Consulado (escola de samba)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de GRES Consulado)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde fevereiro de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Consulado
Fundação 5 de maio de 1986 (31 anos)
Cores Vermelho e Branco
Símbolo Pandeiro
Bairro Saco dos Limões
Presidente Marcio Pires Machado
Carnavalesco Raphael Soares
Intérprete oficial Gilsinho
Diretor de carnaval Jorge Rubinei Vaz
Diretor de harmonia Gilson Ouriques Jr.
Desfile de 2018
www.gresconsulado.com.br

Grêmio Recreativo Escola de Samba Consulado é uma escola de samba de Florianópolis, localizada no bairro de Saco dos Limões.

História[editar | editar código-fonte]

Um grupo de cariocas foi trabalhar em Florianópolis ,empregados da Eletrosul, que adquiriram alguns instrumentos de percussão e, liderados por Nivaldo e Salomão, formaram um grupo para animar confraternizações e torneios esportivos entre colegas de trabalho.

O nome Consulado do Samba foi atribuído ao grupo, numa alusão às muitas residências de funcionários que eram denominadas "Consulados do Rio". A residência de Nivaldo e Waltamir, onde eram guardados os instrumentos e feitos os ensaios do grupo, foi batizada como Consulado do Samba.

Em data próxima ao Carnaval de 1977, funcionários da empresa, especificamente Martinha e Cacau (João Carlos Bressane) sugeriram que fosse formado um bloco carnavalesco para desfilar e também participar de concorrido concurso de "blocos de sujos" que se realizava na Avenida Paulo Fontes - perto do Mercado Público.

Como padrão, foi definido o vermelho e branco, inspirado nas cores da Salgueiro, do Rio de Janeiro.

O desfile do bloco foi um acontecimento no Carnaval da cidade. Muito elogiado pela qualidade da bateria e pelo "luxo" das fantasias. E o bloco ficou em primeiro lugar no ano de 1977. Daí em diante foram sucessivos primeiros lugares. O Consulado também inovou, ainda como bloco, sendo o primeiro a desfilar com intérprete acompanhado de cavaquinho (Nivaldo). A cada ano que passava, com mais componentes o bloco desfilava. Em seus 10 anos de existência, foram conquistados 10 campeonatos e o título de hors concurs do Carnaval.

Em 5 de maio de 1986 foi fundado o Grêmio Recreativo Escola de Samba Consulado. No ano de 1991, cinco anos após a fundação, veio o primeiro título com o enredo "Apesar de Tudo". O bicampeonato foi conquistado no ano seguinte com o enredo "Vôo Noturno" e o tricampeonato em 1993 com o enredo "Um Sopro Sul".

Nos anos seguintes a Escola passou por algumas dificuldades como interdição da sua quadra e inviabilização do desfile. Mesmo enfrentando tantos problemas, a escola permaneceu entre as três primeiras colocações ao longo dos anos que sucederam o tricampeonato.

Houve então a necessidade de renovar, com o objetivo colocar a escola novamente no primeiro lugar. Vários segmentos da escola receberam reforços e muita gente nova recebeu a chance de entrar pra Escola. A bateria foi uma das grandes surpresas do Carnaval 2003 e recebeu quatro notas 10 dos jurados e o título de melhor bateria da cidade. Fato que se repetiu nos três carnavais seguintes.

O carnavalesco nilopolitano Raphael Soares chega na escola no ano de 2005. E com o enredo "Da Terra Sem Mal ao Império do Sol o El'Dorado de Aleixo Garcia" a escola conquistou mais um título, ainda que a favorita do carnaval daquele ano era a Embaixada Copa Lord, por estar completando seu jubileu de ouro. Foi o divisor de águas do carnaval de Florianópolis, por apresentar um desfile impecável e sem qualquer contestação. Em 2006 com o enredo "Praça XV Onde Tudo Acontece" foi conquistado o 5º título da escola e em 2007 com o enredo "Vinte Luas de Esperança, Vinte Luas de Saudades: das Matas da Babitonga ao Velho Mundo", conquistou o 6º campeonato.

Em 2008 a escola perdeu o tetra para a Embaixada Copa Lord por apenas 1 décimo de ponto. O enredo "A Epopéia de Savas - De Kastrelorizón ao Desterro... Tem Grego na Conselheiro"

Em 2009, foi eleita campeã do carnaval 2009, porém após denúncias que apontavam para o não cumprimento do regulamento do Desfile das Escolas de Samba no quesito samba-enredo, foi aberto o processo administrativo nº 001/2009 na Liga das Escolas de Samba de Florianópolis. O conselho deliberativo da Liga das Escolas de Samba de Florianópolis decidiu que a escola deveria ser punida com a desclassificação no carnaval 2009, com a perda do título, devolução do troféu e premiação recebida. O processo atualmente encontra-se em andamento, sendo que a escola deverá recorrer da decisão para a justiça comum. [1]

Em 2014, a Escola abordou a civilização Ashanti, originária da costa ocidental da África. Em 2015 a Escola sofre um duro revés, apesar de realizar um belo desfile sofreu uma penalização por não ter atingido o número mínimo de componentes, que ocasionou o rebaixamento para o grupo de acesso.  Em 2016, a agremiação completou 40 anos de história e foi campeã com o enredo “Entre Lutas e Glórias” e confirmou seu retorno ao Grupo Especial do Carnaval de Florianópolis.

