realizado em 14 de agosto de 2011, em Waterloo, Iowa, onde Bachmann também participou.[63]

No mesmo dia, o ex-governador Tim Pawlenty de Minnesota anunciou sua intenção de se retirar da disputa, após ficar em terceiro em uma pesquisa da Ames.[64] O representante Thaddeus McCotter também desistiu da disputa um mês depois da pesquisa, chamando a sua candidatura presidencial como "os piores 15 minutos de [sua] vida".[65]

Em setembro, a cobertura da mídia nos debates realizados em Simi Valley, na Califórnia, em Tampa e Orlando, na Flórida focou o fraco desempenho de Rick Perry naqueles debates, e acabou por conduzir a uma queda significativa nas pesquisas estaduais realizadas em Iowa, bem como em todo o país.[66] Isto também coincidiu com o início do plano 9-9-9 planejado por Herman Cain, depois isso Cain teve um forte aumento nas pesquisas,[67] o colocando em um empate com Mitt Romney.[68] Nas semanas seguintes, Cain se envolveu em um escândalo envolvendo acusações de assédio sexual durante o seu trabalho na National Restaurant Association,[69] bem como uma acusação de que havia assediado há treze anos uma empresária de Atlanta.[70]

Em seguida, vários candidatos, entre eles Newt Gingrich e Ron Paul, tiveram um aumento considerável nas intenções registadas nas pesquisas nas semanas anteriores ao caucus.[71][72] Em 3 de dezembro de 2011, em Atlanta, na Geórgia, Herman Cain anunciou oficialmente a suspensão de sua campanha, devido às várias alegações de assédio sexual, e pelos ataques pessoais em sua família.[73] Logo depois, foi relatado que Cain endossaria Gingrich na segunda-feira seguinte,[74] o que acabou não acontecendo, e Cain não deu apoio a nenhum candidato.[75] Apesar da suspensão de sua campanha, o Partido Republicano de Iowa manteve o nome de Cain nas cédulas de voto do caucus.[76]

Debates finais[editar | editar código-fonte]

Newt Gingrich cresceu nas pesquisas em todo o estado de Iowa após a saída de Cain da disputa.

Em 10 de dezembro de 2011 o primeiro dos dois debates finais foi realizado em Iowa antes do caucus, que foi organizado pela ABC News, The Des Moines Register, e pelo Partido Republicano de Iowa. O debate foi o primeiro a ocorrer após a suspensão da campanha de Cain, com Michele Bachmann, Newt Gingrich, Ron Paul, Rick Perry, Mitt Romney e Rick Santorum participando do debate. Jon Huntsman, que recusou-se a participar do caucus de Iowa, preferiu focar seus esforços para vencer a primária de Nova Hampshire, e não foi convidado a participar do debate, porque segundo a organização do debate, só poderiam participar candidatos que estavas disputando o caucus.[77]

O debate também foi o primeiro a ocorrer após o aumento de Gingrich nas pesquisas em todo o estado de Iowa, bem como em todo o país. Foi focado sobre diversas questões econômicas, estrangeiras e domésticas, e Gingrich enfrentou o maior número de críticas de seus adversários.[78] Romney ridicularizou o plano de Gingrich de construir uma colônia lunar na lua, dizendo que a diferença real entre os dois eram suas origens, dizendo: "Eu passei a minha vida no setor privado. Eu sei como funciona a economia".[79]

Gingrich respondeu: "Vamos ser francos. A única razão para você não ter se tornado um político de carreira é porque você perdeu para Ted Kennedy em 1994", a plateia respondeu com risos e vaias.[80] Romney respondeu: "Se eu tivesse vencido Ted Kennedy eu poderia ter sido um político de carreira, isso provavelmente é verdade. Se eu teria sido capaz de chegar na NFL como eu esperava quando eu era criança, eu teria sido uma estrela do futebol".[81][82]

Outros participantes, entre eles Ron Paul, que também viu um aumento significativo nas pesquisas no Estado, criticou Gingrich por sua participação como consultor da empresa de hipotecas Freddie Mac, durante o qual ele recebeu 1,6 milhões de dólares, pouco antes de seu colapso e resgate subsequente feito pelo governo federal.[83] Michele Bachmann também atacou Gingrich, depois que ele se recusou a ser chamado de um lobista, dizendo: "Você não precisa estar dentro da definição técnica de um lobista para continuar fazendo tráfico de influência"."[83]

Um segundo debate foi realizado em 15 de dezembro de 2011, em Sioux City, Iowa. Foi organizada pela Fox News e pelo Partido Republicano de Iowa, e moderado por Bret Baier. Os participantes do debate foram Michele Bachmann, Newt Gingrich, Jon Huntsman, Ron Paul, Rick Perry, Mitt Romney e Rick Santorum. Newt Gingrich foi mais uma vez o foco principal de seus concorrentes, e continuou a receber críticas por ter trabalhado na Freddie Mac.[83]

Ron Paul também foi desafiado por sua posição sobre o Irã, e foi criticado por Michele Bachmann, porque Paul declara sua posição de que sanções são um ato de guerra, e a perspectiva de o Irã eventualmente ter armas nucleares, o que poderia causar uma guerra. Paul continuou, "eu não quero que o Irã tenha armas nucleares. Gostaria de reduzi-las, porque haveria menos chance de uma guerra. Mas declarar uma guerra a 1200 milhões de muçulmanos e dizer a todos os muçulmanos que são iguais, isso é muito perigoso. Sim, existem alguns radicais. Mas eles não vêm aqui para nos matar porque somos livres e prósperos. Será que eles vão para a Suíça e Suécia? Isso é um absurdo".[84] O mesmo comportamento que teve em 2008.

Paul também declarou: "Por que razão temos 900 bases em 130 países e estamos totalmente falidos? Como vocês querem reconstruir nossa área militar, quando não temos dinheiro? Como é que vamos cuidar das pessoas? Acho que esse objetivo selvagem para ter outra guerra em nome da defesa é uma coisa perigosa. O perigo é realmente exagerando. Precisamos de uma defesa nacional forte, e precisamos apenas ir para a guerra com uma declaração de guerra".[84] Mais tarde no debate, Rick Perry recebeu atenção quando ele se chamava de o "Tim Tebow do caucus de Iowa", "quando questionado sobre como ele iria competir contra o presidente Barack Obama em um debate eleitoral".[85]

Mitt Romney recebeu elogios por sua performance no debate, que se concentram em criticar o presidente Obama, ao invés de seus oponentes.[86]

Semana final[editar | editar código-fonte]

Desenho animado mostrando os candidatos que concorreram em Iowa.

Nas últimas semanas que antecederam a caucus, a maioria dos candidatos gastaram mais tempo no estado, com Michele Bachmann e Rick Perry em uma turnê pelo estado em seus próprios ônibus de campanha.[87][88] Bachmann visitou todos os 99 condados do estado em 10 dias.[88] Outros candidatos, incluindo Ron Paul, Newt Gingrich e Rick Santorum, também realizaram diversos eventos em todo o estado para se reunir com os eleitores.[89][90][91] Mitt Romney também visitou o estado, mas passou a maior parte de dezembro concentrando seus esforços na primária de Nova Hampshire.[92] Jon Huntsman também decidiu concentrar-se na primária de Nova Hampshire, e não fez campanha em Iowa.[93]

Nas últimas semanas antes da votação o apoio dado a Ron Paul começou a subir.[94] O apoio dado a Mitt Romney também ficou estável, e Bachmann, Perry e Santorum ficaram na maioria das pesquisas na segunda posição. Uma pesquisa realizada pela Public Policy Polling entre 16 dedezembro até 18 de dezembro de 2011, mostrou Paul na liderança pela primeira vez, com 23% dos votos. Romney ficou logo atrás com 20%; e Gingrich viu uma queda acentuada, ficando com 14%, em grande parte devido ao aumento de anúncios negativos contra si, feita pela mídia e pelos seus adversários.[94]

