Ed Reed

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ed Reed

Ed Reed em 2008.
No. 20, 22     
Free Safety
Informações pessoais
Data de nascimento: 11 de setembro de 1978 (40 anos)
Local de nascimento: St. Rose, Luisiana
Colegial : Destrehan High School
Altura: 5 ft 11 in (1 80 m) Peso: 205 lb (93 kg)
Informação da carreira
Faculdade: Universidade de Miami
Draft da NFL: 2002 / Rodada: 1 / Escolha: 24
Estreou em 2002 pelo Baltimore Ravens
Jogou pela última vez em 2013 pelo New York Jets
História da carreira
 Como jogador:
 Como técnico:
Situação atual: Aposentado
Pontos altos na carreira e prêmios
  • Campeão do Super Bowl (XLVII)
  • 9× selecionado para o Pro Bowl (2003, 2004, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012)
  • 8× nomeado All-Pro (2003, 2004, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011)
  • AP NFL Defensive Player of Year (2004)
  • Liderou a NFL em interceptações em 2004, 2008 e 2010
  • Liderou a NFL em jardas e interceptações em 2004
  • Retorno de interceptação mais longo na história da NFL (108 jardas)
  • Sporting News 2000s All-Decade Team (2009)
  • NFL 2000s All-Decade Team (2010)
Estatísticas de carreira na NFL até a temporada de 2013
Tackles     643
Interceptações     64
Jardas de interceptação     1 590
Touchdowns defensivos     13
Fumbles forçados     11
Estatísticas no NFL.com
Estatísticas no pro-football-reference.com
College Football Hall of Fame

Edward Earl Reed Jr. (11 de setembro de 1978, St. Rose, Luisiana) é um ex-jogador de futebol americano que atuava na posição de free safety na NFL. Foi escolhido pelo Baltimore Ravens no Draft de 2002 da NFL, sendo a vigésima-quarta escolha

no total. Ele jogou futebol americano universitário pela Universidade de Miami.[1]

Em sua carreira, Reed foi escolhido para nove Pro Bowls, sendo o último que participou o da temporada de 2012, e possui o recorde de maior retorno de uma interceptação na NFL (107 jardas, em 2008). Ele é considerado um dos safeties de mais alto nível na história da NFL e era chamado às vezes pelo apelido de "ball hawk" (Gavião da bola).[2][3][4][5] Desde que entrou na liga, Reed era conhecido por estudar através de gravações as tendências do time adversário.[6][7] O hábito de Reed de induzir quarterbacks a lançarem passes que eram interceptados também garantiu reconhecimento para ele na liga.[8]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Reed nasceu em St. Rose, Louisiana em 11 de setembro de 1978. Ele freqüentou a Destrehan High School em Destrehan, Louisiana.[9] Ele foi selecionado para o time de todos os estados como defensive back e como um retornador de chute, ele também foi escolhido o MVP Defensivo pelo New Orleans Times-Picayune District.[10]

Reed totalizou 83 tackles, sete interceptações, três fumble forçados e 12 passes desviados em seu último ano, enquanto também jogou como running back e quarterback. Ele também retornou três punts para touchdowns. O número 20 da camisa de Reed foi aposentado pela universidade. Reed também praticou basquete, beisebol e atletismo.

Atletismo[editar | editar código-fonte]

Além do futebol americano, Reed era um atleta de atletismo de destaque na Destrehan High School. Ele era um membro da equipe de 4×100 metros. Ele estabeleceu um recorde de 56,94 metros no arremesso de dardo. Também era um grande saltador de longa distância, registrando um salto pessoal de 7,20 metros.

Enquanto estava na faculdade, Reed se juntou à equipe de atletismo da Universidade de Miami em 2000, onde competiu como saltador e lançador de dardo. Ele ficou em 7º no salto triplo no Grande Campeonato do Leste de 2000, estabelecendo um salto de 14,58 metros na carreira. Além disso, ele terminou em 3º no arremesso de dardo, com um arremesso de 60,08 metros.[11]

Carreira universitária[editar | editar código-fonte]

Reed recebeu uma bolsa de estudos esportivos para estudar na Universidade de Miami, onde foi destaque defensivo de 1997 a 2001. Ele jogou pela equipe que venceu o Campeonato Nacional de 2001.[12]

Reed liderou a equipe com duas interceptações e quatro fumbles forçados na temporada de 1998. Ele teve mais duas interceptações na temporada de 1999. Reed foi nomeado para a Primeira-Equipe All-American na temporada de 2000 e 2001. Em 2001, ele liderou o país com nove interceptações para 209 jardas, que era um recorde escolar e três touchdowns.

