Francisco Govinho Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Lima
Informações pessoais
Nome completo Francisco Govinho Lima
Data de nasc. 17 de abril de 1971 (45 anos)
Local de nasc. Manaus,  Amazonas,  Brasil
Altura 1,78 m
Informações profissionais
Clube atual Amazonas Fast
Posição Volante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1990–1994
1993
1994–1996
1995
1996
1996–1998
1998–1999
1999–2000
2000–2001
2001–2004
2004–2006
2006
2006
2007–2008
2008–2009
2009
2010
2010
2011
2016–
Ceará Ferroviário
Amazonas Sul América (emp.)
São Paulo São Paulo
São Paulo União São João (emp.)
Amazonas Nacional de Manaus (emp.)
Turquia Gaziantepspor
Suíça Zürich
Itália Lecce
Itália Bologna
Itália Roma
Rússia Lokomotiv Moscou
Catar Qatar SC (emp.)
Rússia Dínamo de Moscou
Itália Brescia
Estados Unidos San José Earthquakes
Itália Taranto
Amazonas Nacional de Manaus
Amazonas Rio Negro
Amazonas São Raimundo
Amazonas Fast


6 (0)


58 (3)
32 (7)
32 (1)
29 (0)
88 (0)
41 (0)
7 (0)
7 (0)
58 (3)
14 (0)
12 (0)



Francisco Govinho Lima (Manaus, 17 de abril de 1971), conhecido apenas como Lima, é um futebolista brasileiro.

Em sua carreira, jogou no Ferroviário, Sul América, São Paulo, União São João e Nacional de Manaus até 1996, quando passou a defender clubes do exterior, com destaque para Roma e Lokomotiv Moscou. Atuou também por Gaziantepspor, Zürich, Lecce, Bologna, Roma, Qatar SC, Dínamo de Moscou, Brescia, San José Earthquakes e Taranto, voltando ao Brasil em 2010 para defender novamente o Nacional de Manaus.

Após uma passagem pelo Rio Negro, Lima encerrou sua carreira pela primeira vez em 2011, no São Raimundo. Porém, uma proposta do Fast convenceu o ex-jogador - que trabalhava como diretor do Nacional até fevereiro - a cancelar a aposentadoria. Inicialmente, o vínculo é válido apenas para os 2 jogos com o Paysandu, pela Copa Verde[1] .

Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.