Enter the Dragon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde novembro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Enter the Dragon
O Dragão Ataca (PT)
Operação Dragão (BR)
 Hong Kong -  Estados Unidos
1973 •  cor •  98 min 
Direção Robert Clouse
Produção Fred Weintraub
Paul Heller
Roteiro Michael Allin
Elenco Bruce Lee
John Saxon
Ahna Capri
Género Aventura
Música Lalo Schifrin
Cinematografia Gil Hubbs
Distribuição Warner Brothers
Idioma Inglês Chinês
Página no IMDb (em inglês)

Enter the Dragon (Operação Dragão (título no Brasil) ou O Dragão Ataca (título em Portugal)) ou 龍爭虎鬥 (em chinês: Lóng​ Zhēng​ Hǔ​ Dòu, lit. "O dragão guerreia, o tigre batalha"), também chamado em inglês de The Deadly Three e Blood and Steel, é um filme de 1973 do gênero aventura em estilo de artes marciais, dirigido por Robert Clouse. É o último filme completo de Bruce Lee que, infelizmente, morreu três semanas antes da estréia, sendo que essa produção foi a que lhe deu fama mundial (fama que, assim, acabou sendo póstuma). Realizado em Hong Kong, foi o primeiro filme de kung fu que contou com um grande estúdio americano como produtor associado (no caso, a Warner Bros.). Dentre os dublês que trabalharam no filme está Jackie Chan.

Foi o projeto mais ambicioso de Bruce Lee até então: ele alterou bastante o roteiro inicial, escreveu e ensaiou até a exaustão todas as coreografias das lutas, além de introduzir nos textos alguns aspectos de sua filosofia própria. Em uma de suas falas, ele diz por exemplo que seu estilo de luta é a "arte de lutar sem lutar" (Fighting Without Fighting).

Detalhe: A cena da luta final entre os espelhos lembra o clímax do filme The Lady from Shanghai, de Orson Welles.

Outro detalhe: Em "Operação Dragão", o personagem de John Saxon inspirou o personagem Ken do game "Street Fighter", o Sr. Lee o "Fei Long", o Ryu era negrão de cabelo "black power" e morreu. E o vilão era o Vega.

A Warner Brothers lançou um DVD especial em comemoração aos 25 anos do filme, que inclui cenas adicionais e entrevista com Bruce Lee.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Bruce Lee também era conhecido na época como o Dragão Voador.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Lee (Bruce Lee) é um monge Shaolin que é contatado por uma organização secreta que o incumbe com a missão de investigar a vida de Han (Shih Kien), um shaolin erradicado que se tornou um rico e recluso magnata. Dono de uma misteriosa ilha fortemente guardada, onde é tratado como um rei em um grande palácio, Han promove um torneio de artes marciais a cada três anos, onde convida os melhores lutadores do mundo para participarem, em celebração ao estilo de vida do lutador. Dentre os competidores, três se destacam: o playboy e apostador Roper (John Saxon), fugido dos Estados Unidos por estar endividado com a máfia; o afro-americano e ativista dos direitos civis Williams (Jim Kelly), que havia sofrido perseguição policial em seu país, o obrigando a desaparecer; e o próprio Lee, buscando vingança pelo Templo Shaolin e pelo assassinato de sua irmã, botado a cabo pelo cruel guarda-costas de Han, Oharra (Bob Wall).

Cada qual através de seus motivos, os três acabam por perceber que a aparente hospitalidade do anfitrião não passa de uma farsa - Han na verdade é um poderoso chefão do submundo das drogas (em especial ópio), prostituição e tráfico de escravos, que tem como base de operações sua ilha. O torneio na verdade é um processo seletivo que busca novos possíveis membros para a associação criminosa, eliminando todos aqueles que forem fracos ou contra as ideologias da organização.

Lee, então, vê seu objetivo mudar - acabar com Han e seu ringue, trazer honra aos shaolin e, logicamente, sobreviver.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]