Reed foi homenageado como o Jogador Defensivo do Ano da Big East em 2001 e foi nomeado Jogador Defensivo Nacional do Ano pela Football News. Ele foi finalista do Jim Thorpe Award e foi semifinalista do Bronko Nagurski Trophy.

Reed estabeleceu vários recordes durante seu tempo na Universidade de Miami. Ele detém o recorde de interceptações de 21, jardas de retorno de interceptação com 389 e interceptações retornadas para touchdowns com cinco.[13] Ele também bloqueou quatro punts durante sua carreira de quatro anos. Além disso, ele foi um membro da equipe de atletismo durante seus anos em Miami e foi campeão da Big East no dardo.[14]

Reed e o wide receiver de Indianapolis Colts, Reggie Wayne, foram colegas de quarto durante o tempo que passaram na Universidade de Miami. Ele se formou em 2001 com um diploma de bacharel em artes. Reed foi introduzido no Hall da Fama dos Esportes da Universidade de Miami como parte de sua Classe de 2012 em um banquete realizado em Miami em 29 de março de 2012.[15]

Reed foi introduzido no Hall da Fama do College em 7 de janeiro de 2018.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Defense
Ano Time Jogos Tackles Perda de jardas Passes Des Int Fumbles
1998 Miami 11 90 2.0 7 2 4
1999 Miami 12 74 4.0 4 2 0
2000 Miami 11 80 0.0 23 8 0
2001 Miami 11 44 1.0 18 9 0
Totais 45 288 7.0 52 21 4

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Baltimore Ravens[editar | editar código-fonte]

O Baltimore Ravens selecionou Reed na primeira rodada (24° escolha geral) no Draft de 2002. Reed foi o segundo safety seleciodo, atrás de Roy Williams de Universidade de Oklahoma (8° no geral) que foi selecionado pelo Dallas Cowboys.[16]

2002[editar | editar código-fonte]

Reed (20), Ray Lewis e Chris McAlister jogam pelos Ravens contra Chris Henry, do Cincinnati Bengals, em 2006.

Em 3 de agosto de 2002, o Baltimore Ravens assinou com Reed um contrato no valor de US $ 6,18 milhões por cinco anos.[17]

Ele fez sua estréia na temporada regular na abertura da temporada contra o Carolina Panthers e registrou três jogadas tackles na derrota por 10-7. Em 30 de setembro de 2002, Reed gravou quatro tackles solo, um desvio de passe, bloqueou um chute e fez sua primeira interceptação na carreira durante uma vitória por 34-28 contra o Denver Broncos na semana 4.[18]

Na semana seguinte, ele fez três tackles solo, quatro desvios de passes, e interceptou um passe do quarterback dos Browns, Tim Couch, durante uma vitória por 26-21 contra o Cleveland Browns na semana 5. Na semana 6, Reed teve três tackles sozinho e fez seu primeiro sack na carreira no quarterback Peyton Manning durante a derrota dos Ravens por 22-20 por Indianapolis Colts.

Em 10 de novembro de 2002, Reed teve cinco tackles individuais, dois passes desviados e duas interceptações na vitória dos Ravens por 38-27 contra o Cincinnati Bengals na semana 10.

Ele foi titular em todos os 16 jogos como um novato em 2002 e fez 85 tackles combinados (71 solo), 12 passe desviados, cinco interceptações e um sack.[19]

2003[editar | editar código-fonte]

Reed foi titular na abertura da temporada contra o Pittsburgh Steelers e teve dez tackles combinados (sete solo) e um passe desviado em uma vitória por 34-14. Na semana seguinte, ele teve três tackles solo, três passes desviados, duas interceptações e marcou seu primeiro touchdown na carreira durante uma vitória por 33-13 contra o Cleveland Browns na semana 2.