Outra pesquisa realizada pela Iowa State University e pelo jornal Cedar Rapids Gazette feita entre 8 e 18 de dezembro de 2011, também teve Paul na liderança com 27,5%, e Gingrich logo atrás em 25,3%.[95] No entanto, outra sondagem realizada pela Rasmussen Reports em 19 de dezembro de 2011, teve Mitt Romney em primeiro lugar com 25%, com Paul logo atrás em 20%, e Gingrich com 16%.[96] A captação de recursos para Paul também aumentou em dezembro, quando sua campanha arrecadou mais de 4 milhões de dólares ao longo de um fim de semana.[97]

Pouco antes da data da convenção partidária, uma campanha não-oficial entre eleitores começou a crescer com o propósito de colocar Sarah Palin na disputa, com anúncios de rádio e televisão em Iowa. Os anúncios diziam que Palin é a única candidata que pode parar o capitalismo de compadrio.[98] Na última semana antes do caucus, Santorum aumentou seu apoio no estado, que subiu para 15%, atrás de Paul com 22% e Romney com 24%.[99]

Desempenho inesperado de Santorum[editar | editar código-fonte]

Santorum passou meses em Iowa, viajando pelos 99 condados e participando de 381 reuniões de Câmaras Municipais ao longo da campanha.[100][101] No entanto, há meses Santorum estava nas últimas posições nas pesquisas e teve dificuldade de arrecadar dinheiro, viajando em todo o estado em uma caminhonete, em vez de ônibus e caravanas usadas por outros candidatos. [102] Ele estava na chamada segunda camada dos candidatos, e na pesquisa realizada em 18 de dezembro ele tinha menos de um dígito de percentual.[103] No entanto, o aumento nas pesquisas começou a partir daí, as inúmeras pesquisas o colocaram entre os três principais candidatos, juntamente com Romney e Paul.[104]

De acordo com o Los Angeles Times, Santorum teve grande apoio dos conservadores no estado e outros eleitores indecisos, e levou votos às custas de outros candidatos, como Gingrich, Perry, e Bachmann.[105]

Gastos[editar | editar código-fonte]

A primária de Iowa foi dominado por um grande volume de publicidade negativa ou ataques pagos pela PAC (Political action committee, em português pode ser traduzido como Comitê de ação política).[106][107] O total de gastos dessa primária estabeleceu um novo recorde, totalizando mais de 12 milhões de dólares, com uma estimativa de dois terços provenientes do super PAC. Ao contrário das contribuições diretamente aos fundos de candidatos, que têm um limite de contribuição de 2 500 dólares e devem divulgar todos os contribuintes, o super PACs pode levantar quantias ilimitadas de dinheiro e pode receber contribuições anônimas.[17] Cerca de 10 milhões foram gastos em publicidade.[16]

O ex-jornalista David Yepsen, que cobriu nove prévias de Iowa para o Des Moines Register antes de se juntar ao Paul Simon Public Policy Institute na Southern Illinois University Carbondale, disse ao Boston Globe: "É difícil descobrir quem está fazendo o ataque e para que fim, e são duplos ataques a dois ou mais candidatos. Eu nunca vi isso antes. Nós nunca tivemos esse volume [de anúncios negativos] ou essa complexidade".[108]

A campanha de Romney foi de longe a que mais gastou, chegando a 4 milhões de dólares em anúncios de ataques, chamando de "Restore Our Future".[109][110] O "Restore Our Future" foi uma série de anúncios de televisão com aspecto negativo "sem precedentes"[111] e foi creditado como responsável pela queda abrupta de Gingrich nas pesquisas, passando de favorito para o quarto lugar.[106][112] Em 27 de dezembro, 2,86 milhões de dólares foram gastos em publicidade televisiva pela campanha de Perry, e 2,85 milhões de dólares foram gastos pela campanha de Romney.[16]

O The New York Times relatou que Romney "efetivamente terceirizou a publicidade negativa a um grupo que levantou milhões de dólares de seus doadores para inundar seus oponentes com ataques"[113]

Em 1 de janeiro, à frente do caucus, Gingrich afirmou que "Romney iria comprar a eleição, se pudesse."[114] Nos últimos dias da campanha e imediatamente após os resultados chegaram, Gingrich expressou raiva contra Romney e a campanha negativa que ele fez.[111]

Um estudo realizado pelo Kantar Media's Campaign Media Analysis Group mostrou que até 30 de dezembro de 2011 cerca de 45% de todos os anúncios de televisão em Iowa foram contra Gingrich, 20% eram propaganda contra Romney, 10% eram anúncios positivos para Romney, 6% foram anúncios positivos para Gingrich, 8% eram propaganda contra Perry, 8% foram propaganda positiva para Perry e 3% foram anúncios pró-Paul.[112][115] Gingrich foi o único candidato a ter uma desvantagem financeira em termos de dinheiro em caixa e gastos versus a porcentagem dos anúncios: Gingrich estava em -35%, Santorum como +4%, Romney em 10%, Paul 17%, e Perry em 31% (a maior vantagem financeira líquida).[116]

De acordo com dados da BuzzFeed, para cada 1 000 dólares gastos em publicidade entre as campanhas, Santorum recebeu 49 votos, Gingrich recebeu 11 votos, Paul recebeu 10 votos, Romney recebeu 6 votos, e Perry recebeu 2 votos. Para cada voto recebido, a campanha Perry gastou 478,40 dólares em mídia, Romney gastou 154,90 dólares, Paul gastou 103,30 dólares, e Gingrich 89,74 dólares, Santorum gastou 20,50 dólares, e Bachmann gastou 3,95 dólares. Isso torna a média de "preço por voto" em 130 dólares, levando em conta apenas os gastos na mídia.[116][117][118][119]

Data do caucus[editar | editar código-fonte]

A data do caucus republicano de 2012 foi originalmente programada para começar em 6 de fevereiro de 2012,[120] um mês mais tarde que a data em 2008, que foi realizada em 3 de janeiro.[121] Em 29 de setembro de 2011, a agenda completa da primária foi interrompida, por causa da decisão do Partido Republicano da Flórida que decidiu iniciar sua primária para 31 de janeiro, em uma tentativa de chamar a atenção para a sua própria disputa, e atrair os candidatos presidenciais para visitar o estado.[122]

Por causa do movimento, o Comitê Nacional Republicano decidiu dar a Flórida a metade dos seus delegados.[123] Além disso, como resultado, o Partido Republicano de Iowa, junto com Nova Hampshire, Carolina do Sul e Nevada, em seguida, mudaram a data das primárias para o início de janeiro.[123] Todos concordaram em fazer a primária antes da Florida,[124] e confirmaram as datas, sendo que Iowa decidiu ter sua primária para 3 de janeiro de 2012, mantendo o título do Primeiro Caucus do País.[123]

Endossos[editar | editar código-fonte]

Romney teve endosso dos três dos cinco maiores jornais do estado: The Des Moines Register, o Quad City Times, e o Sioux City Journal. Os outros dois principais jornais do estado, o Cedar Rapids Gazette e o Waterloo Cedar Fall Courier, não endossram nenhum candidato.[16]

Outros endossos importantes foram feitas pelos principais políticos do Partido Republicano de Iowa.[125] O governador de Iowa Terry Branstad não endossou nenhum candidato.[126] Da mesma forma, o senador Chuck Grassley optou por não apoiar qualquer candidato.[127][128] Em 2 de janeiro, o representante dos Estados Unidos Steve King, disse no programa de Simon Conway na OMS Radio que ele não endossaria nenhum candidato antes do caucus.[129]

Em 9 de dezembro, o Secretário de Estado de Iowa Matt Schultz endossou Santorum.[130] Bob Vander (que disputou sem sucesso a nomeação republicana para governador de Iowa em 2010) e Chuck Hurley endossaram Santorum em 20 de dezembro.[131]

O presidente da Câmara dos Representantes de Iowa Kraig Paulsen endossou Gingrich.[132]

Eleição[editar | editar código-fonte]

O dia eleição foi um "dia de janeiro nos padrões de Iowa", com temperaturas de até 35 graus no centro de Iowa e "rajadas ocasionais de vento", condições climáticas mais favoráveis ​​do que no caucus de 2008, que teve temperaturas de 4 graus.

