Dassault Mirage G

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mirage G
Caça
Mirage G8 (abaixo) e G4 (acima)
Descrição
Tipo / Missão Caça turbojato de geometria variável bimotor multipropósito
País de origem  França
Fabricante Dassault Aviation
Período de produção 1965-1970
Quantidade produzida 3
Desenvolvido de Dassault Mirage F2
Primeiro voo em 18 de novembro de 1967 (55 anos)
Aposentado em Cancelado nos anos de 1970
Variantes
  • Mirage G4
  • Mirage G8
Tripulação 1
Especificações (Modelo: Mirage G8-02)
Dimensões
Comprimento 18,80 m (61,7 ft)
Altura 5,35 m (17,6 ft)
Peso(s)
Peso vazio 14 740 kg (32 500 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 x turbojatos de pós-combustão SNECMA Atar 9K50 de 4 999 kgf (49 000 N) e 7 148 kgf (70 100 N) em pós-combustão
Performance
Velocidade máx. em Mach 2,2 Ma
Alcance (MTOW) 3 850 km (2 390 mi)
Teto máximo 18 500 m (60 700 ft)
Notas
Envergadura: 15,40 m (50,5 ft) estendida
8,70 m (28,5 ft) contraída

No final dos anos 1960, a Dassault Aviation desenvolveu o Mirage G, que tinha a asa geometricamente variável. A versão G4 possuía 2 assentos e a versão G8, apenas um. Devido ao seu alto custo, foi cancelado em 1970.[1]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em 1964, o Ministério da Defesa francês solicitou um programa de desenvolvimento de aeronaves de asa variável para uso em terra dupla e porta-aviões. A França havia participado com a aeronave de geometria variável anglo-francesa (AFVG) antes de abandonar seu interesse; mais tarde, a Dassault recebeu um pedido para um protótipo, alimentado por um único turbofan Pratt & Whitney/SNECMA TF-306 em outubro de 1965.[2]

A primeira aeronave de varredura variável da Dassault surgiu como o caça monomotor de dois lugares Mirage G em 1967, essencialmente uma versão de asa oscilante do Mirage F2. As asas foram varridas a 22 graus quando totalmente para a frente e 70 graus quando totalmente para trás e apresentavam flaps de borda de fuga de duas posições com fenda dupla e flaps de borda de ataque de duas posições.[3]

Os ensaios de voo foram relativamente bem sucedidos, mas nenhuma ordem de produção se seguiu, o programa Mirage G foi cancelado em 1968.[2] Voar com o Mirage G continuou no entanto até 13 de janeiro de 1971, quando o único protótipo foi perdido em um acidente.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Green, William (1972). The Observer's Book Of Aircraft (em inglês). [S.l.]: Frederick Warne & Co Ltd. p. 84. 287 páginas. ISBN 978-0-72321-507-3 
  2. a b Dassault Aviation - Mirage G history www.dassault-aviation.com Recuperado: 10 de abril de 2010
  3. Green 1968, p. 78.
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.