Do Universo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Do Universo, ou Do Mundo, é o trabalho de um autor desconhecido que falsamente alegado ser Aristóteles. Como consequência, o autor é referido como um Pseudo-Aristóteles. A data da obra é incerta tem-se argumentado que foi composta antes de 250 a.C, ou entre 350 e 200 a.C.[1] É encontrado nos números 391-401 na Numeração de Bekker.

Após a sua publicação original em grego, a obra foi traduzida para o latim por Apuleio, em sírio por Sergius de Reshaina e três distintas versões em árabe.[2]

Referências

  1. A. P. Bos. The Soul and Its Instrumental Body: A Reinterpretation of Aristotle's Philosophy of Living Nature BRILL [S.l.] p. 210. ISBN 978-90-04-13016-6. 
  2. McCollum, Adam (2011). "Sergius of Reshaina as Translator: The Case of the De Mundo". In: Lössl, Josef; Watt, John W. Interpreting the Bible and Aristotle in Late Antiquity: The Alexandrian Commentary Tradition Between Rome and Baghdad (Farnham, Surrey: Ashgate Publishing). p. 165. ISBN 9781409410072. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o:
Portal de Filosofia
  • De Mundo em grego no Greco interattivo.