Júlia Buisel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Júlia Buisel
Nascimento 1939 (83 anos)
Praia da Rocha
Cidadania Portugal
Ocupação atriz, realizadora de cinema, continuísta, escritora
Prêmios
  • Prémio Barbara Virgínia

Júlia Buisel (Portimão, 1939), é uma actriz, assistente de encenação e realização, anotadora, escritora e realizadora portuguesa.[1] Em 2018 a Academia Portuguesa de Cinema distinguiu-a com o prémio Barbara Virginia pelos seus 50 anos de carreira no cinema português.[2][3][4]

Percurso[editar | editar código-fonte]

Maria Júlia Buisel, nasceu no dia 13 de Março de 1939 na praia da Rocha em Portimão.[1][2][5]

Começa a trabalhar em cinema na década de 1960 como actriz onde se destaca em filmes como Pássaro de Asas Cortadas realizado por Artur Ramos e que foi censurado pela PIDE, O Miúdo da Bica do realizador Constantino Esteves, e Uma Hora de Amor de Augusto Fraga.[1]

Para além de trabalhar como actriz desempenha também outras funções ligadas ao cinema nomeadamente como assistente de realização em vários projectos, entre eles a série televisiva Retalhos da vida de um médico, na qual Artur Ramos adaptou o romance auto-biográfico de Fernando Namora. [2][5]

Em 1981 começa a trabalhar com o realizador Manoel de Oliveira e trabalhará com ele até à sua morte em 2015, como anotadora nos seus filmes e também como actriz em alguns deles, nomeadamente em Belle Toujours, Singularidades de uma Rapariga Loura, Vale Abraão, entre outros.[6][7][8]

Filmografia seleccionada[editar | editar código-fonte]

Como realizadora

Estreou-se como realizadora em 2017 com a curta metragem Quantas Vezes Tem Sonhado Comigo [2][9]

Seguiu-se em 2020 a curta-metragem Adeus senhor António, uma adaptação cinematográfica de "A Carta da Corcunda para o Serralheiro" de Fernando Pessoa [10][11][12]

Como assistente de realização

Como anotadora [1][5]

Como Actriz

Entre os filmes em que trabalhou como actriz encontram-se:[5][1][13]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

É autora dos livros:

2003 - Manoel de Oliveira: Fotobiografia, editado pela editora Figueirinha [16][17][7]

2012 - Antes que me esqueça, editado pela Associação Cultural Il Sorpasso [18]

Prémios e Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

Em 2019 Júlia Buisel ganhou o prémio Bárbara Virgínia atribuído pela Academia Portuguesa de Cinema.[19][2][20]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e «Júlia Buisel». IMDb. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  2. a b c d e Lusa. «Júlia Buisel vence prémio Bárbara Virgínia da Academia Portuguesa de Cinema». PÚBLICO. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  3. SAPO. «Júlia Buisel vence prémio Bárbara Virgínia da Academia Portuguesa de Cinema». SAPO Mag. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  4. «Júlia Buisel». The Movie Database. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  5. a b c d Nascimento, Frederico Lopes / Marco Oliveira / Guilherme. «Júlia Buisel». CinePT-Cinema Portugues. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  6. «Casa do Cinema Manoel de Oliveira - Filmografia». www.serralves.pt. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  7. a b «Júlia Buisel». Worldcat 
  8. «Júlia Buisel distinguida com Prémio Bárbara Virgínia». C7nema. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  9. «Quantas Vezes Tem Sonhado Comigo?, de Júlia Buisel - Selecção Caminhos (2018) ⋆ Caminhos do Cinema Português». Caminhos do Cinema Português. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  10. «National films production». ICA (em inglês). Consultado em 5 de novembro de 2020 
  11. «Júlia Buisel – IndieLisboa». indielisboa.com. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  12. «Senhor António, O senhor nunca há-de ver esta carta» (PDF). Arquivo Pessoa 
  13. «Júlia Buisel». MUBI. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  14. Nascimento, Frederico Lopes / Marco Oliveira / Guilherme. «Um Campista em Apuros». CinePT-Cinema Portugues. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  15. Nascimento, Frederico Lopes / Marco Oliveira / Guilherme. «Velhos São os Trapos». CinePT-Cinema Portugues. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  16. «Manoel de Oliveira - Fotobiografia, Júlia Buisel - Livro - Bertrand». www.bertrand.pt. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  17. «Manoel de Oliveira - Fotobiografia». bibliografia.bnportugal.gov.pt. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  18. «Júlia Buisel | Bertrand Livreiros - livraria Online». www.bertrand.pt. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  19. «Prémios Barbara Virgínia». Academia Portuguesa de Cinema (em inglês). Consultado em 5 de novembro de 2020 
  20. «Ciclo Prémio Bárbara Virgínia 2019». Cinemateca Portuguesa 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]