Em 12 de outubro de 2003, ele teve seis tackles combinados, desviou um passe, fez uma interceptação e bloqueou um punt antes de retornar para um touchdown durante uma vitória por 26-18 contra o Arizona Cardinals na semana 6. Na semana 12, ele fez sete tackles combinados e devolveu um chute bloqueado para um touchdown de 16 jardas durante uma vitória por 44-41 sobre o Seattle Seahawks. Reed foi selecionado para o Pro Bowl de 2004, marcando a primeira seleção de sua carreira.

Ele foi titular em todos os 16 jogos em 2003 e registrou 71 tackles combinados (59 solo), 16 passes desviados, sete interceptações, três touchdowns e um sack.[20]

O Baltimore Ravens terminou em primeiro na AFC North com um recorde de 10-6 e ganhou um vaga nos playoffs. Em 3 de janeiro de 2004, Reed foi titular em seu primeiro jogo de playoff na carreira mas os Ravens foram derrotados por 20-17 para o Tennessee Titans no wild card, ele teve um passe desviado e uma interceptação.

2004[editar | editar código-fonte]

Em 26 de setembro de 2004, Reed teve três tackles combinados, três passes desviado e interceptou dois passes do quarterback dos Bengals, Carson Palmer, em uma vitória por 23-9 na semana 3. Na semana 9, Reed teve três tackles combinados, desviou um passe e retornou uma interceptação para um touchdown de 106 jardas quando os Ravens derrotaram o Cleveland Browns por 27-13.[21] Na semana 12, ele teve nove tackles combinados e teve um passes desviado durante uma derrota por 24-3 para o New England Patriots.

Em 23 de dezembro de 2004, foi anunciado que Reed foi selecionado para jogar no Pro Bowl de 2005.[22] Ele foi titular em todos os 16 jogos e registrou 76 tackles combinados (62 solo), oito passes desviado, nove interceptações, três fumbles forçados e dois sacks.[23] Reed foi eleito o Jogador Defensivo do Ano da NFL pela Associated Press.

2005[editar | editar código-fonte]

Em 16 de outubro de 2005, Reed teve seis tackles combinados durante a vitória por 16-3 contra o Cleveland Browns na semana 6. Reed ficou inativo pelos próximos seis jogos (Semanas 7-12) devido a uma lesão no tornozelo.[24]

Ele terminou a temporada de 2005 com 37 tackles combinados (33 solo), nove passes desviados ​​e uma interceptação em dez jogos.

2006[editar | editar código-fonte]

Em 27 de junho de 2006, o Baltimore Ravens assinou com Reed uma prorrogação de contrato de US $ 40 milhões que inclui um bônus de assinatura de US $ 15 milhões.[25]

Reed com os Ravens em 2008.

Na semana 4, Reed conseguiu sete tackles combinados, um passes desviados e registrou seu primeiro Safety na carreira durante uma vitória por 16-13 contra o Seattle Seahawks.

Em 5 de novembro de 2006, Reed teve três tackles combinados e marcou um touchdown na vitória dos Ravens por 26-20 contra o Cincinnati Bengals na semana 9. Em 10 de dezembro de 2006, ele registrou três tackles combinados, fez três passes desviados e interceptou dois passes durante uma vitória de 20-10 sobre o Kansas City Chiefs na semana 12.

Em 20 de dezembro, 2006, Reed foi nomeado para o Pro Bowl de 2007. Ele foi titular em todos os 16 jogos em 2006 e registrou 59 tackles combinados (51 solo), nove passes desviados, cinco interceptações, um fumble forçado e um touchdown.[26]

2007[editar | editar código-fonte]

Ele foi titular na abertura da temporada contra o Cincinnati Bengals e fez um tackle, desviou um passe e teve seu primeiro retorno de punt para um touchdown em uma derrota por 27-20.[27] Em 14 de outubro de 2007, ele registrou três tackles combinados, desviou um passe e fez uma interceptação durante uma vitória por 23-3 contra o St. Louis Rams na semana 6.

