Clorexidina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Clorexidina
Alerta sobre risco à saúde
Chlorhexidine.png
Nome IUPAC (1E)-2-[6-[[amino-[(E)-[amino-(4-chloroanilino)methylidene]amino]methylidene]amino]hexyl]-1-[amino-(4-chloroanilino)methylidene]guanidine
Identificadores
Número CAS 55-56-1
PubChem 5353524
DrugBank APRD00545
ChemSpider 2612
Código ATC A01AB03
SMILES
InChI
1S/C22H30Cl2N10/c23-15-5-9-17(10-6-15)31-21(27)33-19(25)29-13-3-1-2-4-14-30-20(26)34-22(28)32-18-11-7-16(24)8-12-18/h5-12H,1-4,13-14H2,(H5,25,27,29,31,33)(H5,26,28,30,32,34)
Propriedades
Fórmula química C22H30Cl2N10
Massa molar 505.45 g mol-1
Aparência líquido
Ponto de fusão

134 °C

Solubilidade em água 0.8 g/L (solúvel)
Farmacologia
Ligação plasmática 87%
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

O gluconato de clorexidina (citado também como digluconato de clorexidina ou digliconato de clorexidina, ou simplesmente clorexidina) é um antisséptico químico, com ação antifúngica e bactericida, capaz de eliminar tanto bactérias gram-positivas quanto gram-negativas. Possui também ação bacteriostática, inibindo a proliferação bacteriana.

Acredita-se que o mecanismo de ação ocorra através da ruptura da membrana celular, e não pela inativação por ATPase como se pensava anteriormente.[carece de fontes?]

Em 1979, a Clorexidina foi considerada pelo World Health Organization (WHO, Organização das Nações Unidas - ONU) como substância essencial e passou a ser um produto de primeira escolha.[1]

Sua toxidade conforme a DL 50 é de 1.800 mg/kg/dia (peso corporal) o que a torna praticamente atóxica, além de não ser poluente e não exalar gases.

Produtos contendo o Gluconato de Clorhexidina em altas concentrações devem ser mantidos longe dos olhos (podendo causar úlceras de córnea) e do ouvido médio (podendo provocar surdez), entretanto é utilizado em pequenas concentrações em algumas soluções para lentes de contato.

Disponibilidade[editar | editar código-fonte]

No Brasil é vendido pelas empresas AlphaQuimica , VIC PHARMA como CLOREXIDINA Digluconato 20% e RIOQUÍMICA com o nome de RIOHEX ,em diversas apresentações, aquosas, alcoólicas ou degermantes à (0,2% - 0,5% - 1% - 2% - 4%) e RIOHEX GARD 0,12% como enxaguatório bucal. As variações da clorexidina são encontrados na maioria das vezes no ambiente hospitalar, para uso doméstico também é encontrada no Merthiolate (nova fórmula), ou no Riohex 1% da Rioquímica, com o nome de PerioGard, fabricado pela Colgate-Palmolive, como o RiohexGard 012%. Em certos países está disponível apenas sob prescrição médica. No Reino Unido é vendido sob os nomes de Corsodyl ou Chlorohex, na Suécia como Descutan ou Hibiscrub, na Alemanha como Chlorhexamed, e na Austrália como Savacol. É utilizada, também, na medicina veterinária para combater a placa bacteriana e bactérias orais nos animais. O mais utilizado é o Hálito Dine fabricado pela Vansil Saúde Animal.[2][carece de fonte melhor]

Aplicações dentais[editar | editar código-fonte]

Ver também: Anti-sépticos, Anti-séptico bucal

Em otologia, geralmente é utilizado como ingrediente ativo em exaguantes bucais para combater a placa bacteriana e outras bactérias orais.

Produtos a base de gluconato de clorexidina geralmente são utilizados no combate ou prevenção de afecções gengivais, como a gengivite. De acordo com a Colgate,[3] não há provas de que o gluconato de clorexidina reduza cálculos subgengivais e em alguns estudos, foi capaz de aumentar esse depósito.

Desativação[editar | editar código-fonte]

A clorexidina é desativada por compostos aniônicos, incluindo o surfactante aniônico comumente utilizado como detergente em cremes dentais e soluções bucais. Por essa razão, soluções para enxágue bucal à base de clorexidina devem ser usadas, no mínimo, trinta minutos após outros produtos dentais. Para melhores efeitos, comer, beber, fumar e utilizar soluções de enxágüe devem ser evitada por no mínimo 30 minutos após o uso.

Outras aplicações[editar | editar código-fonte]

O Gluconato de clorexidina também é utilizado em aplicações não-dentais, mais notáveis sob os nomes de Oronine, Avagard, Hibiclens, Hibiscrub, ChloraPrep, BIOPATCH, e Exidine. Também é componente do antisséptico doméstico Savlon. É geralmente utilizado na limpeza da pele em pré-operatórios e também em alguns pequenos procedimentos invasivos como substituto a soluções contendo iodo.

A Clorexidina também é considerada a melhor e mais eficaz solução para sanitizar e desinfetar equipamentos, utensílios, superfícies, ambientes e também é utilizado na limpeza CIP. É utilizada em frigoríficos, abatedouros, laticínios, e indústrias de alimentos em geral.[carece de fontes?]

Como também o Neogidine para uso veterinário (para o controle de doenças respiratórias em aves e suínos) e o Neoprodine antibacteriano (melhorador de desempenho) para Aves e Suinos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]