Confederação Brasileira de Basketball

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura por outros significados de CBB, veja CBB.

A Confederação Brasileira de Basketball (CBB) é o órgão responsável pela organização dos eventos e representação dos atletas do basquete no Brasil, especialmente os Campeonatos Brasileiros de Basquete Masculino e Feminino. A CBB é filiada ao Comitê Olímpico Brasileiro e à Federação Internacional de Basquetebol (FIBA). Seu atual presidente é Guy Peixoto. Foi fundada em 1933, na cidade do Rio de Janeiro.

Em 1933, houve uma cisão no esporte nacional, quando os clubes que adotaram o profissionalismo do futebol criaram entidades especializadas dos vários desportos. Nasceu assim, a Federação Brasileira de Basketball, fundada em 25 de dezembro de 1933, no Rio de Janeiro. Em assembleia, aprovada dia 26 de dezembro de 1941, passou ao nome atual, Confederação Brasileira de Basketball.[1]

Durante a década de 2010, a CBB enfrentou uma dissidência política que levou à criação da Nossa Liga de Basquetebol e à Associação de Clubes Brasileiros de Basquetebol.[2] Ambas tiveram existência efêmera, mas levaram a mudanças na modalidade, com o campeonato brasileiro sendo remodelado em 2008-2009 para Novo Basquete Brasil, organizado pela Liga Nacional de Basquete, formada pelos próprios clubes participantes. O NBB, porém, é chancelado e reconhecido como Campeonato Brasileiro da 1ª divisão pela CBB. O mesmo acontece com a Liga de Basquete Feminino (LBF).[2]

Em 2011, A CBB voltou a organizar um campeonato de clubes, com o retorno da Supercopa Brasil de Basquete, como uma competição de acesso para o NBB. EM 2014, com a criação da Liga Ouro, também organizada pela LNB, a Supercopa perdeu prestígio, passando a ser considerada a 3ª divisão nacional.[3]

Em 2017, a CBB criou a Copa Brasil Interclubes, uma competição para as categorias de base.[4]

Em outubro de 2018, a CBB anunciou que a edição de 2019 seria a última da Liga Ouro e que uma nova competição, organizada pela CBB, tomaria o seu lugar.[5]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «O esporte no Brasil». bx3. Consultado em 17 de maio de 2019 
  2. a b maquinadoesporte.uol.com.br. «Unida, LNB traz Globo e revigora basquete». Consultado em 14 de abril de 2014. Cópia arquivada em 14 de abril de 2014 
  3. «Divisão de Acesso do NBB | Blog Blog do Renatinho». globoesporte.com. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  4. «Copa Brasil de Clubes estreia com competição Sub-21 masculina». www.olimpiadatododia.com.br. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  5. «CBB extingue a Liga Ouro e volta a organizar um campeonato de clubes - Esportes - Estadão». Estadão 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]