Colin Kaepernick

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Colin Kaepernick

Colin Kaepernick em 2012.
No. --     Free Agent
Quarterback
Informações pessoais
Data de nascimento: 3 de novembro de 1987 (30 anos)
Local de nascimento: Milwaukee, Wisconsin
Colegial : John H. Pitman (Turlock, Califórnia)
Altura: 6 ft (Formatting error: invalid input when rounding ) Peso: 230 lb (0 kg)
Informação da carreira
Faculdade: Nevada
Draft da NFL: 2011 / Rodada: 2 / Escolha: 36
Estreou em 2011 pelo San Francisco 49ers
História da carreira
 Como jogador:
Pontos altos na carreira e prêmios
  • Rivals National Freshman of the Week
  • 8x WAC Offensive Player of the Week
  • WAC Freshman of the Year (2007)
  • Fireman's Award (2007)
  • WAC Offensive Player of the Year (2008, 2010)
  • WAC All Conference QB 1st Team (2008, 2010)
  • WAC All Conference QB 2nd Team (2009)
  • Golden Helmet (2008, 2009, 2010)
  • Humanitarian Bowl MVP (2008)
  • Membro do 2010 WAC Championship Team
  • Membro do 2011 Kraft Fight Hunger Bowl Team
  • NFC Offensive Player of the Week (2012)
Estatísticas de carreira na NFL até a temporada de 2016
TDINT     72–30
Jardas aéreas     12 271
Passer rating     88,9
TDs terrestres     13
Jardas terrestres     2 300

Colin Rand Kaepernick (3 de novembro de 1987, Milwaukee) é um jogador de futebol americano que atuava na posição de quarterback na National Football League, mas atualmente está sem time.[1] Ele jogou futebol americano na Universidade de Nevada. No Draft de 2011, ele foi selecionado pelo San Francisco 49ers na segunda rodada na 36ª escolha. Kaepernick começou sua carreira profissional com os 49ers em seu segundo ano na liga, depois que o QB titular, Alex Smith, se lesionou. No meio da temporada de 2012, Kaepernick tornou-se o principal quarterback do time, conseguindo avançar para os playoffs da NFL. Ele estabeleceu um recorde da liga em jardas corridas (181) em um único jogo por um quarterback, sendo que nenhum outro conseguiu esse número em playoffs ou em temporada regular.[2]

Kaepernick foi o terceiro jogador com menos jogos na temporada regular (7) a chegar nas finais. Ele liderou o San Francisco 49ers em 2012 na campanha dos playoffs até o Super Bowl XLVII, mas perdeu o grande jogo.[3]

Em 2016, Kaepernick ganhou atenção nacional quando começou a protestar antes de cada jogo, não prestando homenagem durante a execução do hino nacional dos Estados Unidos, preferindo ficar sentado ou ajoelhado na lateral do campo. Segundo ele, seus protestos eram motivados contra desigualdade e brutalidade racial que, segundo ele, assolam o país.[4][5] Suas ações geraram uma série de respostas de atletas, políticos, jornalistas e do público, com muitos o apoiando (incluindo outros jogadores e ativistas) e outros afirmando que ele desrespeitava a bandeira e a honra da nação. Kaepernick acabou não encontrando um time para jogar na temporada de 2017 e muitos fãs e analistas afirmaram que isso se deve a controvérsia dos seus protestos, enquanto seus críticos dizem que ele não era contratado pois seus números em campo não eram tão bons. Suas ações acabaram gerando muita controvérsia e debates nos Estados Unidos a respeito de liberdade de expressão e racismo.[6]

Referências

  1. Colin Rand Kaepernick - stats. Página acessada em 31 de dezembro de 2012.
  2. "Colin Kaepernick - Athlete, Football Player". Biography.com. Página acessada em 29 de setembro de 2017.
  3. "Super Bowl XLVII: Colin Kaepernick shines in losing effort". Página acessada em 29 de setembro de 2017.
  4. «Colin Kaepernick explains why he sat during national anthem». NFL.com (em inglês). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  5. Boren, Cindy. «Colin Kaepernick reportedly will now stand during the national anthem». chicagotribune.com (em inglês). Consultado em 20 de agosto de 2017 
  6. «The Colin Kaepernick debate is broken -- both sides are wrong». ESPN.com. Consultado em 28 de setembro de 2017 


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Colin Kaepernick