Eduardo Spohr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eduardo Spohr
Eduardo Spohr autografando exemplares de Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida em Curitiba (PR) em 2013
Nome completo Eduardo Spohr
Nascimento 5 de junho de 1976 (41 anos)
Rio de Janeiro Copacabana, Rio de Janeiro, RJ,  Brasil
Nacionalidade brasileiro
Ocupação escritor, jornalista, professor, blogueiro e podcaster
Influências
Gênero literário literatura fantástica
Magnum opus A Batalha do Apocalipse
Religião sem religião[1]
Página oficial
https://www.facebook.com/eduardospohr

Eduardo Spohr (Rio de Janeiro, 5 de junho de 1976) é um jornalista, escritor, professor, blogueiro e podcaster brasileiro. É o autor de A Batalha do Apocalipse[2][3], da trilogia Filhos do Éden, e participante do podcast Nerdcast, do site Jovem Nerd[3].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Eduardo Spohr nasceu no Rio de Janeiro, em 5 de junho de 1976, filho de um piloto de aviões e de uma comissária de bordo. Por conta disso, o autor teve chance de viajar para vários países ainda na infância[4], quando já produzia escritos literários[1]. Embora não tenha religião, seu contato com diversas culturas e a iminência de conflitos na Guerra Fria, durante sua juventude, o motivaram a escrever sobre o fim do mundo e religião em seu livro A Batalha do Apocalipse, situando a trama em várias civilizações[1]. Antes de trabalhar nessa obra, estudou Comunicação Social, a princípio, dedicando-se à Publicidade, porém voltando mais tarde a sua preferência para a profissão de jornalista. Trabalhou os primeiros anos da década de 2000 como repórter, analista de conteúdo do portal iBest e editor do portal Click21.[4]

Já como colaborador do blog Jovem Nerd[3] ao participar do podcast Nerdcast, publicou seu livro na Nerdstore, loja virtual da página, pelo selo NerdBooks, por meio da qual vendeu mais de quatro mil exemplares, ainda sem amparo de editoras.[1] Em junho de 2010, o Grupo Editorial Record publicou A Batalha do Apocalipse pelo selo Verus[5], vendendo, até dezembro do mesmo ano, 50 mil cópias.[3] Logo em seguida, em 2011, lançou o primeiro livro da série Filhos do Éden, intitulado Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida e depois, Filhos do Éden: Anjos da Morte em 2013, e por fim Filhos do Éden: Paraíso Perdido em 2015.

Influências[editar | editar código-fonte]

A lista de obras de ficção que influenciaram Eduardo Spohr vai de Highlander para The Matrix, através de desenhos animados japoneses como Saint Seiya. Quanto aos escritores a lista engloba Robert E. Howard, J.R.R. Tolkien, Neil Gaiman, Alan Moore, Frank Miller, Garth Ennis, Stephen King e H.P. Lovecraft.

Críticas[editar | editar código-fonte]

Mesmo que negligenciado pela crítica especializada, Eduardo é considerado pelo romancista de renome mundial, Paulo Coelho, uma das estrelas desta geração de escritores ainda desconhecidos para o público em geral.[6]

Publicações[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.