Enlightened Sound Daemon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation arrow.svg
Este artigo resulta, no todo ou em parte, de uma tradução do artigo «Enlightened Sound Daemon» na Wikipédia em inglês, na versão original. Você pode incluir conceitos culturais lusófonos de fontes em português com referências e inseri-las corretamente no texto ou no rodapé. Também pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções. (Data da tradução: 27 de outubro de 2018)Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Enlightened Sound Daemon
Gênero(s) Servidor de som
Licença GNU GPL v2
Página oficial www.tux.org/~ricdude/overview.html[ligação inativa]

Em computação, o Enlightened Sound Daemon (ESD ou EsounD) foi o servidor de som do Enlightenment e do GNOME. Esound é um pequeno daemon de som para Linux e UNIX. O ESD foi criado para fornecer uma interface consistente e simples para o dispositivo de áudio, portanto, os aplicativos não precisam ter suporte de driver escrito em cada arquitetura. Ele também foi projetado para melhorar os recursos de dispositivos de áudio, como permitir que mais de um aplicativo compartilhe um dispositivo aberto. O ESD realiza essas tarefas enquanto permanece transparente para o aplicativo, o que significa que o desenvolvedor do aplicativo pode simplesmente fornecer suporte para o ESD e permitir que ele faça o resto. Além disso, a API foi projetada para ser muito semelhante à API do dispositivo de áudio atual, facilitando o porte para o ESD.

O ESD misturará a saída de áudio simultânea de vários programas em execução e emitirá o fluxo resultante para a placa de som.

O ESD também pode gerenciar áudio em rede de forma transparente. Como tal, um aplicativo que ofereça suporte a ESD pode transmitir áudio pela rede para qualquer computador conectado que esteja executando um servidor ESD.

O ESD foi mantido como parte do projeto GNOME, mas a partir de abril de 2009, todos os módulos ESD no GNOME foram portados para libcanberra para sons de eventos ou GStreamer/PulseAudio para todo o resto.

O PulseAudio 2.0 não suporta mais o ESounD.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem o portal:
  • aRts - framework de áudio com servidor de som anteriormente usado no KDE
  • JACK Audio Connection Kit - servidor de som predominante para produção de áudio profissional
  • PulseAudio - servidor de som predominante para uso em desktop

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.