Estação Areeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Metropolitano Lisboa logo branco.svg Linha Verde MetroLisboa-linha-verde-versão-branca.png
Unknown route-map component "KBHFa_teal"
Telheiras
Unknown route-map component "cSTRq_saffron"
Unknown route-map component "STRq_saffron" + Unknown route-map component "INT_teal"
Unknown route-map component "cSTRq_saffron"
Campo Grande Terminal RodoviárioMetroLisboa-linha-amarela.svg
Unknown route-map component "BHF_teal"
Alvalade
Unknown route-map component "BHF_teal" + Unknown route-map component "HUBa"
Roma
Unknown route-map component "STR_teal" + Unknown route-map component "HUB"
BSicon exBAHN.svg
Unknown route-map component "BHF_teal" + Unknown route-map component "HUBe"
Areeiro Terminal Rodoviário
Unknown route-map component "cSTRq_ruby"
Unknown route-map component "STRq_ruby" + Unknown route-map component "INT_teal"
Unknown route-map component "cSTRq_ruby"
Alameda MetroLisboa-linha-vermelha.svg
Unknown route-map component "eBHF_teal"
Arroios🛠
Unknown route-map component "BHF_teal"
Anjos
Unknown route-map component "BHF_teal"
Intendente
Unknown route-map component "BHF_teal"
Martim Moniz
Unknown route-map component "BHF_teal"
Rossio Terminal Rodoviário
Unknown route-map component "cSTRq_blue"
Unknown route-map component "STRq_blue" + Unknown route-map component "INT_teal"
Unknown route-map component "cSTRq_blue"
Baixa-Chiado MetroLisboa-linha-azul.svg
Unknown route-map component "KBHFe_teal"
Cais do Sodré BSicon exBAHN.svgBSicon exBOOT.svgTerminal Rodoviário
Metropolitano Lisboa logo.svg Areeiro
Azulejaria de Maria Keil
Areeiro metro.svg
Uso atual Estação de Metrô Estação de Metro
Linhas Linha Verde
Sigla AE
Posição Subterrâneo
Coroa tarifária L
Serviços Acesso à deficiente físico Elevador Parque de Estacionamento Rede sem fio aberta (Wi-Fi)
Conexões  ✈1  160 161 190 206 208 319 320 321 705 708 717 720 722 727 735 756 793
Estação de Trem Urbano Roma-Areeiro
Táxi
Informações históricas
Inauguração 18 de junho de 1972 (48 anos)
Projeto arquitetônico Dinis Gomes e Alberto Barradas
Intervenções plásticas Maria Keil e Júlia Ventura
Localização
Areeiro está localizado em: Metro de Lisboa
Metropolitano Lisboa logo.svg Areeiro
Localização na rede (mapa)
38° 44' 32" N 9° 8' 3" O
Concelho bandeiraLSB
Próxima estação
Sentido Telheiras Sentido Cais do Sodré
Roma Alameda
Metropolitano Lisboa logo.svg Areeiro
Disambig grey.svg Nota: Para a estação ferroviária com o mesmo nome, veja Estação Ferroviária de Roma-Areeiro.
Entrada à superfície
Aspeto das plataformas

Areeiro é uma estação do Metropolitano de Lisboa. Situa-se no concelho de Lisboa, entre as estações Roma e Alameda da Linha Verde. Foi inaugurada a 18 de junho de 1972 em conjunto com as estações Alvalade, Roma, Alameda, e Arroios, no âmbito da expansão desta linha à zona de Alvalade.[1]

Esta estação está localizada sob a Praça Francisco Sá Carneiro, possibilitando o acesso à Estação Ferroviária de Roma-Areeiro.[1] O projeto arquitetónico é da autoria do arquiteto Dinis Gomes e as intervenções plásticas da pintora Maria Keil.[1]

Ampliação e Reabilitação[editar | editar código-fonte]

Em 2008 foi iniciada a primeira de duas fases de intervenções nesta estação com o prolongamento dos cais de embarque e construção de um novo átrio na ponta sul da estação. O projeto arquitetónico desta intervenção foi da autoria do arquiteto Alberto Barradas e as intervenções plástica da autoria de Júlia Ventura.[2] O novo átrio sul foi aberto ao público a 17 de novembro de 2013, dia em que foi igualmente encerrado o átrio norte para que os trabalhos de reabilitação pudessem prosseguir.[3] Este átrio viria a sofrer alterações profundas de forma a possibilitar a instalação de elevadores que tornassem esta estação totalmente acessível à semelhança das mais recentes estações do Metropolitano de Lisboa.[4][5]

Devido ao incumprimento contratual por parte do empreiteiro, as obras no átrio norte foram suspensas em dezembro de 2013.[6] A 27 de setembro de 2019, após novo concurso público e nova adjudicação, foram retomados os trabalhos que se encontravam suspensos há 6 anos.[7]

No dia 28 de agosto de 2020, ficaram concluídas as obras de remodelação do átrio norte desta estação, orçadas em 2 807 920,40 €. Foram instalados três elevadores, tornando a estação acessível a indivíduos de mobilidade reduzida. Foram também modernizados os equipamentos, sistemas e instalações, além de terem também sido beneficiados os painéis originais de azulejo de Maria Keil e embelezada a estação de forma geral. Tal como aconteceu nas obras de expansão concluídas em 2013, as obras de remodelação do átrio norte contaram com o projeto arquitetónio do arquiteto Alberto Barradas e com a continuação das intervenções plásticas de Júlia Ventura.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Estação Areeiro

Referências

  1. a b c «Areeiro». Diagrama e Mapa da Rede. Metropolitano de Lisboa. Consultado em 26 de fevereiro de 2012 
  2. Lam, Daniel (16 de maio de 2010). «Obra atrasa metro de seis carruagens». Diário de Notícias.pt. Consultado em 26 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 3 de dezembro de 2013 
  3. «Abertura do átrio sul da estação Areeiro». Notícias. Metropolitano de Lisboa. 15 de novembro de 2013. Consultado em 2 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 3 de dezembro de 2013 
  4. «Condições de acessibilidade do Metropolitano de Lisboa». Metropolitano de Lisboa. 16 de novembro de 2012. Consultado em 18 de abril de 2013. Arquivado do original em 16 de janeiro de 2013 
  5. Fonseca, Sofia (17 de novembro de 2012). «Metro de Lisboa espera ter a rede adaptada "até 2020"». DN.pt. Consultado em 18 de abril de 2013. Arquivado do original em 3 de dezembro de 2013 
  6. «SIC Notícias | Zona do Areeiro em obras há sete anos». SIC Notícias. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  7. «Reabilitação do átrio Norte da estação Areeiro». Metropolitano de Lisboa, E.P.E. 7 de maio de 2020. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  8. «Reabertura do átrio Norte do Areeiro». Metropolitano de Lisboa, E.P.E. 28 de agosto de 2020. Consultado em 28 de agosto de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]