Gilberto Tim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gilberto Tim
Informações pessoais
Nome completo Gilberto Pazzetto
Data de nasc. 1 de setembro de 1942
Local de nasc. Porto Alegre (RS),  Brasil
Falecido em 13 de junho de 1999 (56 anos)[1]
Local da morte Porto Alegre (RS), Brasil
Apelido Tim
Informações profissionais
Posição Lateral-esquerdo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s


1962-1964



1969-1970
Brasil Esportivo
Brasil São José-RS
Brasil Internacional
Brasil Novo Hamburgo
Brasil Corinthians
Brasil Metropol
Brasil Ferroviário-PR

Gilberto Pazzeto, mais conhecido como Gilberto Tim (Porto Alegre, 1º de setembro de 194213 de junho de 1999), foi um futebolista, treinador e preparador físico brasileiro. Foi integrante das comissões técnicas da Seleção Brasileira nas Copas do Mundo de 1982 e de 1986.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador, Gilberto Tim atuava como lateral-esquerdo e iniciou no Esportivo de Bento Gonçalves,[3] passando por São José, Internacional, Novo Hamburgo, Ferroviário-PR, Corinthians e Metropol. Após deixar os gramados, começou sua carreira de preparador nas categorias inferiores do Internacional em 1970, sendo logo promovido aos profissionais.

Na função, revolucionou ao introduzir o alongamento no treinamento dos jogadores.[4] Criou uma sala de musculação no Complexo Beira-Rio. Trabalhando ao lado do técnico Rubens Minelli no Internacional, sagrou-se campeão brasileiro pelo Inter em 1975 e 1976, transferindo-se para o Coritiba em 1978, onde trabalhou com Ênio Andrade. Ambos transferiram-se para o Internacional em 1979, onde conquistaram o campeonato nacional de forma invicta. Em diversas ocasiões, Gilberto Tim assumiu interinamente como treinador da equipe colorada na década de 1970.

Foi convidado para integrar a comissão do técnico Telê Santana nas Copas do Mundo de 1982, na Espanha, e de 1986, no México.[5] Reencontrou Rubens Minelli no Grêmio, onde foi campeão gaúcho de 1985. Passou também por Corinthians, Santos, Palmeiras (entre 1987 e 1988)[6] e Belenenses de Portugal. Em 1988, teve uma passagem como treinador do Coritiba, assumindo o clube durante três meses. Acabou de volta ao antigo posto, retornando ao Grêmio em 1989, assumindo no lugar de Carlinhos Neves. Ao lado de Cláudio Duarte, foi campeão gaúcho e da primeira edição da Copa do Brasil no mesmo ano.[7] Teve outras duas passagens pelo Coritiba em 1991 e 1994.[8]

Portador do mal de Alzheimer, Gilberto Tim teve uma parada cardiorrespiratória em sua casa na noite de 13 de junho de 1999, vindo a falecer. Foi sepultado no dia seguinte no Cemitério Jardim da Paz, em Porto Alegre.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como preparador físico[editar | editar código-fonte]

Brasil Internacional
Brasil Coritiba
Brasil Grêmio

Referências

  1. «Sepultado preparador físico Gilberto Tim». Diário do Grande ABC. Consultado em 28 de janeiro de 2014 
  2. «Gilberto Tim». Portal oficial do Governo do RS para a Copa do Mundo da FIFA 2014. Consultado em 28 de janeiro de 2014 
  3. «Lado B - Tânia Mara Zardo Tonet». Revista Acontece Sul. Consultado em 29 de janeiro de 2014 
  4. «Preparação inovadora». Veja. Consultado em 28 de janeiro de 2014 
  5. «Datas». ISTOÉ Independente. Consultado em 29 de janeiro de 2014 
  6. «Que fim levou? – Gilberto Tim». Terceiro Tempo. Consultado em 28 de janeiro de 2014 
  7. «Campeão da 1ª Copa do Brasil Invicto 1989». Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Consultado em 29 de janeiro de 2014. Arquivado do original em 3 de fevereiro de 2014 
  8. «Fotoquiz». Gazeta do Povo. Consultado em 29 de janeiro de 2014