Em 18 de dezembro de 2007, foi anunciado que Reed foi selecionado para jogar no Pro Bowl de 2008.[28] Ele foi titular em todos os 16 jogos em 2007 e gravou 39 tackles combinados (29 solo), 13 passes desviados e sete intercepções. Reed também serviu como um retornador de punt em 2007 e terminou a temporada com dez retornos para 94 jardas e um touchdown.[29] No Pro Bowl de 2008, ele teve duas interceptações, empatando o recorde do Pro Bowl.

2008[editar | editar código-fonte]

Em 21 de setembro de 2008, Reed teve dois tackles combinados, teve dois passes desviados e retornou uma interceptação para um touchdown de 32 jardas durante uma vitória de 28-10 contra o Cleveland Browns na semana 3. Em 23 de novembro de 2008, Reed fez dois tackles combinados, quatro passes desviados, dois passes interceptados e retornou uma interceptação para um touchdown de 107 jardas durante uma vitória por 36-7 contra o Philadelphia.[30] A bola que ele interceptou e a camisa que ele usava durante a jogada agora são exibidas no NFL Hall of Fame.[31]

Na semana 15, ele teve oito tackles combinados e um sack no quarterback Ben Roethlisberger durante uma derrota por 13-9 para o Pittsburgh Steelers. Em 16 de dezembro de 2008, Reed foi anunciado como selecionado para o Pro Bowl de 2009.[32] Na semana seguinte, ele fez um tackle, dois passes desviados e interceptou dois passes do quarterback Tony Romo na vitória dos Ravens por 33-24 sobre o Dallas Cowboys na semana 16. Na semana 17, Reed teve três tackles individuais, dois passes desviados e duas interceptações de David Garrard na vitória de Baltimore por 27-7 contra o Jacksonville Jaguars. Sua performance marcou seu quarto jogo da temporada com duas interceptações.

Reed foi titular em todos os 16 jogos em 2008 e registrou 41 tackles combinados (34 solo), 16 passes desviados, nove interceptações, dois touchdowns, um sack e um fumble forçado.[33]

O Baltimore Ravens terminou a temporada de 2008 em segundo lugar no AFC North, com um recorde de 11-5 e ganhou um vaga nos playoffs. Em 4 de janeiro de 2009, Reed teve um tackle, dois passes desviados, duas interceptações e retornou um para um touchdown durante a vitória de 27-9 sobre o Miami Dolphins no wild card.[34] O Baltimore Ravens chegou ao AFC Championship, mas foi derrotado pelo Pittsburgh Steelers, que ganhou o Super Bowl XLIII. Reed teve dois tackles solos e desviou um passe quando os Ravens perderam por 23-14.

2009[editar | editar código-fonte]

Na semana 5, Reed registrou seis tackles solo, desviou um passe e retornou uma interceptação para um touchdown durante a derrota dos Ravens por 17-14 para o Cincinnati Bengals. Reed sofreu uma lesão na virilha e ficou inativo por quatro jogos (semanas 13-16).[35] Em 29 de dezembro de 2009, foi anunciado que Reed foi selecionado para jogar no Pro Bowl de 2010.[36]

Ele terminou a temporada de 2009 com 50 tackles combinados (42 solo), cinco passes desviados, três interceptações, três fumbles forçados e um touchdown. Reed foi o único jogador votado por unanimidade na equipe All-Pro da Associated Press.[37] Em 2009, Reed foi selecionado para o Time da Década (2000s) da Sporting News.[38]

O Baltimore Ravens terminou em segundo na sua divisão com um recorde de 9-7, mas foi eliminado depois de perder por 20-3 para o Indianapolis Colts no Divisional Round. Reed teve uma interceptação em cada um dos jogos dos playoffs dos Ravens.[39]

2010[editar | editar código-fonte]

Reed passou por uma cirurgia no quadril durante a offseason e não pôde participar do campo de treinamento e também perdeu toda a pré-temporada. Em 4 de setembro de 2010, o Baltimore Ravens anunciou que sua recuperação da cirurgia de quadril levaria mais tempo do que o esperado inicialmente.[40]

Em 24 de outubro de 2010, Reed fez quatro tackles solo, dois passes desviados, forçou um fumble e interceptou dois passes do quarterback Ryan Fitzpatrick contra os Bills na semana 7. Na semana 14, ele teve sete tackles combinados e desviou um passe na vitória dos Ravens por 34-28 contra o Houston Texans.