Para o carnaval de 2017 a vermelho e branco levou para a Passarela Nego Quirido o enredo “Mô Quirido... Aqui é o meu Lugar!” que remeteu ao retorno do Consulado ao Grupo Especial e também ao tradicional bairro Saco dos Limões, onde mantém sua sede social e realiza seus eventos, tendo ficado em 3º lugar.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Salomão Lobo de Souza Filho Maio 2003 - Maio 2013
Valcione Furtado Maio de 2013 - Maio de 2016 [2]
Marcio Pires Machado Maio de 2016 - atualidade [3]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria Ref.
2014 Guilherme Castro Silveira diretor de harmonia=Rafael Ferreira
Jeferson Backer
Reginaldo Valmir Martins
Alysson Biscoito
2015 Alysson Biscoito
2016 Jeferson Richter Backer Gilson Ouriques Jr Alysson Biscoito [4]
2017 Jorge Rubinei Vaz Gilson Ouriques Jr. Alysson Biscoito

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014 Carlos Cabral [4]
2015 Carlos Cabral
2016 Carlos Cabral
2017 Fabiano Narciso

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014 Wallacy e Stephanny
2015 Wallacy e Telminha Campos [4]
2016 Wallacy e Telminha Campos
2017 Deni Fidelis e Telminha Campos

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Ref.
2004 Marja Nunes
2005 Marja Nunes
2006 Marja Nunes
2007 Marja Nunes
2008 Marja Nunes
2009 Marja Nunes
2010 Tânia Rodrigues
2011 Camila Lalau
2012 Camila Lalau
2013 Camila Lalau
2014 Viviane Araújo [5][6]
2015 Michelli Rosa Andressa Ouriques [7]
2016 Michelli Rosa Andressa Ouriques [4]
2017 Michelli Rosa Andressa Ouriques

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Consulado
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref.
1987 4º lugar Especial Metamorfose
1989 3º lugar Especial Moro no mundo e passeio em casa C.A. Schneider
1990 3º lugar Especial Porque hoje é sábado
1991 Campeã Especial Apesar de tudo
1992 Campeã Especial Vôo noturno
1993 Campeã Especial Um sopro sul
1995 Vice-Campeã Especial Nas ondas do radio
1999 3º lugar Especial A rota da seda
2000 Vice-campeã Especial Terra mãe gentil - 500 anos. J.A. Beirão
2001 3º lugar Especial Compadre eu vi era lua cheia e maré alta Renato Cabral
2002 Vice-campeã Especial Mãe Malvina os búzios não mentem meu rei. J.A. Beirão]
2003 Vice-campeã Especial É domingo é dia de clássico todos caminhos levam... J.A. Beirão
2004 Vice-campeã Especial Uma rosa para Neide Maria J.A. Beirão
2005 Campeã Especial Da Terra sem Mal ao Império do Sol: O Eldorado de Aleixo Garcia Raphael Soares
2006 Campeã Especial Praça XV - Onde Tudo Acontece Raphael Soares Luizinho Andanças
2007 Campeã Especial Vinte Luas de Esperança, Vinte Luas de Saudades... Das Matas da Babitonga ao Velho mundo! Raphael Soares Luizinho Andanças
2008 Vice-campeã Especial A epopéia de Savas! De Kastelorizón ao Desterro Tem grego na Conselheiro. Raphael Soares Luizinho Andanças
2009 Desclassificada Especial Com a força da raça! Macunaíma é quilombola em Santa Catarina Raphael Soares Luizinho Andanças
2010 5° lugar Especial Guerreiros Vermelhos - Heróis a Serviço da Vida Raphael Soares Luizinho Andanças
2011 5° lugar Especial DançaCompositores:Betinho, Ricardo e Casinha Interprete:Luizinho Andanças Raphael Soares Luizinho Andanças
2012 5º lugar Especial Atlântis Insulae: Açoriano é ser do mar Fernando Albalustro e Marcelo Machado Luizinho Andanças [8]
Desfile cancelado em 2013.
2014 4º lugar Especial Ashantis, a força que vem do berço Jhean Fábio do Nascimento Gilsinho [9]
2015 6º lugar Especial E vem de lá do centro do mundo a força de um povo Ley Vaz Thiago Pires [10][11]
2016 Campeã Acesso Entre Lutas e Glórias Ley Vaz Thiago Pires [4]
2017 3º Lugar Especial Mô Quirido, Aqui é o Meu Lugar Raphael Soares Gilsinho [12]
2018 Especial Os Sete Reinados do Rei João Raphael Soares

Referências

  1. [1]
  2. [2]
  3. [3]
  4. a b c d e [4]
  5. G1 (10 de janeiro de 2014). «Consulado apresenta Viviane Araújo como rainha de bateria em Floripa». 14h38. Consultado em 12 de janeiro de 2014 
  6. Diário Catarinense (9 de janeiro de 2014). «Comunidade lota quadra da Escola de Samba Consulado para ver Viviane Araújo em Florianópolis». 23h58. Consultado em 12 de janeiro de 2014 
  7. [5]
  8. «Consulado abre os desfiles de 2012 na Passarela Nego Quirido, em Florianópolis». Diário Catarinense. 3 de fevereiro de 2012. Consultado em 17 de fevereiro de 2012 
  9. Géssica Valentini (13 de janeiro de 2013). «Escolas de samba devem utilizar enredos de 2013 no carnaval de 2014». G1. Consultado em 24 de março de 2013 
  10. Consulado. «Apresentação Carnaval 2015». Consulado. Consultado em 10 de fevereiro de 2015 
  11. «Protegidos da Princesa é bicampeã do Carnaval de Florianópolis». Diário Catarinense. 16 de fevereiro de 2015. Consultado em 16 de fevereiro de 2015 
  12. «Unidos da Coloninha é bicampeã do Carnaval de Florianópolis em 2017». Carnaval 2017. 27 de fevereiro de 2017 

|}|}|}|}