Dave Beasant

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dave Beasant
Dave Beasant
Beasant em 2003.
Informações pessoais
Nome completo David John Beasant
Data de nasc. 20 de março de 1959 (58 anos)
Local de nasc. Willesden,  Reino Unido
Nacionalidade Inglês
Altura 1,93 m
Apelido Lurch
Informações profissionais
Clube atual Inglaterra Reading
Posição Treinador de goleiros (Ex-goleiro)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1978–1979
1979–1988
1988–1989
1989–1992
1992
1992
1993–1997
1997–2001
2001–2002
2001
2002
2002
2003
2003–2004
2013
2014–2015
Inglaterra Edgware Town
Inglaterra Wimbledon
Inglaterra Newcastle United
Inglaterra Chelsea
Inglaterra Grimsby Town (emp.)
Inglaterra Wolverhampton (emp.)
Inglaterra Southampton
Inglaterra Nottingham Forest
Inglaterra Portsmouth
Inglaterra Tottenham (emp.)
Inglaterra Bradford City
Inglaterra Wigan Athletic
Inglaterra Brighton & Hove Albion
Inglaterra Fulham
Inglaterra North Greenford United
Inglaterra Stevenage
00? (?)
340 (0)
020 (0)
133 (0)
006 (0)
004 (0)
088 (0)
139 (0)
027 (0)
001 (0)
000 (0)
000 (0)
016 (0)
000 (0)
001 (0)
000 (0)
Seleção nacional
1989–1991
1991
Flag of England.svg Inglaterra B
Flag of England.svg Inglaterra
7 (0)
2 (0)

David John "Dave" Beasant (Willesden, perto de Londres, 20 de março de 1959) é um ex-futebolista inglês que atuava como goleiro. Exerce atualmente a função de treinador de goleiros no Reading.

Seu apelido é "Lurch", por conta de sua semelhança com o personagem homônimo da série The Addams Family.

Carreira em clubes[editar | editar código-fonte]

Beasant iniciou sua carreira em 1978, no Edgware Town, jogando uma temporada antes de assinar com o Wimbledon, onde se destacaria com o título da Copa da Inglaterra de 1987-88 sobre o Liverpool, que saiu derrotado por 1 a 0 (gol marcado por Lawrie Sanchez). Beasant foi o primeiro goleiro a ser capitão em uma final de FA Cup.[1]

Saiu do Wimbledon em 1988 e assinou contrato com o Newcastle United, tendo atuado em 20 jogos. Beasant teve ainda boa passagem pelo Chelsea[2] entre 1989 e 1992 (133 partidas pelos Blues). Emprestado para Grimsby Town e Wolverhampton, onde não teve muito sucesso, o goleiro teve novamente presenças destacadas por Southampton e Nottingham Forest.

Em 2001, foi contratado pelo Portsmouth como substituto de Aaron Flahavan, morto em acidente automobilístico. No mesmo ano, foi novamente emprestado, desta vez ao Tottenham, atuando em um único jogo.

Beasant passou o ano de 2002 sem jogar por Bradford City e Wigan Athletic, que priorizavam Matt Clarke, Aidan Davison (ambos alternavam-se no gol do Bradford) e John Filan, respectivamente, como titulares.

A última temporada do goleiro como titular foi em 2002-03, quando, aos 44 anos, foi contratado pelo Brighton & Hove Albion, onde disputaria 16 partidas, já no final da mesma. Em 2004, assinou com o Fulham, sendo o último atleta nascido na década de 1950 em atividade na Premier League.

Em 2013, Beasant voltou aos gramados para defender o North Greenford United, clube que disputa a primeira divisão da Southern Football League em um jogo.[3] Em 11 de outubro de 2014, foi relacionado para a partida entre Stevenage e Carlisle United,[4][5] uma vez que Sam Beasant, filho de Dave e que também é goleiro, se machucou. Porém, o veterano não chegou a atuar na partida, que terminou com vitória dos "Cumbrians" por 3 a 0, e perdeu a chance de ser o jogador profissional mais velho a atuar nas quatro divisões profissionais do futebol inglês - marca pertencente a Neil McBain, que também jogava no gol e era técnico do New Brighton - uma série de lesões afetou o time, e McBain, aos 51 anos de idade, assumiu a responsabilidade contra o Hartlepool United. Em maio de 2015, contra o Southend United, pelos play-offs da League Two, foi escalado outra vez como suplente, atualizando o recorde de jogador mais velho das 4 divisões profissionais do futebol inglês (56 anos de idade), mas, assim como ocorrera contra o Carlisle United, não entrou em campo. Desde junho de 2015, Beasant é treinador de goleiros do Reading.[6]

Seleção[editar | editar código-fonte]

Beasant disputou apenas 2 jogos pela Seleção Inglesa principal, em 1991, e 7 pelo time B, entre 1989 e 1991.[7]

Chamado de última hora por Bobby Robson para a Copa de 1990 no lugar de David Seaman, que havia se machucado, Beasant não teve chances no torneio - Robson admitiu que pretendia substituir o titular, Peter Shilton, no último minuto da prorrogação contra a Alemanha Ocidental para colocar Dave em seu lugar, apenas para a disputa de pênaltis, vencida pelos alemães.

Referências

  1. Beasant, Dave (15 de maio de 2010). «14 May 1988: The first FA Cup final penalty save». Guardian. Londres. Consultado em 24 de junho de 2011 
  2. «Dave Beasant – Chelsea FC 1989–1993». (Part 1) 1989–91. Football Heroes.net. Consultado em 15 de abril de 2010 
  3. «Beasant rolls back the years for United». This is Nottingham. Consultado em 20 de agosto de 2013 
  4. «Beasant, 55, on the bench as Stevenage lose». BBC Sport. 11 de outubro de 2014. Consultado em 12 de outubro de 2014 
  5. «Stevenage aposta em goleiro de 55 anos para partida da quarta divisão inglesa». Trivela. 12 de outubro de 2014 
  6. «Reading: Royals to add four new staff». Reading FC Official Website. 25 de junho de 2015. Consultado em 25 de junho de 2015 
  7. «Elenco da Copa de 90». Consultado em 13 de fevereiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]