Pesquisas de opinião[editar | editar código-fonte]

Fonte da pesquisa Data Outros
InsiderAdvantage / Majority Opinion Research

Entrevistados: 729

1 de janeiro de 2012 Mitt Romney
22.7%
Ron Paul
22.4%
Rick Santorum
18%
Newt Gingrich 16.1%, Rick Perry 9.6%, Michele Bachmann 5.8%, Jon Huntsman 1.8%, Outro 1.3%, Sem opinião 2.3%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±2.7%
Entrevistados: 1,340

31 de dezembro de 2011 – 1 de janeiro de 2012 Ron Paul
20%
Mitt Romney
19%
Rick Santorum
18%
Newt Gingrich 14%, Rick Perry 10%, Michele Bachmann 8%, Jon Huntsman 4%, Buddy Roemer 2%, Outro 4%
American Research Group

Margem de erro: 4%
Entrevistados: 600

29 de dezembro de 2011 – 1 de janeiro de 2012 Mitt Romney
22%
Ron Paul
17%
Rick Santorum
16%
Newt Gingrich 15%, Rick Perry 9%, Michele Bachmann 8%, Jon Huntsman 4%, Buddy Roemer 1%, Outro 1%, Indecidido 7%
Des Moines Register

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 602

27–30 de dezembro de 2011 Mitt Romney
24%
Ron Paul
22%
Rick Santorum
15%
Newt Gingrich 12%, Rick Perry 11%, Michele Bachmann 7%, Jon Huntsman 2%
We Ask America

Margem de erro:
Entrevistados: 889

29 de dezembro de 2011 Mitt Romney
24%
Rick Santorum
17%
Ron Paul
14%
Newt Gingrich 13%, Michele Bachmann 12%, Rick Perry 10%, Jon Huntsman 4%, Indecidido 7%
InsiderAdvantage / Majority Opinion Research

Margem de erro: ±4.7%
Entrevistados: 429

28 de dezembro de 2011 Ron Paul
17.3%
Mitt Romney
17.2%
Newt Gingrich
16.7%
Rick Santorum 13.4%, Michele Bachmann 11.8%, Rick Perry 10.5%, Jon Huntsman 2.8%, Outro 3%, Sem opinião 7.3%
Rasmussen

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 750

28 de dezembro de 2011 Mitt Romney
23%
Ron Paul
22%
Rick Santorum
16%
Newt Gingrich 13%, Rick Perry 13%, Michele Bachmann 5%, Jon Huntsman 3%, Outro 1%, Indecidido 6%
NBC News/Marist

Margem de erro: ±4.7%
Entrevistados: 433

27–28 de dezembro de 2011 Mitt Romney
23%
Ron Paul
21%
Rick Santorum
15%
Rick Perry 14%, Newt Gingrich 13%, Michele Bachmann 6%, Jon Huntsman 2%, Indecidido 7%
American Research Group

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 600

26–28 de dezembro de 2011 Mitt Romney
22%
Newt Gingrich
17%
Ron Paul
16%
Rick Santorum 11%, Rick Perry 9%, Michele Bachmann 8%, Jon Huntsman 6%, Buddy Roemer 1%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±4.1%
Entrevistados: 565

26–27 de dezembro de 2011 Ron Paul
24%
Mitt Romney
20%
Newt Gingrich
13%
Michele Bachmann 11%, Rick Perry 10%, Rick Santorum 10%, Jon Huntsman 4%, Buddy Roemer 2%, Outro/Not sure 5%
CNN/Time Magazine

Margem de erro: ±4.5%
Entrevistados: 452

21–27 de dezembro de 2011 Mitt Romney
25%
Ron Paul
22%
Rick Santorum
16%
Newt Gingrich 14%, Rick Perry 11%, Michele Bachmann 9%, Jon Huntsman 1%, Sem opinião 2%
American Research Group

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 600

19–22 de dezembro de 2011 Ron Paul
21%
Mitt Romney
20%
Newt Gingrich
19%
Rick Perry 9%, Michele Bachmann 8%, Jon Huntsman 6%, Rick Santorum 4%, Buddy Roemer 1%
We Ask America

Margem de erro: ±2.8%
Entrevistados: 1,250

20 de dezembro de 2011 Ron Paul
19%
Mitt Romney
18%
Newt Gingrich
16%
Michele Bachmann 15%, Rick Perry 11%, Rick Santorum 9%, Jon Huntsman 4%, Incerto 8%

Rasmussen Reports
Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 750

19 de dezembro de 2011 Mitt Romney
25%
Ron Paul
20%
Newt Gingrich
17%
Rick Perry 10%, Rick Santorum 10%, Michele Bachmann 6%, Jon Huntsman 4%, Não sabe 8%, Outro 1%
InsiderAdvantage / Majority Opinion Research

Margem de erro: ±5.7%
Entrevistados: 391

18 de dezembro de 2011 Ron Paul
23.9%
Mitt Romney
18.2%
Rick Perry
15.5%
Newt Gingrich 12.9%, Michele Bachmann 10.1%, Jon Huntsman 3.8%, Rick Santorum 2.9%, Outro 0.8%, Sem opinião 11.9%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 597

16–18 de dezembro de 2011 Ron Paul
23%
Mitt Romney
20%
Newt Gingrich
14%
Michele Bachmann 10%, Rick Perry 10%, Rick Santorum 10%, Jon Huntsman 4%, Gary Johnson 2%, Outro/Não sabe 7%
Iowa State University / Cedar Rapids Gazette / KCRG

Margem de erro: ±5%
Entrevistados: 940

8–18 de dezembro de 2011 Ron Paul
27.5%
Newt Gingrich
25.3%
Mitt Romney
17.5%
Rick Perry 11.2%, Michele Bachmann 7.4%, Rick Santorum 4.9%, Herman Cain 0.4%, Jon Huntsman 0.3%, Indecidido 5.4%

Rasmussen
Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 750

13 de dezembro de 2011 Mitt Romney
23%
Newt Gingrich
20%
Ron Paul
18%
Rick Perry 10%, Michele Bachmann 9%, Rick Santorum 6%, Jon Huntsman 5%, Não sabe 8%, Outro 2%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±4.2%
Entrevistados: 555

11–13 de dezembro de 2011 Newt Gingrich
22%
Ron Paul
21%
Mitt Romney
16%
Michele Bachmann 11%, Rick Perry 9%, Rick Santorum 8%, Jon Huntsman 5%, Gary Johnson 1%, Outro/Não sabe 7%
InsiderAdvantage / Majority Opinion Research


Entrevistados: 517

12 de dezembro de 2011 Newt Gingrich
27.1%
Ron Paul
16.5%
Rick Perry
13.2%
Mitt Romney 11.9%, Michele Bachmann 10.3%, Rick Santorum 6.8%, Jon Huntsman 3.6%, Outro 1.4%, Sem opinião 9.2%
American Research Group

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 600

8–11 de dezembro de 2011 Newt Gingrich
22%
Ron Paul
17%
Mitt Romney
17%
Rick Perry 13%, Michele Bachmann 7%, Rick Santorum 7%, Jon Huntsman 5%, Outro 1%, Indecidido 12%
University of Iowa Hawkeye

Margem de erro: ±6%
Entrevistados: 277

30 de novembro – 7 de dezembro de 2011 Newt Gingrich
29.8%
Mitt Romney
20.3%
Ron Paul
10.7%
Michele Bachmann 8.5%, Rick Perry 8.2%, Rick Santorum 5.3%, Herman Cain 4.4%, Jon Huntsman 1.5%, Outro 0.9%, Não sabe/Recusou-se 10.5%
CNN / Time Magazine

