Flagra (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O beijo de Bogart e Ingrid Bergman, em Casablanca foi uma das cenas que ilustravam o clipe de abertura de Final Feliz, cuja trilha era a canção Flagra.

Flagra é uma canção de Rita Lee e Roberto de Carvalho que fala de cinema, fazendo várias referências a atores e filmes, na forma de trocadilhos, em versos como "Se a Deborah Kerr que o Gregory Peck / Não vou bancar o santinho / Minha garota é Mae West / Eu sou o Sheik Valentino!"[1].

Em 1982 a canção foi o hit do momento, e também a preferida do cantor e ex-parceiro de Rita em Os Mutantes, Arnaldo Baptista que, naquele ano, recuperava-se do abuso de drogas.[2].

A canção foi a música-tema (de abertura) da telenovela da Rede Globo "Final Feliz", de Ivani Ribeiro, onde a letra era ilustrada por imagens de um cinema onde personagens famosos assistiam a conhecidas cenas de beijo de filmes que protagonizaram.[3]

Referências

  1. Rita Lee, Almir Chediak (1996). Rita Lee (songbook). 1. [S.l.]: Irmãos Vitale. p. 56. ISBN 8585426616, 9788585426613. Consultado em março de 2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Carlos Calado (1995). A divina comédia dos Mutantes. [S.l.]: Editora 34. p. 22. ISBN 8573260092, 9788573260090. Consultado em março de 2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. Antonio Adami (org) (2004). São Paulo na Idade Média. [S.l.]: Arte & Ciência. p. 171. ISBN 8574731498, 9788574731490 
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.