Em 26 de dezembro de 2010, Reed teve três tackles combinados, dois passes desviados e interceptou dois passes do quarterback Colt McCoy durante uma vitória por 20-10 contra o Cleveland Browns na semana 16. Na semana seguinte, ele teve dois tackles combinados, um passe desviado e interceptou dois passes de Carson Palmer, dos Bengals, durante uma vitória por 13-7 sobre o Cincinnati Bengals. Em 28 de dezembro de 2010, Reed foi selecionado para o Pro Bowl de 2011.[41]

Reed terminou a temporada de 2010 com 37 tackles combinados (30 solo), 16 passes desviados e liderou a liga com oito interceptações em dez jogos.[42]

2011[editar | editar código-fonte]

Reed foi titular na abertura da temporada contra o Pittsburgh Steelers e teve seis tackles individuais, quatro passes desviados e interceptou dois passes na vitória por 35-7. Reed teve seu 12º jogo na carreira com múltiplas interceptações e superou Ronnie Lott, ex-San Francisco 49ers, no recorde de mais jogos com interceptação múltipla.[43]

Em 27 de dezembro de 2011, foi anunciou que Reed foi selecionado para o Pro Bowl de 2012.[44] Reed foi titular em todos os 16 jogos em 2011 e registrou 52 tackles combinados (44 solo), oito passes desviados, três interceptações e um sack.[45]

O Baltimore Ravens terminou no topo da AFC North com um recorde de 12-4 e garantiu um lugar nos playoffs. Em 15 de janeiro de 2012, Reed teve seis tackles individuais, desviou quatro passes e interceptou um passe na vitória dos Ravens por 20-13 contra o Houston Texans no Divisional Round. Na semana seguinte, ele fez quatro tackles combinados e dois passes desviados, com os Ravens perdendo por 23-20 para o New England Patriots no AFC Championship Game.[46]

2012[editar | editar código-fonte]

Reed assinando em uma bola em 2012.
Ed Reed depois da vitória no Super Bowl XLVII

Ele foi titular na abertura da temporada contra o Cincinnati Bengals e fez dois tackles solo, dois passes desviados e devolveu uma interceptação para um touchdown de 34 jardas em sua vitória por 44-13. Seu retorno de interceptação de 34 jardas fez dele o líder de todos os tempos da NFL em jardas de retorno de interceptação.[47]

Na semana 3, Reed teve nove tackles combinados e dois passes desviados durante a vitória por 31-30 contra o New England Patriots. Em 19 de novembro de 2012, Reed recebeu uma suspensão de um jogo pela liga "por repetidas violações da regra que proíbe golpes na área de cabeça e pescoço de jogadores indefesos". A suspensão acabou sendo anulada e Reed foi multado em US $ 50.000.

Em 26 de dezembro de 2012, foi anunciado que Reed foi selecionado para o Pro Bowl de 2013.[48] Ele foi titular em todos os 16 jogos em 2012 e registrou 58 tackles combinados (45 solo), 16 passes desviados, quatro interceptações e um touchdown.[49]

Reed e seu filho no M&T Bank Stadium após a vitória dos Ravens no Super Bowl XLVII.

O Baltimore Ravens terminou no topo do AFC North com um recorde de 10-6 e ganhou um lugar no playoff. Eles alcançaram o Super Bowl XLVIII depois de derrotar o Indianapolis Colts por 24-9 no wild card, o Denver Broncos por 38-35 no Divisional Round, e também derrotaram o New England Patriots por 28-13 no AFC Championship Game.