Margem de erro: ±5%
Entrevistados: 419

29 de novembro – 6 de dezembro de 2011 Newt Gingrich
33%
Mitt Romney
20%
Ron Paul
17%
Rick Perry 9%, Michele Bachmann 7%, Rick Santorum 5%, Jon Huntsman 1%, None 2%, Sem opinião 5%
CBS News / New York Times

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 1,869

30 de novembro – 5 de dezembro de 2011 Newt Gingrich
31%
Mitt Romney
17%
Ron Paul
16%
Rick Perry 11%, Michele Bachmann 9%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 1%
Newt Gingrich
28%
Mitt Romney
18%
Ron Paul
14%
Rick Perry 10%, Herman Cain 7%, Michele Bachmann 4%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 1%, Outro 1%, Indecidido 10%, nenhum 1%, Não sabe/Sem resposta 2%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±4.1%
Entrevistados: 572

3–5 de dezembro de 2011 Newt Gingrich
27%
Ron Paul
18%
Mitt Romney
16%
Michele Bachmann 13%, Rick Perry 9%, Rick Santorum 6%, Jon Huntsman 4%, Gary Johnson 1%, Outro/Não sabe 7%
We Ask America

Margem de erro: ±3.15%
Entrevistados: 970

5 de dezembro de 2011 Newt Gingrich
30%
Mitt Romney
16%
Ron Paul
14%
Michele Bachmann 13%, Rick Perry 7%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 3%, Outro 1%, Indecidido 6%, Sem resposta 2%, Não sabe/Sem resposta 2%
ABC News / Washington Post

Margem de erro: ±6%
Entrevistados: 356

30 de novembro – 4 de dezembro de 2011 Newt Gingrich
33%
Ron Paul
18%
Mitt Romney
18%
Rick Perry 11%, Michele Bachmann 8%, Rick Santorum 7%, Jon Huntsman 2%, None of these 1%, Would not vote 0%, Sem opinião 3%
The Des Moines Register

Margem de erro: ±4.9%
Entrevistados: 401

27–30 de novembro de 2011 Newt Gingrich
25%
Ron Paul
18%
Mitt Romney
16%
Michele Bachmann 8%, Herman Cain 8%, Rick Perry 6%, Rick Santorum 6%, Jon Huntsman 2%, Uncommitted 11%
NBC News/Marist

Margem de erro: ±4.8%
Entrevistados: 425

27–29 de novembro de 2011 Newt Gingrich
26%
Mitt Romney
18%
Ron Paul
17%
Herman Cain 9%, Rick Perry 9%, Michele Bachmann 5%, Rick Santorum 5%, Jon Huntsman 2%, Indecidido 9%
Newt Gingrich
28%
Ron Paul
19%
Mitt Romney
19%
Rick Perry 10%, Michele Bachmann 7%, Rick Santorum 6%, Jon Huntsman 2%, Indecidido 9%
NBC News/Marist

Margem de erro: ±3.2%
Entrevistados: 916

Newt Gingrich
25%
Mitt Romney
18%
Ron Paul
16%
Herman Cain 9%, Rick Perry 9%, Michele Bachmann 5%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 2%, Indecidido 11%
We Ask America

Margem de erro: ±3.16%
Entrevistados: 962

28 de novembro de 2011 Newt Gingrich
29%
Michele Bachmann
13%
Mitt Romney
13%
Ron Paul 11%, Herman Cain 7%, Rick Perry 5%, Rick Santorum 5%, Jon Huntsman 4%, Incerto 13%
Newsmax / InsiderAdvantage / Majority Opinion Research

Margem de erro:
Entrevistados: 509

28 de novembro de 2011 Newt Gingrich
28.1%
Ron Paul
13.3%
Mitt Romney
11.5%
Michele Bachmann 10.1%, Herman Cain 9.8%, Rick Perry 6.6%, Rick Santorum 3.3%, Outro 3.2%, Sem opinião 14.1%
American Research Group

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 600

17–23 de novembro de 2011 Newt Gingrich
27%
Mitt Romney
20%
Ron Paul
16%
Michele Bachmann 6%, Herman Cain 6%, Rick Santorum 6%, Rick Perry 5%, Jon Huntsman 3% Indecidido 11%
Rasmussen Reports

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 800

16 de novembro de 2011 Newt Gingrich
32%
Mitt Romney
19%
Herman Cain
13%
Ron Paul 10%, Michele Bachmann 6%, Rick Perry 6%, Rick Santorum 5%, Jon Huntsman 2%, Outro 1%, Indecidido 6%
Iowa State University / Gazette / KCRG

Margem de erro: ±5%
Entrevistados: 1,256

1–13 de novembro de 2011 Herman Cain
24.5%
Ron Paul
20.4%
Mitt Romney
16.3%
Rick Perry 7.9%, Michele Bachmann 7.6%, Newt Gingrich 4.8%, Rick Santorum 4.7%, Jon Huntsman 0%, Indecidido 8.1%
The Polling Company

Margem de erro: ±4.4%
Entrevistados: 501

11–13 de novembro de 2011 Herman Cain
20%
Newt Gingrich
19%
Mitt Romney
14%
Michele Bachmann 10%, Ron Paul 10%, Rick Perry 5%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 2%, Gary Johnson 1%, Recusou-se 1%, Indecidido 13%
Bloomberg News

Margem de erro: ±4.4%
Entrevistados: 503

10–12 de novembro de 2011 Herman Cain
20%
Ron Paul
19%
Mitt Romney
18%
Newt Gingrich 17%, Rick Perry 7%, Michele Bachmann 5%, Rick Santorum 3%, Jon Huntsman 1%, Não sabe 10%
Newsmax / InsiderAdvantage

Margem de erro: ±4.6%
Entrevistados: 436

8 de novembro de 2011 Herman Cain
23.3%
Mitt Romney
18.7%
Newt Gingrich
14.5%
Ron Paul 11.4%, Rick Perry 8.8%, Michele Bachmann 5.4%, Rick Santorum 3.4%, Outro 1.7%, Sem opinião 12.8%
We Ask America

Margem de erro: ±3.33%
Entrevistados: 864

6 de novembro de 2011 Herman Cain
22%
Newt Gingrich
18%
Mitt Romney
15%
Michele Bachmann 11%, Ron Paul 11%, Rick Perry 4%, Rick Santorum 3%, Jon Huntsman 2%, Outro 14%
Newsmax / InsiderAdvantage

Margem de erro: ±4.3%
Entrevistados: 507

3 de novembro de 2011 Herman Cain
30%
Mitt Romney
15%
Newt Gingrich
12%
Ron Paul 9%, Michele Bachmann 8%, Rick Perry 6%, Jon Huntsman 2%, Outro 5%
JMC Enterprises

Margem de erro: ±4.3%
Entrevistados: 510

2 de novembro de 2011 Herman Cain
20%
Mitt Romney
20%
Newt Gingrich
16%
Michele Bachmann 6%, Ron Paul 6%, Rick Perry 4%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 2%, Indecidido 23%
The Des Moines Register

Margem de erro: ±4.9%
Entrevistados: 400

23–26 de outubro de 2011 Herman Cain
23%
Mitt Romney
21%
Ron Paul
12%
Michele Bachmann 8%, Newt Gingrich 7%, Rick Perry 7%, Rick Santorum 5%, Jon Huntsman 1%
CNN/Time Magazine

Margem de erro: ±5%
Entrevistados: 405

20–25 de outubro de 2011 Mitt Romney
24%
Herman Cain
21%
Ron Paul
12%
Newt Gingrich 10%, Rick Perry 10%, Michele Bachmann 6%, Rick Santorum 2%, Jon Huntsman 1%, None 3%, Sem opinião 11%
University of Iowa, Hawkeye

