Culcita macrocarpa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Como ler uma infocaixa de taxonomiaCulcita macrocarpa
feto-de-cabelinho
Culcita macrocarpa
Culcita macrocarpa
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Pteridophyta
Classe: Polypodiopsida
Ordem: Cyatheales
Família: Culcitaceae
Género: Culcita
Espécie: C. macrocarpa
Nome binomial
Culcita macrocarpa
C.Presl (1836)
Sinónimos
  • Dicksonia culcita L'Her.

Culcita macrocarpa C.Presl 1836, conhecido pelos nomes comuns de feto-de-cabelinho ou feto-abrum, é uma espécie de pteridófito pertencente à família Culcitaceae (anteriormente era incluído na família Dicksoniaceae) com distribuição restrita à região biogeográfica macaronésica e ao sudoeste da Europa.

Descrição[editar | editar código-fonte]

C. macrocarpa é um feto homospórico perene com um rizoma grosso e rastejante, caracteristicamente coberto por páleas piliformes[1] de cor avermelhada com função protectora. Os rizomas podem atingir mais de um metro de comprimento e ser bifurcados. As frondes podem ultrapassar os 2 metros de comprimento, com lâminas bi a pentapinadas, com lobos lanceolados de consistência coreácea. O pecíolo tem em geral o mesmo comprimento que a lâmina.

Produz soros reniformes marginais, no extremo das nervuras, protegidos por um indúsio formado por duas valvas, uma formada por um verdadeiro indúsio e outra formada por um prolongamento da própria lâmina. Os esporângios são piriformes, com maturação basípeta e anel oblíquo, esporos triléticos.

Habitat e distribuição geográfica[editar | editar código-fonte]

Este pteridófito é um caméfito robusto, geralmente prostrado, que vive em zonas de elevada humidade do solo e da atmosfera e com pequenas oscilações térmicas. O substrato ideal para o desenvolvimento de C. macrocarpa são os solos orgânicos ácidos ricos em húmus situados em locais sombrios e rochosos. O habitat mais favorável são os bosques ripários das zonas costeiras.

Esta espécie paleomediterrânica é uma relíquia dos bosques tropicais do Terciário europeu[2]. Actualmente é um endemismo ibero-macaronésico com as suas populações ameaçadas e reduzidas a algumas áreas relíquia na Península Ibérica (Maciço Cantábrico e zona norte da Galiza; Serra de Algeciras, na Andaluzia; e Serra de Pias, na região montanhosa do Douro), Açores (todas as ilhas com excepção da Graciosa e de Santa Maria), Madeira e Tenerife (Canárias).

Notas

  1. Delgadas e finas, parecendo um pêlo.
  2. PICHI-SERMOLLI, R. E. G. 1979. "A survey of the pteridological flora of the Mediterranean region". Webbia, 34:175-242.

Referências

  • Erik Sjögren, Plantas e Flores dos Açores. Edição do autor. 2001.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Culcita macrocarpa