InterCity 125

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «InterCity 125» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (maio de 2016)


InterCity 125
High Speed Train (HST 125)
BSicon exTRAIN3.svg
HST 125 próximo à Chesterfield
Descrição
Propulsão Diesel-elétrico
Fabricante Crewe Works depois transferido para a Derby Carriage and Wagon Works
Ano de fabricação 1975-1992
Locomotivas fabricadas 197
Classificação AAR B-B
Classificação UIC Bo'Bo'
Características
Motor primário 2 x motores de 2 250 hp (1 680 kW)
Performance
Velocidade máxima 201 km/h (125 mph) (em serviço)
238 km/h (148 mph) (recorde)
Esforço de tração Máxima: 2 x 17 980 lbf (80 000 N)
Continua: 2 x 10 340 lbf (46 000 N) @ 104 km/h (64,6 mph)
Operação
Ferrovias Originais British Rail
Local de operação  Reino Unido
Situação Em serviço

O InterCity 125 (ou High Speed Train, HST) foi a denominação para os trens de alta velocidade movido a diesel da British Rail, desenvolvido durante a década de 1970. Os trens foram o primeiro serviço de alta velocidade na Europa, operando serviços expressos entre o norte e o Sul da Grã-Bretanha, com velocidades de 200 km/h. Este trem detêm o título de trem movido a diesel mais rápido do mundo, quando atingiu 238 km/h em 1987.[1]

InterCity 125 na estação de King's Cross (1988).

Histórico[editar | editar código-fonte]

Durante a década de 70, a British Rail (empresa estatal de caminhos de ferro britânica) realizavam testes parea introduzir a nova tecnologia de alta velocidade no Reino Unido, sendo construídos dois modelos básicos do que seriam os futuros "trens Bala" ingleses. O primeiro, movido à turbina a gás era o Advanced Passenger Train, conhecido como APT-E (E de Experimental) realizaram testes com velocidades máximas de 250 km/h, utilizando a tecnologia pendular que permitia que o trem viajasse a velocidades superiores em trilhos comuns. O segundo, era conhecido com HST (British Rail class 252) simplesmente High Speed Train (Trem de Alta Velocidade) movido a diesel. Esse foi o protótipo do que viria a ser o Intercity 125. Com o passar dos anos o APT se tornou elétrico, e o IC125 recebeu uma nova "cara". Após os testes como o HSTS Prototype, os trens de série começaram a ser construídos, sendo que o primeiro serviço parcial ocorreu em outubro de 1977, e entrou em pleno serviço em 1979.

Os trens são compostos por duas locomotivas British Rail Class 43 e 7 ou mais vagões Mark III. Durante um teste, o trem atingiu a velocidade de 238 km/h, batendo o recorde de velocidade mundial de um trem movido a diesel, fato que vigora até hoje.[1]

Atualmente[editar | editar código-fonte]

Um HST modernizado em serviços do National Express East Coast (2007).

Hoje muitos trens continuam em serviço em várias companhias diferentes. Após a privatização da British Rail durante os anos 90, muitas empresas surgiram operando no modelo franchise e ele continua operando na maioria delas. Há um plano para substituí-lo nos proximos anos, denominado Hitachi Super Express. Nos anos 2000 muitas unidades múltiplas a diesel com capacidade de rodar a 200 km/h surgiram. Eles parcialmente substituíram os InterCity 125, mas na prática apenas o suplantaram.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Paxman History Pages - Paxman and Diesel Rail Traction». paxmanhistory.org.uk. 2010. Consultado em 29 de junho de 2011 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre InterCity 125
Ícone de esboço Este artigo sobre Locomotiva a diesel é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.