Margem de erro: ±3.6%
Entrevistados: 778

21 de outubro de 2011 Herman Cain
37.0%
Mitt Romney
27.0%
Ron Paul
11.5%
Newt Gingrich 7.7%, Rick Perry 5.9%, Michele Bachmann 3.9%, Rick Santorum 3.1%, Jon Huntsman 1.2%, Outro 2.5%
Rasmussen Reports

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 800

19 de outubro de 2011 Herman Cain
28%
Mitt Romney
21%
Ron Paul
10%
Newt Gingrich 9%, Michele Bachmann 8%, Rick Perry 7%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 2%, Outro/Não sabe 12%
AARP/GS Strategy Group

Margem de erro: ±4.9%
Entrevistados: 400

17–18 de outubro de 2011 Herman Cain
25%
Mitt Romney
22%
Ron Paul
8%
Michele Bachmann 7%, Newt Gingrich 6%, Rick Perry 5%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 1%, Sem opinião 23%
Newsmax / InsiderAdvantage

Margem de erro:
Entrevistados: 422

16 de outubro de 2011 Herman Cain
26.4%
Mitt Romney
18.1%
Newt Gingrich
12.1%
Michele Bachmann 11.0%, Ron Paul 9.6%, Rick Perry 5.8%, Jon Huntsman 0.9%, Outro 3%, Sem opinião 13.1%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±5.6%
Entrevistados: 311

7–10 de outubro de 2011 Herman Cain
30%
Mitt Romney
22%
Ron Paul
10%
Rick Perry 9%, Michele Bachmann 8%, Newt Gingrich 8%, Rick Santorum 5%, Jon Huntsman 1%, Gary Johnson 1%, Outro/Não sabe 5%
NBC News-Marist Poll

Margem de erro: ±5.1%
Entrevistados: 371

3–5 de outubro de 2011 Mitt Romney
26%
Herman Cain
20%
Ron Paul
12%
Michele Bachmann 11%, Rick Perry 11%, Newt Gingrich 5%, Rick Santorum 3%, Jon Huntsman 1%, Gary Johnson 1%, Indecidido 16%
American Research Group

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 600

22–27 de setembro de 2011 Mitt Romney
21%
Michele Bachmann
15%
Rick Perry
14%
Ron Paul 12%, Newt Gingrich 8%, Herman Cain 6%, Sarah Palin 4%, Rick Santorum 2%, Jon Huntsman 1%, Buddy Roemer 1%, Outro 1%, Indecidido 15%
Rasmussen Reports

Margem de erro: ±3%
Entrevistados: 862

31 de agosto de 2011 Rick Perry
29%
Michele Bachmann
18%
Mitt Romney
17%
Ron Paul 14%, Herman Cain 4%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 3%, Newt Gingrich 2%
Magellan Strategies

Margem de erro: ±3.77%
Entrevistados: 676

22–23 de agosto de 2011 Rick Perry
24%
Michele Bachmann
22%
Mitt Romney
19%
Ron Paul 9%, Herman Cain 6%, Newt Gingrich 4%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 1%, Outro 3%, Indecidido 8%
WPA Research

Margem de erro: ±4.9%
Entrevistados: 402

21–22 de agosto de 2011 Rick Perry
23%
Michele Bachmann
20%
Mitt Romney
16%
Ron Paul 9%, Herman Cain 8%, Rick Santorum 7%, Newt Gingrich 3%, Jon Huntsman 2%, Thaddeus McCotter 0%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±5.5%
Entrevistados: 317

19–21 de agosto de 2011 Rick Perry
21%
Mitt Romney
18%
Michele Bachmann
15%
Ron Paul 12%, Sarah Palin 10%, Newt Gingrich 7%, Herman Cain 6%, Rick Santorum 5%, Jon Huntsman 3%, Outro/Não sabe 4%
Rick Perry
20%
Michele Bachmann
18%
Mitt Romney
15%
Ron Paul 14%, Paul Ryan 9%, Herman Cain 7%, Newt Gingrich 7%, Rick Santorum 5%, Jon Huntsman 3%, Outro/Não sabe 5%
Rick Perry
22%
Mitt Romney
19%
Michele Bachmann
18%
Ron Paul 16%, Herman Cain 7%, Newt Gingrich 5%, Rick Santorum 5%, Jon Huntsman 3%, Outro/Não sabe 5%
Rick Perry
34%
Mitt Romney
28%
Michele Bachmann
24%
Não sabe 14%
Michele Bachmann
44%
Mitt Romney
42%
Não sabe 14%
Rick Perry
48%
Mitt Romney
30%
Não sabe 22%
Rick Perry
51%
Michele Bachmann
27%
Não sabe 20%
We Ask America Polls

Margem de erro: ±3%
Entrevistados: 649

16 de agosto de 2011 Rick Perry
29%
Michele Bachmann
17%
Mitt Romney
15%
Ron Paul 8%, Sarah Palin 7%, Herman Cain 5%, Newt Gingrich 5%, Rick Santorum 4%, None of these 9%
Rasmussen

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 627

4 de agosto de 2011 Michele Bachmann
22%
Mitt Romney
21%
Ron Paul
16%
Rick Perry 12%, Tim Pawlenty 11%, Newt Gingrich 5%, Herman Cain 4%, Jon Huntsman 2%, Outro 7%
Magellan

Margem de erro: ±3.1%
Entrevistados: 1,024

10–11 de julho de 2011 Michele Bachmann
29%
Mitt Romney
16%
Herman Cain
8%
Tim Pawlenty 8%, Newt Gingrich 5%, Ron Paul 5%, Rick Santorum 3%, Outro 2%, Indecidido 24%
American Research Group

Margem de erro: ±4%
Entrevistados: 600

5–11 de julho de 2011 Michele Bachmann
21%
Mitt Romney
18%
Ron Paul
14%
Sarah Palin 11%, Newt Gingrich 8%, Rick Santorum 5%, Jon Huntsman 3%, Herman Cain 2%, Rudy Giuliani 2%, Tim Pawlenty 2%, Rick Perry 2%, Outro 2%
Mason-Dixon Polling

Margem de erro: ±3.9%
Entrevistados: 629

5–7 de julho de 2011 Michele Bachmann
32%
Mitt Romney
29%
Tim Pawlenty
7%
Rick Santorum 6%, Ron Paul 3%, Newt Gingrich 2%, Herman Cain 1%
The Iowa Republican

Margem de erro: ±4.4%
Entrevistados: 500

26–30 de junho de 2011 Michele Bachmann
25%
Mitt Romney
21%
Herman Cain
9%
Tim Pawlenty 9%, Ron Paul 6%, Newt Gingrich 4%, Rick Santorum 2%, Jon Huntsman 1%
Des Moines Register

Margem de erro: ±4.9%
Entrevistados: 400

19–22 de junho de 2011 Mitt Romney
23%
Michele Bachmann
22%
Herman Cain
10%
Newt Gingrich 7%, Ron Paul 7%, Tim Pawlenty 6%, Rick Santorum 4%, Jon Huntsman 2%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±4.5%
Entrevistados: 481

27–30 de maio de 2011 Mitt Romney
21%
Herman Cain
15%
Sarah Palin
15%
Newt Gingrich 12%, Michele Bachmann 11%, Tim Pawlenty 10%, Ron Paul 8%, Jon Huntsman 0%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±4.8%
Entrevistados: 419

15–17 de abril de 2011 Mike Huckabee
27%
Mitt Romney
16%
Donald Trump
14%
Newt Gingrich 9%, Sarah Palin 8%, Michele Bachmann 6%, Ron Paul 6%, Tim Pawlenty 5%, Outro/Indecidido 9%
Mike Huckabee
30%
Mitt Romney
18%
Newt Gingrich
12%
Sarah Palin 12%, Tim Pawlenty 7%, Michele Bachmann 6%, Ron Paul 6%, Outro/Indecidido 10%
Mitt Romney
25%
Newt Gingrich
15%
Sarah Palin
15%
Ron Paul 15%, Michele Bachmann 10%, Tim Pawlenty 9%, Outro/Indecidido 11%
Mike Huckabee
33%
Mitt Romney
20%
Newt Gingrich
13%
Michele Bachmann 10%, Ron Paul 9%, Tim Pawlenty 5%, Outro/Indecidido 10%
Mitt Romney
28%
Newt Gingrich
19%
Ron Paul
16%
Michele Bachmann 15%, Tim Pawlenty 9%, Outro/Indecidido 12%
Strategic National