Em 3 de fevereiro de 2013, Reed foi titular no Super Bowl XLVII e teve cinco tackles individuais, desviou um passe e interceptou um passe, na vitória dos Ravens sobre o San Francisco 49ers por 34-31.[50]

2013[editar | editar código-fonte]

Em 24 de janeiro de 2013, Reed afirmou que, apesar dos relatos de que ele poderia se aposentar, ele pretendia jogar no próximo ano.[51]

Reed tornou-se um agente livre depois que seu contrato expirou no final da temporada de 2012,[52] ele marcou um total de 13 touchdowns em sua carreira com o Baltimore Ravens. Além disso, ele registrou três punts bloqueados, um retorno de punt, dois retornos de fumble e sete retornos de interceptação.

Houston Texans[editar | editar código-fonte]

Em 22 de março de 2013, Reed assinou um contrato de três anos no valor de US $ 15 milhões, com US $ 5 milhões garantidos com o Houston Texans.[53] Mais tarde, Reed passou por uma cirurgia artroscópica em seu quadril para reparar uma pequena lesão labral.[54]

Reed fez sua estréia no Houston Texans em 22 de setembro de 2013 contra os Ravens em Baltimore.[55] Conforme a temporada progrediu, Reed viu seu tempo de jogo reduzido. Ele acabou perdendo seu posto de titular para Shiloh Keo durante a semana 9 contra o Indianapolis Colts.[56]

Em 12 de novembro de 2013, Reed foi dispensado pelos Texans após exibir uma produção limitada com apenas 16 tackles, sem interceptações, sem fumble forçado e sem passes desviado em sete jogos.

New York Jets[editar | editar código-fonte]

Reed assinou com o New York Jets em 14 de novembro de 2013. Reed jogou seu primeiro jogo como um jogador dos Jets em 17 de novembro de 2013 contra o Buffalo Bills.

Na semana 14, ele teve sua primeira interceptação da temporada de 2013.[57] Nas Semanas 16 e 17, contra o Cleveland Browns e Miami Dolphins, respectivamente, Reed teve uma interceptação no final do quarto período de cada jogo, para preservar a vitória dos Jets. As intercepções ajudaram o Jets a fechar a temporada com duas vitórias consecutivas para terminar com um recorde de 8-8.

No resto da temporada de 2013, Reed jogou em sete jogos, dos quais ele foi titular em cinco, com 22 tackles, quatro passes desviados e três interceptações. No geral, em 2013, combinado com ambas as equipes que ele jogou, Reed jogou 14 jogos, dos quais ele foi titular em 10, com 42 tackles totais, quatro passes desviados e três interceptações.

Aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Depois de passar todo o ano de 2014 sem jogar, Reed anunciou sua aposentadoria em 6 de maio de 2015. Ele assinou um contrato de um dia com os Ravens e se aposentou oficialmente em 7 de maio de 2015.[58]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Ano TIme Jogos Tackles Interceptações Retornos de Punt Fumbles
Cmb Tot Ast Sacks Int Jardas Avg Lng TD Ret Jardas Avg Lng TD Fumbles TD
2002 BAL 16 85 71 14 1.0 5 167 33.4 59 0 -- -- -- -- -- 1 0
2003 BAL 16 71 59 12 1.0 7 132 18.9 54T 1 5 33 6.6 19 0 1 0
2004 BAL 16 76 62 14 2.0 9 358 39.8 106T 1 -- -- -- -- -- 1 1
2005 BAL 10 37 33 4 0.0 1 23 23.0 23 0 -- -- -- -- -- 0 0
2006 BAL 16 59 51 8 0.0 5 70 14.0 37 1 -- -- -- -- -- 0 0
2007 BAL 16 39 29 10 0.0 7 130 18.6 32 0 10 94 9.4 63T 1 2 0
2008 BAL 16 41 34 7 1.0 9 264 29.3 107T 2 1 8 8.0 8 0 1 1
2009 BAL 12 50 42 8 0.0 3 111 37.0 52T 1 7 29 4.1 9 0 1 0
2010 BAL 10 37 30 7 0.0 8 183 22.9 44 0 3 11 3.7 9 0 2 0
2011 BAL 16 52 44 8 1.0 3 25 8.3 16 0 3 29 9.7 16 0 0 0
2012 BAL 16 58 49 9 0.0 4 78 19.5 34T 1 1 1 1.0 1 0 0 0
2013 HOU / NYJ 14 38 27 11 0.0 3 49 16.3 25 0 -- -- -- -- -- 0 0
Career 174 643 531 112 6.0 64 1,590 24.8 107 7 30 205 6.8 63 1 11 2

