Dead Inside

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Dead Inside"
Single de Muse
do álbum Drones
Lançamento 23 de março de 2015
Formato(s) Download digital
Gênero(s) Rock alternativo
Duração 4:23 (versão do álbum)
3:50 (edição de rádio)
Gravadora(s) Warner Bros., Helium-3
Composição Matthew Bellamy
Produção Robert Lange, Muse
Cronologia de singles de Muse
"Panic Station"
(2013)
"Mercy"
(2015)

"Dead Inside" é uma canção da banda inglesa de rock Muse. É o primeiro single oficial do sétimo álbum do grupo, intitulado Drones, sendo lançado em 23 de março de 2015.[1]

Contexto e descrição[editar | editar código-fonte]

Colocando a canção em perspectiva em relação ao disco, o líder da banda, Matthew Bellamy, afirmou: "é onde a história do álbum começa, onde o protagonista parte a esperança e se torna 'morto por dentro' ("Dead inside"), então fica vulnerável as forças da escuridão em 'Psycho' e isso se desenvolve nas canções seguintes, antes de terminar, revoltante, e sobrepujando as forças da escuridão no fim da história.[1]

A revista Rolling Stone descreveu a canção como um "relacionamento de horror" que "articula o drama para o álbum 'Drones'". O artigo completa dizendo que o Muse "fez do fim tumultuoso de uma relação em uma canção funky pop em 'Dead Inside', a mais recente faixa do disco novo. O líder Matt Bellamy canta o refrão com seus companheiros de banda como versos chocantes até um verso de baixo, como se 'eu vi magia nos seus olhos/no lado de fora você está em chamas e viva, mas você está morta por dentro.'"[2]

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD single
N.º Título Duração
1. "Dead Inside"   4:23
2. "Psycho"   5:28
Single promocional
N.º Título Duração
1. "Dead Inside" (edição de rádio) 3:50

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

A 3 de abril de 2015, Muse começou a mostrar pedaços do videoclipe que da música, através do Instagram do baterista do grupo, Dominic Howard. O clipe foi lançado oficialmente no dia 28 de abril, dirigido por Robert Hales e conta com a participação dos dançarinos Will B. Wingfield e Kathryn McCormick na coreografia feita por Tessandra Chavez.[3]

Tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Paradas (2012) Melhor
posição
 Bélgica (Ultratop 50 Flandres)[4] 28
 Bélgica (Ultratop 40 Valônia)[4] 12
Escócia (Official Charts Company)[5] 43
 Finlândia (Suomen virallinen lista)[6] 26
 França (SNEP)[4] 23
Suíça (Schweizer Hitparade)[4] 53
 Reino Unido (UK Singles Chart)[7] 71
 Estados Unidos (Billboard Rock Airplay)[8] 1
 Estados Unidos (Billboard Rock Songs)[9] 1
 Estados Unidos (Billboard Alternative Songs)[10] 13

Referências

  1. a b Trendell, Andrew. «New Muse single 'Dead Inside' to be premiered today». Gigwise. Consultado em 23 de março de 2015. 
  2. Grow, Kory (23 de março de 2015). «Hear Muse's Relationship Horror Song 'Dead Inside'». Rolling Stone. Consultado em 23 de maio de 2015. 
  3. "Muse Drops Futuristic Video for 'Dead Inside'". Página acessada em 23 de maio de 2015.
  4. a b c d "Muse - 'Dead Inside' - charts". Página acessada em 6 de abril de 2015.
  5. "Official Scottish Singles Chart Top 100: Archive Chart: 2015-03-29". Página acessada em 4 de junho de 2015.
  6. "Suomen virallinen lista - Artistit - Muse: Dead Inside". Página acessada em 6 de abril de 2015.
  7. "Archive Chart: 2015-04-04". The Official Charts Company. Página acessada em 6 de abril de 2015.
  8. «Muse - Chart history (Rock Airplay)». Billboard. Consultado em 23 de maio de 2015. 
  9. «Muse - Chart history (Rock Songs)». Billboard. Consultado em 23 de maio de 2015. 
  10. «Muse - Chart history (Alternative Songs)». Billboard. Consultado em 23 de maio de 2015. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single de Muse é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.