Margem de erro: ±4.8%
Entrevistados: 410

18 de janeiro de 2011 Mike Huckabee
28%
Mitt Romney
19%
Newt Gingrich
12%
Sarah Palin 12%, Michele Bachmann 4%, Tim Pawlenty 4%, John Thune 2%, Rick Santorum 1%, Haley Barbour 0%, Indecidido 18%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±4.4%
Entrevistados: 494

7–9 de janeiro de 2011 Mike Huckabee
30%
Mitt Romney
18%
Sarah Palin
15%
Newt Gingrich 13%, Ron Paul 6%, Tim Pawlenty 4%, John Thune 3%, Mitch Daniels 1%, Indecidido 10%
Neighborhood Research 3–8 de janeiro de 2011 Mike Huckabee
24%
Mitt Romney
19%
Sarah Palin
11%
Newt Gingrich 8%, Tim Pawlenty 4%, Ron Paul 3%, Michele Bachmann 2%, Haley Barbour 1%, Mike Pence 1%
Voter Consumer Research

Margem de erro: ±4.91%
Entrevistados: 399

25–28 de julho 2010 Mike Huckabee
22%
Mitt Romney
18%
Newt Gingrich
14%
Sarah Palin 11%, Ron Paul 5%, Tim Pawlenty 1%, Rick Santorum >1%, John Thune 1%, Haley Barbour 0%, Rick Perry 0%, Indecidido 23%
Public Policy Polling

Margem de erro: ±4.5%
Entrevistados: 477

25–27 de maio de 2010 Mike Huckabee
27%
Sarah Palin
17%
Newt Gingrich
16%
Mitt Romney 15%, Ron Paul 7%, Jim DeMint 2%, John Thune 2%, Outro 3%, Indecidido 11%
Race42012.com / Right Way Marketing

Margem de erro: ±5.66%
Entrevistados: 300

4 de março de 2010 Mike Huckabee
17%
Mitt Romney
14%
Sarah Palin
11%
Tim Pawlenty 1%, Gary Johnson <1%, Indecidido 57%

Última pesquisa[editar | editar código-fonte]

Uma pesquisa foi realizado pela Research Edison para a Associated Press e redes de televisão, com 1 787 entrevistados, com 4% de margem de erro tanto para cima quanto para baixo. Ron Paul tinha 24% dos votos dos homens e Rick Santorum tinha 27% dos votos das mulheres.[133][134]

Resultados oficiais[editar | editar código-fonte]

Resultados de Iowa por condados:
  Rick Santorum (64)
  Ron Paul (16)
  Mitt Romney (16)
  Rick Perry (2)
  Empate entre Paul/Santorum (1)
Flag of Iowa.svg Caucuses do Partido Republicano de Iowa, 3 de janeiro de 2012[135]
Candidato Votos Porcentagem Projeção de delegados
AP
[136]
CNN
[137]
GP
[138]
America Symbol.svg Rick Santorum 29 839 24,56% 13 7 7
Mitt Romney 29 805 24,53% 12 7 6
Ron Paul 26 036 21,43% 0 7 7
Newt Gingrich 16 163 13,30% 0 2 4
Rick Perry 12 557 10,33% 0 0 0
Michele Bachmann 6 046 4,98% 0 0 0
Jon Huntsman 739 0,61% 0 0 0
Sem preferência 147 0,12% 0 0 0
Herman Cain (desistente) 45 0,04% 0 0 0
Outros 40 0,03% 0 0 0
Sarah Palin 23 0,02% 0 0 0
Buddy Roemer 17 0,01% 0 0 0
Fred Karger 10 0,01% 0 0 0
Gary Johnson 8 0,01% 0 0 0
Donald Trump 5 0,00% 0 0 0
Paul Ryan 3 0,00% 0 0 0
Rudy Giuliani 2 0,00% 0 0 0
Mike Huckabee 2 0,00% 0 0 0
Ben Lange 2 0,00% 0 0 0
Roy Moore 2 0,00% 0 0 0
Tim Pawlenty 2 0,00% 0 0 0
Condoleezza Rice 2 0,00% 0 0 0
Jared Blankenship 1 0,00% 0 0 0
Pat Buchanan 1 0,00% 0 0 0
John McCain 1 0,00% 0 0 0
Ralph Nader 1 0,00% 0 0 0
Robert Ray 1 0,00% 0 0 0
Scott Walker 1 0,00% 0 0 0
Delegados não projetados: 3 5 6
Total: 121 501 100,0% 28 28 28

