Ilicínea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Ilicínea
"Congonhas"
Bandeira de Ilicínea
Brasão de Ilicínea
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 12 de dezembro de 1953 (64 anos)
Gentílico ilicinense
Prefeito(a) Edvaldo Belinelli (MDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Ilicínea
Localização de Ilicínea em Minas Gerais
Ilicínea está localizado em: Brasil
Ilicínea
Localização de Ilicínea no Brasil
20° 56' 09" S 45° 49' 58" O20° 56' 09" S 45° 49' 58" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Sul/Sudoeste de Minas IBGE/2008 [1]
Microrregião Varginha IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Guapé, Carmo do Rio Claro, Boa Esperança
Distância até a capital 330 km
Características geográficas
Área 376,004 km² [2]
População 11 488 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 30,55 hab./km²
Clima Tropical de Altitude
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,680 médio PNUD/2010[4]
PIB R$ 90 369,771 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 7 712,71 IBGE/2008[5]

Ilicínea é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2004 era de 11.429 habitantes.

O município localiza-se na região sul de Minas Gerais, a cerca de 300 quilômetros de Belo Horizonte. Está situada em uma região fortemente marcada pelo complexo hidrográfico de Furnas. Sua posição estratégica permite o fácil deslocamento para os principais pontos da represa. Ilicínea limita-se com os municípios de Boa Esperança, Carmo de Rio Claro e Guapé. É servida por estradas de rodagem federal, estadual e municipal o que também permite o fácil acesso aos principais pólos regionais e estaduais.

Possui um cotidiano tranquilo, com raízes rurais que ainda hoje não só dominam o imaginário de seus habitantes como também integram a vida da cidade. O comércio concentra-se nas três principais vias: a Rua Direita, Rua 15 de Novembro e a Rua do Comércio. Nesses locais o visitante poderá encontrar Padarias, Farmácias, Mercearias, Lojas de Informática, Consultórios Odontológicos, Escritórios de Contabilidade e Papelarias entre outras variedades de serviços.

O movimento noturno, concentrado na Praça 7 de Setembro, atrai jovens de todas as cidades da região. Em Ilicínea ainda ocorrem os tradicionais bailes, alguns famosos como o de sábado de aleluia. Durante o dia a cidade reserva bons locais de visitação. Suas igrejas, algumas localizadas na região rural, confirmam sua tradição de religiosidade mineira. Tradição que pode ser vista nas romarias e procissões durante o ano.

Entretanto a natureza é que reserva os principais espetáculos ao viajante. As paisagens locais permitem vislumbrar o cenário das conhecidas montanhas de Minas. Montanhas estas que escondem cachoeiras, caminhos e locais que despertam todas as nuances de uma região rica e bela como o sul de Minas Gerais. Para conhecer estes locais basta disposição e espírito aventureiro.

Uma das paisagens mais marcantes da cidade é a Serra do Serrote, montanha que modela o horizonte visto da posição urbana do município. No seu cume, existe uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do município. O local é destino de muitos peregrinos no feriado religioso da sexta-feira da paixão.

Toponímia[editar | editar código-fonte]

A origem do nome do município vem do latim. Em alusão ao antigo nome do distrito Congonhas (espécie de planta encontrada na região) adotou-se Ilice do latim e o sufixo inea, formando assim Ilicínea que somente em 1953 deixou a condição de distrito emancipando-se como município.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Durante o século XVIII, ocasião da conquista e desbravamento da região banhada pelo rio Grande, ocorreram inúmeras lutas entre os integrantes da bandeira de Fernão Dias Paes Leme e os indígenas que povoavam a região. A partir dessas lutas, surgiu uma lenda que falava de um tesouro nas margens do rio Itaci. Essa lenda despertou a cobiça de muitos aventureiros, dentre eles João de Souza Bueno e Constantino de Albuquerque, que se dedicaram à procura do tesouro, sem nada encontrar. Resolveram, então, aproveitar as terras desabitadas e formaram ali o antigo povoado que deu origem ao atual município de Ilicínea. No século XIX, Francisco Inácio de Andrade e Antônio Casemiro Monteiro doaram uma área para construção da Capela de Nossa Senhora Aparecida e, ao seu redor, o povoado foi crescendo, com o nome de Congonhas. No ano de 1923, a antiga denominação mudou para Ilicínea, nome com o qual, trinta anos mais tarde, foi criado o município.[7]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Área[editar | editar código-fonte]

  • Área do Município: 383,1 km²

População[editar | editar código-fonte]

  • Densidade Demográfica: 25,92 hab/km²
  • Altitude Média: 300 m

Clima[editar | editar código-fonte]

  • Temperatura Média Anual: 19,4

Precipitação pluviométrica[editar | editar código-fonte]

  • Precipitação Média Anual: 1529,7

Economia[editar | editar código-fonte]

A principal fonte de emprego do município são as indústrias de confecções em jeans. O agronegócio também é de suma importância, principalmente na cafeicultura e atualmente expandindo-se para a produção de leite.

Religião[editar | editar código-fonte]

  • Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Éden
  • Igreja Do Evangelho Quadrangular
  • Igreja Evangélica Assembleia de Deus Missões
  • Missão Batista de Fé Reformada
  • Igreja Adventista do Sétimo Dia
  • Igreja Católica Apostólica Romana
  • Primeira Igreja Batista em Ilicínea
  • Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira

Turismo[editar | editar código-fonte]

  • Chapadão
  • Cachoeiras
  • Areias Cachoeiras Zé Pereira
  • Areá para pratica de voo livre morro de sela comunidade urtiga

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Mês de Fevereiro - Carnaval
  • Mês de Abril
    • Semana Santa;
    • Subida da serra do serrote;
    • Baile de Aleluia.
  • Mês de Junho - Festa de Santo Antonio (Rildo e Lucimara);
    • Arraiá das Escolas
  • Mês de Julho - Tradicional Festa do Peão
  • Mês de Agosto-Festa do Congado
  • Mês de Novembro - Coco Bongo a festa
    • tunning sound car
  • Mês de Dezembro
    • Festa de Aniversário da Cidade

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking IDHM Municípios 2010». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 15 de junho de 2015. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  6. http://www.ilicinea.mg.gov.br
  7. «História». Prefeitura Municipal de Ilicínea. Consultado em 13 de março de 2017. 
Lago de Furnas
Aguanil | Alfenas | Alpinópolis | Alterosa | Areado | Boa Esperança | Cabo Verde | Camacho | Campo Belo | Campo do Meio | Campos Gerais | Cana Verde | Candeias | Capitólio | Carmo do Rio Claro | Coqueiral | Cristais | Divisa Nova | Elói Mendes | Fama | Formiga | Guapé | Ilicínea | Itapecerica | Lavras | Nepomuceno | Paraguaçu | Perdões | Pimenta | Ribeirão Vermelho | São João Batista do Glória | São José da Barra | Três Pontas | Varginha
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.