Hans Christian Andersen (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hans Christian Andersen
Christian Andersen (PT)
Hans Christian Andersen (BR)
 Estados Unidos
1952 •  Technicolor •  112 min 
Direção Charles Vidor
Produção Samuel Goldwyn
Elenco Danny Kaye
Farley Granger
Zizi Jeanmaire
Joseph Walsh
Gênero musical
Distribuição RKO Radio Pictures
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)
Farley Granger, na foto no trailer de Strangers on a Train, tinha tudo para fazer sucesso em Hollywood. Entretanto, apesar de ter feito dois filmes com Alfred Hitchcock e um com Luchino Visconti, a má administração impediu que sua carreira decolasse. Faleceu em 2011, de causas naturais.[1]

Hans Christian Andersen (Hans Christian Andersen (título no Brasil) ou Christian Andersen (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 1952, do gênero musical, dirigido por Charles Vidor e estrelado por Danny Kaye e Farley Granger.

A produção[editar | editar código-fonte]

O filme é uma biografia fantasiosa e sem vínculos com a vida real do escritor de histórias infantis.[1][2]

Kaye deixa de lado sua natural exuberância cômica e interpreta Andersen de maneira contida e simpática. As sequências de balé, coreografadas por Roland Petit, bem como as canções compostas por Frank Loesser, dão dimensões extras ao espetáculo, que ainda se beneficia de uma generosa direção de arte.[3]

Hans Christian Andersen foi o último fruto da associação de onze anos entre Samuel Goldwyn e a RKO. Foi também o último trabalho que o produtor fez com o astro comediante.

A película foi um grande sucesso nas bilheterias[2] e recebeu seis indicações ao Oscar.

Segundo Ken Wlaschin, este é um dos dez melhores filmes da carreira de Danny Kaye.[4]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Hans Christian, sapateiro em uma pequena cidade da Dinamarca, gosta de contar histórias fantásticas para crianças. Ele vai para Copenhague, atrás de fama e fortuna, como escritor, e apaixona-se pela bela bailarina Doro. Mas Doro o repele e ele volta para sua terra natal, agora já famoso.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Situação
Oscar Melhor Fotografia (Em Cores)
Melhor Direção de Arte (Em Cores)
Melhor Figurino (Em Cores)
Melhor Trilha Sonora
Melhor Canção Original
Melhor Mixagem de Som
Indicado
Indicado
Indicado
Indicado
Indicado
Indicado
Writers Guild of America Award Melhor Roteiro de Musical Norteamericano Indicado
Directors Guild of America Award Melhor Direção Indicado
Golden Globe Melhor Filme de Comédia ou Musical
Melhor Ator de Comédia ou Musical (Danny Kaye)
Indicado
Indicado

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Danny Kaye Hans Christian Andersen
Farley Granger Niels
Zizi Jeanmaire Doro
Joseph Walsh Peter
Philip Tonge Otto
Erik Bruhn Hussardo
Roland Petit Príncipe no balé A Pequena Sereia
John Brown Professor
John Qualen Alcaide
Jeanne Lafayette Celine
Robert Malcolm Porteiro
George Chandler Fazendeiro
Fred Kelsey Primeiro gendarme
Gil Perkins Segundo gendarme
Peter Votrian Lars

Referências

  1. a b KATZ, Ephraim, The Film Encyclopedia, sexta edição, Nova Iorque: HarperCollins, 2008 (em inglês) Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "multipla" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  2. a b ERICKSON, Hal. «Hans Christian Andersen». AllMovie. Consultado em 27 de novembro de 2012 
  3. JEWELL, Richard B. e HARBIN, Vernon, The RKO Story, terceira impressão, Londres: Octopus Books, 1984 (em inglês)
  4. WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 (em inglês)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • JEWELL, Richard B. e HARBIN, Vernon, The RKO Story, terceira impressão, Londres: Octopus Books, 1984 (em inglês)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]