Referências

  1. «Entenda o processo eleitoral nos EUA». BBC Brasil. 2 de fevereiro de 2012. Consultado em 16 de março de 2012. 
  2. «Para entender direito: As primárias». Folha.com. Consultado em 16 de março de 2012. 
  3. publico.pt (19 de janeiro de 2012). «Afinal foi Santorum quem ganhou no Iowa». Consultado em 20 de janeiro de 2012. 
  4. Holly Ramer, "Huntsman: Republican race wide open in Iowa's wake" (January 4, 2012). Associated Press.
  5. Katherine Q. Seelye and Jeff Zeleny, "Romney, With a Tight Win, Goes to N.H." (January 4, 2012). New York Times
  6. Karen Tumulty, "Iowa caucus results: Romney edges Santorum; Paul finishes third" (January 4, 2012). Washington Post.
  7. Jacobs, Jennifer (19 de janeiro de 2012). «REGISTER EXCLUSIVE: 2012 GOP caucus count unresolved». Des Moines Register. Consultado em 19 de janeiro de 2012. 
  8. Pace, David (19 de janeiro de 2012). «Although Santorum leads Romney by 34 votes, Iowa GOP won't declare a winner of state caucuses». Minnesota Star Tribune. Consultado em 19 de janeiro de 2012. 
  9. Stephen Ohlemacher, "Romney edges Santorum in race for Iowa delegates" (January 4, 2012). Associated Press.
  10. "Romney, Santorum on top as GOP race shifts to New Hampshire" (January 4, 2012). CNN.
  11. Stephanie Condon. Santorum and Romney in dead heat" (January 3, 2012). CBS News.
  12. Santorum and Romney in dead heat CBS News. Jan. 3, 2012. Retrieved Jan. 4, 2012.
  13. Peter Hamby, Pawlenty drops out of presidential race" (August 14, 2011). CNN.
  14. Michael D. Shear and Jeff Zeleny, "Pawlenty Drops Out of Republican Race" (August 14, 2011). New York Times.
  15. "2011-2012 Primary Debates -- Schedule.
  16. a b c d Jedd Rosche, "Iowa Caucuses 2012: By the numbers" (January 2, 2012).
  17. a b "Editorial: In Iowa, a plague of stealth spending" (January 4, 2012). Detroit Free Press.
  18. Sarah Wheaton, "Bachmann Says She Will Not Continue in the Race" (January 4, 2012). New York Times.
  19. "Michele Bachmann drops out of GOP race after Iowa caucuses" (January 4, 2012). Washington Post.
  20. Chris Tomlinson, "Perry leaving 'quirky' Iowa for South Carolina" (January 4, 2012). Associated Press.
  21. Dave Montgomery and Maria Recio, "Texas Gov. Rick Perry decides to stay in presidential race" (January 4, 2012). McClatchy Newspapers.
  22. Associated Press and Philip Elliott, "Perry: Reassessing Bid After Iowa Caucuses (January 4, 2012).
  23. «Strategic National Releases New Poll of Iowa GOP Caucus Goers». Strategic National. 20 de janeiro de 2011. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  24. Benen, Steve (15 de maio de 2011). «'All the factors say go, but my heart says no'». Washington Monthly. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  25. «IA-2012 Caucus: 21% Romney, 15% Cain, 15% Palin, 12% Gingrich (PPP 5/27-30)». Public Policy Polling. The Huffington Post. 1 de junho de 2011. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  26. Rucker, Philip (9 de junho de 2011). «Romney will skip Iowa straw poll in August». The Washington Post. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  27. «Bachmann Leads Republican Presidential Field by 13 Points» (PDF). Magellan Strategies. 13 de julho de 2011. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  28. Weiner, Rachel (16 de julho de 2010). «Michele Bachmann starting tea party caucus». Washington Post. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  29. «Presidential Candidate Profile: Michele Bachmann». KWQC. 2 de novembro de 2011. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  30. Weiner, Rachel (5 de outubro de 2011). «Sarah Palin not running for president». Washington Post. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  31. Klein, Philip (22 de maio de 2011). «Mitch Daniels not running for President». Washington Examiner. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  32. Miller, Zeke (26 de agosto de 2011). «Pataki Not Running For President». Business Insider. Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  33. Montopoli, Brian (22 de fevereiro de 2011). «John Thune not running for president». CBS News. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  34. Hamby, Peter (25 de abril de 2011). «Barbour not running for prez». CNN. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  35. Cilliza, Chris (24 de março de 2011). «Jim DeMint won't run for president in 2012». The Washington Post. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  36. Karl, Jonathan (4 de outubro de 2011). «Chris Christie Not Running for President». ABC News. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  37. Huff, Richard (16 de maio de 2011). «Donald Trump not running for President, but he's already won: 'Celebrity Apprentice' rides buzz wave». New York Daily News. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  38. Travis, Shannon (8 de janeiro de 2011). «Herman Cain talks to CNN on announcing presidential exploratory committee». CNN. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  39. «Calendar: Full 2012 Calendar». Politico. 8 de janeiro de 2011. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  40. «Calendar: Full 2012 Calendar». Politico. 9 de janeiro de 2011. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  41. Zeleny, Jeff (3 de março de 2011). «Gingrich Tests 2012 Presidential Support». The New York Times. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  42. Madison, Lucy (3 de março de 2011). «Former La. Gov. Buddy Roemer considers 2012 presidential bid». CBS News. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  43. Conroy, Scott (7 de março de 2011). «Big Night in Iowa for Five Presidential Hopefuls». Faith and Freedom Coalition. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  44. «Calendar: Full 2012 Calendar». Politico. 1 de abril de 2011. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  45. Steinhauser, Paul (13 de abril de 2011). «Santorum announces presidential exploratory committee». CNN. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  46. «Calendar: Full 2012 Calendar». Politico. 25 de abril de 2011. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  47. Schear, Michael D. (26 de abril de 2011). «As Ron Paul Weighs Presidential Run, His Issues Are Already Being Debated». The New York Times. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  48. «Calendar: Full 2012 Calendar». Politico. 23 de março de 2011. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  49. «Calendar: Full 2012 Calendar». Politico. 27 de maio de 2011. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  50. «Waterloo, Iowa, Greets Hometown Girl Michele Bachmann». CBS. 26 de junho de 2011. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  51. Simmons, Gregory (21 de junho de 2011). «Jon Huntsman Makes It Official: 'I'm a Candidate for the Office of President of the United States of America'». ABC News. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  52. Jacobs, Jennifer (11 de agosto de 2011). «GOP presidential candidate Jon Huntsman will visit Iowa State Fair this morning». Des Moines Register. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  53. a b Burns, Alexander (23 de junho de 2011). «Ron Paul bids high at Ames Straw Poll auction». Politico. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  54. a b Derby, Kevin (13 de agosto de 2011). «Michele Bachmann Narrowly Defeats Ron Paul in Iowa Straw Poll». Sunshine State News. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  55. Weprin, Alex (12 de agosto de 2011). «FNC's Bret Baier, Chris Wallace Draw Praise from Critics for Debate Moderation». Consultado em 5 de novembro de 2011. 
  56. a b c «Fireworks Erupt at GOP Presidential Debate in Iowa». Associated Press. Fox News. 12 de agosto de 2011. Consultado em 5 de novembro de 2011. 
  57. a b «Candidates hit hard in testy GOP debate». Consultado em 17 de outubro de 2011. 
  58. Montanaro, Domenico (13 de agosto de 2011). «Bachmann Wins Ames Straw Poll». MSNBC. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  59. Montopoli, Brian (13 de agosto de 2011). «Rick Perry enters presidential race with Obama broadside». CBS News. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  60. Thomma, Steven (14 de agosto de 2011). «Bachmann, Perry, Romney top tier Republicans - But still no frontrunner». San Francisco Sentinel. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  61. Frances Martel (August 15th, 2011). «Jon Stewart Scolds Media For Ignoring Rep. Ron Paul: 'I Mean, F*ck That Guy, Right?'». mediaite.com. Consultado em 2 de janeiro de 2012.  Verifique data em: |data= (ajuda)
  62. Pompeo, Joe (16 de agosto de 2011). «Is the news media treating Ron Paul's presidential campaign unfairly?». Yahoo! News. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  63. Smith, Ben (14 de agosto de 2011). «Rick Perry schools Michele Bachmann in Waterloo». Politico. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  64. «Tim Pawlenty withdraws from U.S. presidential race». CBC News. 14 de agosto de 2011. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  65. Isenstadt, Alex (27 de setembro de 2011). «Thaddeus McCotter may be hurt by his presidential run». Politico. Consultado em 5 de novembro de 2011. 
  66. Bernstein, Jonathan (11 de outubro de 2011). «Rick Perry is in­cred­ibly bad at debates». The Washington Post. Consultado em 3 de novembro de 2011.  soft hyphen character character in |título= at position 17 (ajuda)