Recordes da NFL[editar | editar código-fonte]

  • Mais interceptações nos playoff (9, empatado)
  • Maior Retorno de Interceptação (107 jardas)
  • Mais jardas pós interceptação, carreira (1.590 jardas)
  • Mais punts bloqueados para touchdowns (3, empatado)
  • Primeira pessoa na história da NFL a fazer um touchdown em uma interceptação, retorno de punt, punt bloqueado e fumble.[59]
  • Mais jogos com multi-interceptação, carreira (12)

Recordes dos Ravens[editar | editar código-fonte]

  • Mais interceptações (61)[60]
  • Mais jardas retornadas de interceptações (1,541)
  • Mais interceptações retornadas para touchdown (7)[61]
  • Mais passes desviados (137)
  • Mais jardas retornadas pós-interceptação em um único jogo (150)[62]

Carreira como treinador[editar | editar código-fonte]

Buffalo Bills[editar | editar código-fonte]

Em 13 de janeiro de 2016, Reed foi contratado como assistente de Defensive back do Buffalo Bills.[63] Isso o reuniu com o técnico Rex Ryan pela terceira vez, depois de passar pelos Ravens e Jets durante a carreira de Reed.

Depois de servir a temporada de 2016 em Buffalo, Reed foi demitido pelo novo treinador Sean McDermott após a demissão de Ryan.[64]

