Dedo de Deus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dedo de Deus
Dedo de Deus
Dedo de Deus está localizado em: Brasil
Dedo de Deus
Coordenadas 22° 30' S 43° 03' O
Altitude 1 692[1][2] m (5 551 pés)
Localização Guapimirim, Rio de Janeiro
 Brasil
Cordilheira Serra dos Órgãos

O Dedo de Deus é um pico com 1 692 metros de altitude[3] cujo contorno se assemelha a uma mão apontando o dedo indicador para o céu. É um dos vários monumentos geológicos da Serra dos Órgãos, que fica localizada na Serra do Mar, entre as cidades de Petrópolis, Guapimirim e Teresópolis, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O pico encontra-se nos limites do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, na área territorial de Guapimirim, sendo melhor avistado a partir do Mirante do Soberbo, localizado na BR-116, próximo à entrada do município de Teresópolis.

O montanhismo no Brasil está intimamente ligado à conquista do Dedo de Deus por José Teixeira Guimarães e pelos irmãos Américo de Oliveira (Acácio, Alexandre e Raul Carneiro), todos teresopolitanos, em 9 de abril de 1912. O pico é um símbolo do estado do Rio de Janeiro, figurando na bandeira e no brasão do mesmo.

Em 1912, José Guimarães Teixeira, Raul Carneiro e os irmãos Américo, Alexandre e Acácio de Oliveira, todos de Teresópolis, foram os primeiros a pisar no topo da formação rochosa.[1]

Homenagens[editar | editar código-fonte]

Brasão do Estado do Rio de Janeiro destacando a montanha Dedo de Deus

Os brasões do estado do Rio de Janeiro e dos municípios de Magé, Teresópolis e Guapimirim fazem referência a montanha.

Quanto ao brasão do Estado Rio de Janeiro, a primeira seção, ocupando a metade superior, é azul, representando o céu e simbolizando a justiça, a verdade e a lealdade, com a silhueta da Serra dos Órgãos, destacando-se o pico Dedo de Deus.[4] O símbolo foi criado pela Constituição Estadual de 1892 e oficializado no governo de José Tomás da Porciúncula, com pequenas diferenças ao longo do tempo, e a configuração atual foi instituído pela Lei 5 138, de 7 de fevereiro de 1963 e, posteriormente, revisado, descrito e interpretado pela Lei 5 588, de 5 de outubro de 1965, no governo do general Paulo Torres.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]