Hans Staden (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hans Staden
 Brasil /  Portugal
1999 •  cor •  92 min 
Direção Luiz Alberto Pereira
Roteiro Luiz Alberto Pereira
Elenco Carlos Evelyn
Beto Simas
Stênio Garcia
Sérgio Mamberti
Cláudia Liz
Darci Figueiredo
Milton de Almeida
Reynaldo Puebla
Género drama biográfico
Idioma tupi / português / alemão
Página no IMDb (em inglês)

Hans Staden é um filme brasileiro e português de 1999, do gênero drama biográfico, dirigido por Luiz Alberto Pereira.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme narra a história do soldado e marinheiro alemão Hans Staden que, no início do século XVI, foi capturado por uma tribo indígena brasileira, os Tupinambá, que eram inimigos dos colonizadores portugueses.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Carlos Evelyn .... Hans Staden
  • Ariana Messias .... Nairá
  • Darci Figueiredo .... Ipiru
  • Beto Simas .... Nhaepepô
  • Milton de Almeida .... Alkindar
  • Stênio Garcia .... caraíba
  • Sérgio Mamberti .... Jacó
  • Cláudia Liz .... Marabá
  • Reynaldo Puebla...Guaratinga Açu
  • Hissa de Urkiola .... Ibirapema
  • Mário Jacques .... capitão
  • Macsuara Kadiweu .... Cunhambebe
  • Carol Li .... Joacy
  • Alfredo Penteado .... Caruata
  • Antonio Peyr .... Perot
  • Daniel Portela .... cacique
  • Walter Portela .... Abati Pogança
  • Jefferson Primo .... Paraguá
  • Reynaldo Puebla .... Guaratinga
  • Valdir Raimundo .... Maracajá
  • Valdir Ramos .... Japi
  • Isaac Iauaretê... Jaguar
  • Francisco di Franco
  • Amanda cardonés
  • Julio Guimaraes no papel de Pindobuçu

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Festival de Cinema de Brasília 1999

  • Venceu nas categorias de Melhor Trilha Sonora e Melhor Direção de Arte.
  • Recebeu o Prêmio Especial do Júri.

Grande Prêmio BR do Cinema Brasileiro 2001

  • Indicado nas categorias de Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Diretor, Melhor Montagem, Melhor Trilha Musical e Melhor Roteiro.

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá

  • Venceu nas categorias de Melhor Filme e Melhor Fotografia.

Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2000

  • Venceu na categoria de Melhor Fotografia.

Festival Luso Brasileiro de Santa Maria da Feira

  • Venceu na categoria de Melhor Filme

Festival do Recife 2000

  • Venceu nas categorias de Melhor Direção de Arte e (Melhor Fotografia).

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Trata-se de um dos poucos filmes na história do cinema em que a língua falada pelos atores é, de forma predominante, o tupi.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Ligações externas[editar | editar código-fonte]