  67. Trumbull, Mark (15 de outubro de 2011). «Rick Perry has the money, but Herman Cain has 9-9-9 momentum». The Christian Science Monitor. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  68. «2012 Iowa Republican Caucus». Rasmussen Reports. 20 de outubro de 2011. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  69. Schoenberg, Shira (17 de novembro de 2011). «Cain says he has put sexual harassment allegations behind him». The Boston Globe. Consultado em 18 de novembro de 2011. 
  70. MacAskill, Ewen (28 de novembro de 2011). «Herman Cain accused of 13-year affair with Atlanta woman». The Guardian. Consultado em 16 de dezembro de 2011. 
  71. «2012 Iowa Republican Caucus». Rasmussen Reports. 17 de novembro de 2011. Consultado em 18 de novembro de 2011. 
  72. Lynch, James (17 de novembro de 2011). «Poll: GOP race up for grabs in Iowa». The Globe Gazette. Consultado em 18 de novembro de 2011. 
  73. Saulny, Susan (3 de dezembro de 2011). «A Defiant Herman Cain Suspends His Bid for Presidency». The New York Times. Consultado em 16 de dezembro de 2011. 
  74. Bennett, Dashiell (5 de dezembro de 2011). «Herman Cain Will Endorse Newt Gingrich». The Atlantic. Consultado em 16 de dezembro de 2011. 
  75. «Gingrich Spokesman: No Cain Endorsement on Monday». Fox News. 4 de dezembro de 2011. Consultado em 16 de dezembro de 2011. 
  76. «Media Advisory: The Republican Party of Iowa Caucus Procedure». 29 de dezembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2011. 
  77. Kent, Jo (11 de dezembro de 2011). «What Jon Huntsman did instead of debate». MSNBC. Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  78. «Newt Gingrich is focus of attacks at GOP debate in Iowa». ABC News. 10 de dezembro de 2011. Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  79. Goodman, Lee-Anne (10 de dezembro de 2011). «Romney fails to score knockout punch on Gingrich in latest GOP debate». Global News. Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  80. Graves, Lucia (10 de dezembro de 2011). «Newt Gingrich To Mitt Romney: You Couldn't Be A Career Politician If You Tried». The Huffington Post. Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  81. Johnson, Glen (12 de dezembro de 2011). «Mitt Romney risked losing cool, outlined diplomatic style in weekend debate». The Boston Globe. Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  82. DeLong, Matt (11 de dezembro de 2011). «Mitt Romney challenges Rick Perry to $10,000 bet in GOP debate». The Washington Post. Consultado em 16 de dezembro de 2011. 
  83. a b c Geiger, Kim (18 de dezembro de 2011). «Bachmann, Paul hit Gingrich for 'influence peddling'». Los Angeles Times. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  84. a b Kain, E.D. (15 de dezembro de 2011). «Ron Paul and Michele Bachmann Square Off Over a Nuclear Iran». Forbes. Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  85. Sullivan, Sean (15 de dezembro de 2011). «Iowa Debate: Perry Wants To Be `Tim Tebow'». National Journal. Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  86. James, Frank (16 de dezembro de 2011). «Romney Regains Stride; Gingrich Shows Old Newt At Sioux City Debate». NPR. Consultado em 18 de dezembro de 2011. 
  87. Somashekhar, Sandhya (14 de dezembro de 2011). «Rick Perry kicks off Iowa bus tour, wants voters to take a second look». The Washington Post. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  88. a b Ericson, Jon (21 de dezembro de 2011). «Bachmann's bus tour stops in hometown». WCFCourier.com. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  89. Stegmeier, Mary (22 de dezembro de 2011). «Ron Paul back next week for three-day visit». Des Moines Register. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  90. Gentilviso, Chris (21 de dezembro de 2011). «Newt Gingrich Iowa Capitol Protests: Occupy Des Moines Drives GOP Candidate Out Of Building». The Huffington Post. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  91. Bowman, Sarah (18 de dezembro de 2011). «Santorum Visits Small Town Iowa». Yahoo! News. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  92. Boxer, Sarah B. (22 de dezembro de 2011). «Romney stays busy in New Hampshire». CBS News. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  93. Wiser, Mike (15 de dezembro de 2011). «GOP candidates go after Obama in last Iowa debate». Iowa Caucus. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  94. a b Jensen, Tom (18 de dezembro de 2011). «Paul takes lead as Gingrich collapses in Iowa». Public Policy Polling. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  95. Lynch, James (20 de dezembro de 2011). «Vote 2012: Ron Paul Takes Lead in KCRG/Gazette/ISU Poll». KCRG. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  96. «2012 Iowa Republican Caucus Iowa: Romney 25% Paul 20% Gingrich 17%». Rasmussen Reports. 21 de dezembro de 2011. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  97. «Ron Paul's "Tea Party" money bomb meets $4 million goal». The State Column. 19 de dezembro de 2011. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  98. «New Ad Urges Iowans to Caucus for Palin» 
  99. «Santorum surge could spell an Iowa upset». The Washington Times. 2 de janeiro de 2012. Consultado em 4 de janeiro de 2012. 
  100. «Debate: Santorum says his "very clear" conservative message will pay off with Iowa Republicans» 
  101. Mike Glover, "Santorum declares 'game on' after Iowa surge" (January 4, 2011). Associated Press.
  102. «Mitt Romney celebrates GOP win; 2 rivals flounder» 
  103. «InsiderAdvantage/Majority Opinion Research Iowa GOP Presidential Poll – 12.18.11» (PDF) 
  104. «RealClearPolitics - Election 2012 - Iowa Republican Presidential Caucus». www.realclearpolitics.com 
  105. James Oliphant, "Santorum supporters watch Iowa caucus returns in disbelief (January 3, 2012). Los Angeles Times.
  106. a b Paul Blumenthal, "Super PACs Dominate Iowa Caucus, Helping Mitt Romney Run Ahead" (December 31, 2011). Huffington Post.
  107. Tina Daunt, "Super PAC Spending Drops Gingrich to Fourth Place in Iowa (Analysis)" (January 3, 2012). Hollywood Reporter.
  108. Brian C. Mooney, "Negative ads aimed elsewhere" (January 2, 2012). Boston Globe.
  109. Ruth Marcus, "Super PACs are a dangerous new weapon" (January 3, 2012). Washington Post.
  110. Glenn Kessler. "Romney versus Gingrich: a Super PAC’s over-the-top ad" (December 21, 2011). Washington Post.
  111. a b Ginger Gibson, "Iowa caucus results: Angry Newt Gingrich bolts after bad finish" (January 4, 2012). Politico.
  112. a b Kevin Liptak, "Nearly half of Iowa ads attack Gingrich" (December 30, 2011). CNN.
  113. Nicholas Congfessore and Jim Rutenberg, "Group's Ads Rip at Gingrich as Romney Stands Clear" (December 30, 2011). New York Times.
  114. Sarah Huisenga. "Gingrich: Romney wants to 'buy election'" (January 1, 2012). CBS News.
  115. Robin Abcarian and Seema Mehta, "Republican candidates flood Iowa with negative ads." (December 22, 2011). Los Angeles Times.
  116. a b Jeffrey H. Anderson, "Votes Received per $1,000 Spent in Iowa" (January 4, 2012). Weekly Standard.
  117. "BuzzFeed Exclusive: How Much Did The Republicans Waste On Television Ads In Iowa?" (January 3, 2012). Buzzfeed.
  118. Felicia Sonmez, "Perry spent more than $300 per vote in Iowa; Santorum, only 73 cents" (January 4, 2011). Washington Post.
  119. Derek Thompson, "$480: The Price Rick Perry Paid for Each Iowa Caucus Vote" (January 3, 2012). The Atlantic.
  120. Clayworth, Jason (6 de outubro de 2011). «Iowa caucuses could move up to December to precede Nev.». USA Today. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  121. Bowman, Quinn (4 de janeiro de 2008). «'Change' Candidates Win Big in Iowa». PBS. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  122. Taylor, Steven (29 de setembro de 2011). «Florida Moves its Primary». Outside the Beltway. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  123. a b c Jacobs, Jennifer (25 de outubro de 2011). «GOP chairman: Florida will be penalized, and 2012 race is now set». Des Moines Register. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  124. Nir, David (24 de outubro de 2011). «Nevada Republicans cave, move caucuses to Feb. 4». Daily Kos. Consultado em 3 de novembro de 2011. 
  125. Dan Friedman, "Iowa Pols: Few Attacks, Few Endorsements: Branstad, King Have Not Attacked or Endorsed" (January 1, 2012). National Journal.
  126. David Gregory, "Iowa guv delivers predictions but no endorsement" (January 1, 2012). CNN.
  127. Kathie Obradovich, "Grassley won't endorse before caucuses" (October 19, 2011). Des Moines Register.
  128. "Grassley Won't Make Endorsement" (October 19, 2011). Teagan Goddard's Political Wire.
  129. David M. Drucker, "Steve King Decides to Stay on Iowa Sidelines" (January 2, 2012). Roll Call.
  130. Shushannah Walsh, "Iowa’s Secretary of State Matt Schultz to Endorse Rick Santorum" (December 9, 2011). ABC News.
  131. Igor Volsky, "Anti-Gay Marriage Leaders Endorse Rick Santorum" (December 20, 2011). Think Progress.
  132. Amy Gardner, "Gingrich collects endorsements from Iowa, New Hampshire House speakers, faces Occupy-style protesters" (December 21, 2011).
  133. "Entrance Poll: Iowa Republicans" (January 3, 2012). CNN.
  134. "Entrance poll offers a look at the traits and preferences of Iowa caucus-goers" (January 4, 2012). Associated Press.
  135. «Iowa GOP Certified Iowa Caucus Presidential Preference Vote Totals». Consultado em 11 de fevereiro de 2012. 
  136. «2012 Election: Primaries» 
  137. «Iowa Results - Primaries - 2012 Election Center - Elections & Politics from CNN.com». edition.cnn.com 
  138. «Iowa Republican Delegation 2012». www.thegreenpapers.com 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]