Estádio de San Mamés (2013)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2018). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Estádio San Mamés Barria
San Mames, Bilbao, Euskal Herria - Basque Country.jpg

Características
Local Flag of Spain.svg Espanha, Bilbau
Gramado (105x68 m)
Capacidade 53 289
Inauguração
Data 16 de setembro de 2013
Outras informações
Proprietário Athletic Bilbao

O Estádio de San Mamés Barria é um estádio multiusos localizado na cidade de Bilbau na Espanha. É a casa do Athletic Club desde 2013.

Foi inaugurado em 2013 e como propriedade do Athletic Bilbao em 16 de setembro de 2013, A construção custou 173 milhões de euros e foi confirmada pela UEFA como uma das 13 sedes da Eurocopa de 2020.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Os primeiros estágios do planejamento ocorreram em 2004, com contratos iniciais assinados no final de 2006, depois de receberem a aprovação para construir em março de 2006. O novo estádio seria construído ao lado dos atuais San Mamés, em terra ocupada até 2003 pela Feira Internacional de Bilbau.

Antigo estádio sendo demolido para a construção do novo estádio, Junho 2013

No dia 26 de maio de 2010, às 12h, a cerimônia de inauguração aconteceu no antigo Estádio San Mamés.

Em uma exposição simbólica, um pedaço de grama e um tijolo da fachada foram removidos do estádio antigo e levados para o local de construção adjacente por uma corrente humana, incluindo os famosos jogadores Iribar, Aitor Larrazábal, Iturraspe e Muniain, bem como membros do sistema juvenil. A equipe feminina, a equipe de reserva e seus mais antigos e mais jovens inscritos.

Inicialmente, três quartos do novo estádio foram construídos e, em seguida, os jogos tiveram lugar, enquanto o antigo foi demolido para dar espaço para completar a nova arena.

Apesar dos problemas econômicos que o país estava passando na época, especialmente o povo basco, 52,6% do custo total de 211 milhões de euros (178 milhões de euros) do estádio foram pagos por instituições públicas - alguns pelo Governo Basco (50 euros)[2], alguns pela Câmara Municipal de Bilbao (11 euros) e alguns pelo Conselho Provincial de Biscaia (50 milhões de euros incluindo terra), com a ressalva de que o estádio incluiria instalações para uso do público, como um centro de lazer e centro de esportes.

Inauguração[editar | editar código-fonte]

O novo san mamés foi inaugurado em 16 de setembro de 2013, 102 dias após o último jogo que aconteceu no antigo estádio, a primeira partida foi ás 22:00 da noite, com um jogo entre o Athletic Bilbao e o Celta de Vigo que terminou com a vitória do Athletic Bilbao por 3x2.[3]

Acessos[editar | editar código-fonte]

Metrô[editar | editar código-fonte]

Metrô de San Mamés

Ônibus[editar | editar código-fonte]

Autoestrada do Cantábrico

Concertos Musicais[editar | editar código-fonte]

A banda de rock Guns N' Roses fez um show no dia 30 de maio de 2017, sendo o primeiro evento musical que aconteceu neste local.[4]

Referências[editar | editar código-fonte]