Referências

  1. «Ed Reed College Stats | College Football at Sports-Reference.com». College Football at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2017 
  2. Wilson, Aaron (31 de julho de 2006). «Top free safety in the game». Scout.com. Consultado em 28 de novembro de 2008. Arquivado do original em 18 de outubro de 2007 
  3. Sando, Mike (7 de outubro de 2007). «Five to fear: Manning, Brady, Moss, Smith, Gates». Sports.espn.go.com. Consultado em 28 de novembro de 2008 
  4. Chadiha, Jeffri (30 de agosto de 2005). «Top 10 players at the NFL's hottest defensive position». Sportsillustrated.cnn.com. Consultado em 28 de novembro de 2008 
  5. Borges, Ron. «Belichick: Reed's a keeper». Boston Herald website. Consultado em 28 de novembro de 2008 
  6. «Reed Is Determined To Outsmart Rivals». Washington Post website. 1 de agosto de 2006. Consultado em 28 de novembro de 2008 
  7. Hensley, Jamison (6 de julho de 2005). «Spotlight on defensive backs». USA Today website. Consultado em 28 de novembro de 2008 
  8. Prisco, Pete (4 de setembro de 2005). «Secondary deceivers: Reed, Bailey best at sucking in QBs». Sportsline.com. Consultado em 28 de novembro de 2008 
  9. «Ed Reed, hiding in plain sight». ESPN.com (em inglês). 29 de janeiro de 2013. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  10. «Edward Reed - Football». University of Miami Athletics (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  11. «Big East Championships - Mens Results». NJ MileSplit (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  12. «Baltimore Ravens | People | Ed Reed». web.archive.org. 5 de março de 2008. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  13. «Scout.com: Miami All-2000s Team: Defense». web.archive.org. 2 de dezembro de 2008. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  14. Miamisouthpaw (11 de setembro de 2007). «South Florida Sports Paradise: Happy Birthday Ed Reed». South Florida Sports Paradise. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  15. «UM Sports Hall of Fame Announces its Class of 2012 Inductees - HurricaneSports.com - The University of Miami Official Athletic Site». web.archive.org. 28 de dezembro de 2011. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  16. «NFL.com Draft 2018 - NFL Draft History: Full Draft Year». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  17. Spotrac.com. «Ed Reed». Spotrac.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  18. HEISLER, MARK (1 de outubro de 2002). «Broncos Dog It, Lose to Ravens». Los Angeles Times (em inglês). ISSN 0458-3035 
  19. «Ed Reed: Career Stats at NFL.com». www.nfl.com. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  20. «Ed Reed: Career Stats at NFL.com». www.nfl.com. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  21. «Browns vs. Ravens - Game Recap - November 7, 2004 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  22. «2005 NFL Pro Bowl rosters». DeseretNews.com (em inglês). 23 de dezembro de 2004. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  23. «Ed Reed: Game Logs at NFL.com». www.nfl.com. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  24. «Clayton: Safety measures». ESPN.com (em inglês). 28 de outubro de 2005. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  25. «Ravens lock up safety Reed with six-year extension». ESPN.com (em inglês). 27 de junho de 2006. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  26. «Ed Reed: Career Stats at NFL.com». www.nfl.com. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  27. «Ravens vs. Bengals - Game Recap - September 10, 2007 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  28. «2008 Pro Bowl rosters». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  29. «Ed Reed: Game Logs at NFL.com». www.nfl.com. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  30. «Raven Reed's INT return adjusted to 107 yards». ESPN.com (em inglês). 26 de novembro de 2008. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  31. «Ed Sabol's Enshrinement speech | Pro Football Hall of Fame Official Site». www.profootballhof.com. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  32. Bennett, Dashiell. «Your 2009 Pro Bowl Rosters». Deadspin (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  33. «Ed Reed: Game Logs at NFL.com». www.nfl.com. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  34. «Ravens vs. Dolphins - Game Recap - January 4, 2009 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  35. «Ravens safety Reed expected to miss 4th game». ESPN.com (em inglês). 26 de dezembro de 2009. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  36. «2010 Pro Bowl rosters». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  37. «News - Around the NFL». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  38. Blocks, Starting. «Sporting News names its athletes, teams of the decade; LeBron James makes the cut». cleveland.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  39. «Ed Reed: Game Logs at NFL.com». www.nfl.com. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  40. «Ravens' Reed on PUP list, will miss first 6 weeks». ESPN.com (em inglês). 4 de setembro de 2010. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  41. «2011 Pro Bowl rosters». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  42. «Ravens will place six-time Pro Bowl safety Reed on PUP list». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  43. «NFL on Yahoo! Sports - News, Scores, Standings, Rumors, Fantasy Games». Yahoo Sports (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  44. «2012 Pro Bowl rosters». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  45. «Ed Reed: Game Logs at NFL.com». www.nfl.com. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  46. «No serious damage to Ed Reed's ankle». ESPN.com (em inglês). 17 de janeiro de 2012. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  47. «Ed Reed takes interception to the house, record books». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  48. «2013 NFL Pro Bowl roster». ESPN.com (em inglês). 26 de dezembro de 2012. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  49. «Ed Reed: Game Logs at NFL.com». www.nfl.com. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  50. «Super Bowl XLVIII - Seattle Seahawks vs. Denver Broncos - February 2nd, 2014». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  51. Zrebiec, Jeff. «Ravens safety Ed Reed not planning to retire after season». baltimoresun.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  52. Wilson, Aaron. «John Harbaugh says Ravens want to bring back Ed Reed». baltimoresun.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  53. «Ed Reed signs 3-year, $15M deal with Houston Texans». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  54. «Ed Reed reportedly had arthroscopic hip surgery». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  55. Sun, Matt Vensel, The Baltimore. «Ed Reed makes his Houston Texans debut in return to Baltimore». baltimoresun.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  56. «Ed Reed demoted from Houston Texans' lineup». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  57. «Jets safety Ed Reed gets first interception, victory of season against Raiders». NJ.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  58. «Ex-Ravens safety Ed Reed announces retirement». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  59. «Report: Ravens' Reed expected to play, not retire, after hip surgery». NFL.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  60. «Ed Reed Stats, News, Bio». ESPN (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  61. «Baltimore Ravens Career Defense Leaders». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  62. «Breaking News, World News & Multimedia». www.nytimes.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  63. Smith, Michael David (14 de janeiro de 2016). «Rex hires Ed Reed as Bills' assistant defensive backs coach». ProFootballTalk (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  64. Zrebiec, Jeff. «Ed Reed won't return for second season on Bills' coaching staff». baltimoresun.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]