Confederação Brasileira de Boxe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Confederação Brasileira de Boxe
Fundação 5 de março de 1933 (84 anos)
Filiação à AIBA Sim
Sede São Paulo, SP
Presidente Mauro José da Silva
Ouro nas Olimpíadas Não
Ouro em Pan  ?
Mundiais Éder Jofre: Peso Galo (1960, pela AMB); Unificado Galo (1962); Pena (1973, pelo CMB)
Miguel de Oliveira: Médio-Ligeiro (1975, pelo CMB)
Acelino "Popó" Freitas: Super-Pena (1999, pela OMB); Unificado Super-Pena (2002, pela AMB); Leve (2004, pela OMB); Leve (2006, pela OMB)

A Confederação Brasileira de Boxe (CBB) é o órgão responsável pela organização dos eventos e representação dos atletas de boxe no Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 5 de março de 1933, inicialmente denominada de Federação Carioca de Boxe.[1]

Foi reorganizada em 3 de agosto de 1935, sob o nome de Federação Brasileira de Pugilismo e por força do Decreto Lei Nº 3199 de 14/4/41, constituída em Confederação pelas entidades: Federação Paulista de Pugilismo, Federação Metropolitana de Pugilismo, Federação Mineira de Pugilismo e Federação Fluminense de Pugilismo, em Assembléia Geral realizada em 1 de agosto de 1941.[1]

Durante vários anos foi uma entidade eclética, e administrou os esportes de lutas como caratê, judô, capoeira, artes marciais, luta livre, luta greco-romana, entre outros, até que as modalidades foram se organizando e formando suas próprias entidades específicas.[1]

Na Assembléia Geral Extraordinária em 8 de maio de 1998, com a reforma dos estatutos e adequação à Lei Pelé, a denominação foi alterada para Confederação Brasileira de Boxe.[1]

No boxe profissional, as maiores expressões foram os Campeões Mundiais Éder Jofre, Miguel de Oliveira e Acelino "Popó" Freitas.[1]

No boxe amador o maior feito foi a medalha de bronze nas Olimpíadas do México em 1968, com o peso mosca Servílio de Oliveira.[1]

Realiza anualmente seu tradicional Campeonato Brasileiro de Boxe Amador há mais de 50 anos, nas diversas regiões do país, além de torneios regionais.[1]

Filiações[editar | editar código-fonte]

A Confederação Brasileira de Boxe é filiada aos seguintes órgãos:[1]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre boxe ou boxeador é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.