Confederação Brasileira de Basketball

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde maio de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura por outros significados de CBB, veja CBB.
Confederação Brasileira de Basketball
Fundação 25 de dezembro de 1933 (84 anos)
Filiação à FIBA Sim
Sede Rio de Janeiro, RJ
Presidente Guy Peixoto
Ouro em Pan 1971, 1987, 1999, 2003, 2007
Mundiais 1959, 1963

A Confederação Brasileira de Basketball (CBB) é o órgão responsável pela organização dos eventos e representação dos atletas do basquete no Brasil, especialmente os Campeonatos Brasileiros de Basquete Masculino e Feminino. A CBB é filiada ao Comitê Olímpico Brasileiro e à Federação Internacional de Basquetebol (FIBA). Seu atual presidente é Guy Peixoto. Foi fundada em 1933, na cidade do Rio de Janeiro.

Em 1933 houve uma cisão no esporte nacional, quando os clubes que adotaram o profissionalismo do futebol criaram entidades especializadas dos vários desportos. Nasceu assim a Federação Brasileira de Basketball, fundada a 25 de dezembro de 1933, no Rio de Janeiro. Em assembleia aprovada dia 26 de dezembro de 1941, passou ao nome atual, Confederação Brasileira de Basketball.

Durante a década de 2010, a CBB enfrentou uma dissidência política que levou à criação da Nossa Liga de Basquetebol e à Associação de Clubes Brasileiros de Basquetebol.[1] Ambas tiveram existência efêmera, mas levaram a mudanças na modalidade, com o campeonato nacional sendo remodelado em 2008-2009 para Novo Basquete Brasil, organizado pela Liga Nacional de Basquete, formada pelos próprios clubes participantes.[1]

Em 2011, A CBB voltou a organizar um campeonato de clubes, com o retorno da Supercopa Brasil de Basquete, como uma competição de acesso para o NBB. EM 2014, com a criação da Liga Ouro, também organizada pela LNB, a Supercopa perdeu prestígio, passando a ser considerada a 3ª divisão nacional.[2]

Em 2017, a CBB criou a Copa Brasil Interclubes, uma competição para as categorias de base.[3]

Em outubro de 2018, a CBB anunciou que a edição de 2019 seria a última da Liga Ouro e que uma nova competição, organizada pela CBB, tomaria o seu lugar.[4]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b maquinadoesporte.uol.com.br. «Unida, LNB traz Globo e revigora basquete». Consultado em 14 de abril de 2014. Cópia arquivada em 14 de abril de 2014 
  2. «Divisão de Acesso do NBB | Blog Blog do Renatinho». globoesporte.com. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  3. «Copa Brasil de Clubes estreia com competição Sub-21 masculina». www.olimpiadatododia.com.br. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  4. «CBB extingue a Liga Ouro e volta a organizar um campeonato de clubes - Esportes - Estadão». Estadão 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]